Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Aos 64 anos, Raul Gazolla revela ter sofrido quatro infartos e cita o estresse causado pelo assassinato de sua esposa, Daniella Perez

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/07/2020 | 11:11


Raul Gazolla surpreendeu seus seguidores ao contar, em uma live em seu Instagram, que já sofreu quatro infartos. O ator, que atualmente tem 64 anos de idade, sempre teve uma vida ativa e praticou muitos esportes. Ele começa contando que o primeiro susto veio há dez anos, quando ele estava em um aeroporto de São Paulo - e quase morreu:

- Fiquei meio tonto, cheguei no balcão da companhia aérea e o cara falou: tudo bem, Gazolla? E eu falei: Rapaz, acho que eu não comi bem hoje o dia inteiro, tô me sentindo um pouco mal! Dá tempo de comer um negócio? Ele falou: Gazolla, embarque imediato, hein. Pega um salgadinho ali no balcão e voa pro avião. Aí eu peguei o cartão de embarque, fui indo, fui ficando mais tonto, parei numa lanchonete que tinha, olhei os salgadinhos, os salgadinhos começaram a se mexer. Eu falei: o que está acontecendo aqui? Mas não era. Era eu que estava passando mal. E naquela época tinha um pronto socorro ali. Segurei nas portas, olhei pro enfermeiro e falei: meu camarada, eu não tô passando bem (...). Aí ele me pôs sentado, chamou a médica, tirou a pressão e aí a médica olhou meus batimentos cardíacos e falou assim: vamos internar o rapaz porque a gente tá perdendo ele. Entrei na segunda-feira no hospital e saí na quinta, operado e com um stent no meu coração. Achei que estava tento uma intoxicação alimentar. Na verdade eu não tive um problema de coração. Eu tive um entupimento em uma das artérias principais, que faz com que o sangue não chegue no coração e o coração não consiga ter força de bombear o sangue para o corpo e aí você tem o que eles chamam de infarto. Eu infartei, eu fiquei bem revoltado. Na época, eu falei assim: Pô, eu podia ter tudo, menos infarto.

Sem entender o diagnóstico, Raul ficou sabendo que o seu problema poderia ser hereditário e também por causa do estresse:

- Eu tinha os dois: os irmãos dos meus pais todos morreram com problema de coração e eu tinha o estresse. (...) Jamais pensei que fosse infartar na minha vida. Sou um cara completamente apaixonado por esportes, procuro me alimentar da melhor maneira possível, mas têm coisas que você não foge, uma delas é o estresse que a vida te faz.

Ele ainda cita alguns exemplos, como o fato de sua esposa, Daniella Perez, ter sido assassinada em 1992:

- Tive alguns estresses na minha vida, perdi a minha mulher assassinada, tinha 36 anos [de idade], ela tinha 22, e isso causa um estresse enorme. Perdi um sobrinho com 32 anos, e isso pra mim também foi muito forte. Quando veio a conta, veio em forma de infarto miocárdio.

O ator seguiu o tratamento com remédios e continuou a praticar atividades físicas. Um ano após o primeiro infarto, ele teve o segundo enquanto treinava jiu-jitsu. O terceiro e o quarto infartos aconteceram em 2012:

- O médico disse que eu não podia passar de 180 batimentos cardíacos enquanto tivesse treinando. Comecei a treinar controlado e fui treinar crossfit. Parei de tomar remédio para o coração, fiz uma alimentação regrada e seis meses depois fiz novos exames e estava melhor. No final do ano, sem tomar medicamento, caí de boca no panetone e nas comidas de fim de semana, entupi as artérias e tive o quarto infarto, disse.

Por meio de seu Instagram, ele costuma fazer postagens para incentivar a vida saudável e livre de estresses.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aos 64 anos, Raul Gazolla revela ter sofrido quatro infartos e cita o estresse causado pelo assassinato de sua esposa, Daniella Perez


09/07/2020 | 11:11


Raul Gazolla surpreendeu seus seguidores ao contar, em uma live em seu Instagram, que já sofreu quatro infartos. O ator, que atualmente tem 64 anos de idade, sempre teve uma vida ativa e praticou muitos esportes. Ele começa contando que o primeiro susto veio há dez anos, quando ele estava em um aeroporto de São Paulo - e quase morreu:

- Fiquei meio tonto, cheguei no balcão da companhia aérea e o cara falou: tudo bem, Gazolla? E eu falei: Rapaz, acho que eu não comi bem hoje o dia inteiro, tô me sentindo um pouco mal! Dá tempo de comer um negócio? Ele falou: Gazolla, embarque imediato, hein. Pega um salgadinho ali no balcão e voa pro avião. Aí eu peguei o cartão de embarque, fui indo, fui ficando mais tonto, parei numa lanchonete que tinha, olhei os salgadinhos, os salgadinhos começaram a se mexer. Eu falei: o que está acontecendo aqui? Mas não era. Era eu que estava passando mal. E naquela época tinha um pronto socorro ali. Segurei nas portas, olhei pro enfermeiro e falei: meu camarada, eu não tô passando bem (...). Aí ele me pôs sentado, chamou a médica, tirou a pressão e aí a médica olhou meus batimentos cardíacos e falou assim: vamos internar o rapaz porque a gente tá perdendo ele. Entrei na segunda-feira no hospital e saí na quinta, operado e com um stent no meu coração. Achei que estava tento uma intoxicação alimentar. Na verdade eu não tive um problema de coração. Eu tive um entupimento em uma das artérias principais, que faz com que o sangue não chegue no coração e o coração não consiga ter força de bombear o sangue para o corpo e aí você tem o que eles chamam de infarto. Eu infartei, eu fiquei bem revoltado. Na época, eu falei assim: Pô, eu podia ter tudo, menos infarto.

Sem entender o diagnóstico, Raul ficou sabendo que o seu problema poderia ser hereditário e também por causa do estresse:

- Eu tinha os dois: os irmãos dos meus pais todos morreram com problema de coração e eu tinha o estresse. (...) Jamais pensei que fosse infartar na minha vida. Sou um cara completamente apaixonado por esportes, procuro me alimentar da melhor maneira possível, mas têm coisas que você não foge, uma delas é o estresse que a vida te faz.

Ele ainda cita alguns exemplos, como o fato de sua esposa, Daniella Perez, ter sido assassinada em 1992:

- Tive alguns estresses na minha vida, perdi a minha mulher assassinada, tinha 36 anos [de idade], ela tinha 22, e isso causa um estresse enorme. Perdi um sobrinho com 32 anos, e isso pra mim também foi muito forte. Quando veio a conta, veio em forma de infarto miocárdio.

O ator seguiu o tratamento com remédios e continuou a praticar atividades físicas. Um ano após o primeiro infarto, ele teve o segundo enquanto treinava jiu-jitsu. O terceiro e o quarto infartos aconteceram em 2012:

- O médico disse que eu não podia passar de 180 batimentos cardíacos enquanto tivesse treinando. Comecei a treinar controlado e fui treinar crossfit. Parei de tomar remédio para o coração, fiz uma alimentação regrada e seis meses depois fiz novos exames e estava melhor. No final do ano, sem tomar medicamento, caí de boca no panetone e nas comidas de fim de semana, entupi as artérias e tive o quarto infarto, disse.

Por meio de seu Instagram, ele costuma fazer postagens para incentivar a vida saudável e livre de estresses.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;