Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Saab inicia produção de peças para avião caça

Unidade da região vai produzir componentes para o Gripen, da Força Aérea Brasileira


da Redação

09/07/2020 | 00:05


A fábrica de aeroestruturas da Saab no Brasil, localizada no bairro Cooperativa, em São Bernardo, iniciou a produção de componentes do caça Gripen. Na unidade serão construídas seções destinadas à montagem final do avião na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto, na região de Araraquara, no Interior paulista, e em Linkoping, na Suécia.

Atualmente, a fábrica de aeroestruturas conta com cerca de 70 funcionários, contratados a partir de 2018, sendo que metade participa ou já fez treinamentos técnicos na Suécia, que integram parte do programa de transferência de tecnologia formalizado no contrato de compra.

Segundo a empresa, a atividade inicial em cada linha de produção é a obtenção da aprovação do primeiro produto, a FAI (First Article Inspection ou traduzido, Inspeção do Primeiro Artigo) e, logo após, inicia-se a produção. Na primeira fase serão fabricados o cone de cauda e a fuselagem dianteira da versão monoposto (um assento) do caça.

Posteriormente, de maneira escalonada, serão os freios aerodinâmicos, a fuselagem traseira, o caixão das asas e a fuselagem dianteira para a versão biposto (dois assentos), até que a fábrica esteja com todas as linhas de produção em operação.

HISTÓRICO
As negociações para que a empresa de origem sueca se instalasse em São Bernardo foram iniciadas em 2009. A Saab é a responsável pela montagem da frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira), sendo que os componentes de 15 delas deverão ser produzidos na região.

Em 2008, a Aeronáutica fez o pedido para a renovação de sua frota, e, na época, a Saab cogitava apenas a cidade de São José dos Campos, no Interior, para promover negócios. Porém, no ano seguinte, tratativas com o município e algumas empresas da região foram iniciadas.

O contrato para a produção dos caças Gripen foi assinado em 2014 pelo governo federal. O documento previa desembolso de US$ 5,4 bilhões para o desenvolvimento e montagem de 28 monopostos e oito de dois lugares. Em 2017, a expectativa era a de que o investimento na cidade ficasse na casa dos US$ 150 milhões. Atualmente, a Saab não divulga o investimento por razões comerciais. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Saab inicia produção de peças para avião caça

Unidade da região vai produzir componentes para o Gripen, da Força Aérea Brasileira

da Redação

09/07/2020 | 00:05


A fábrica de aeroestruturas da Saab no Brasil, localizada no bairro Cooperativa, em São Bernardo, iniciou a produção de componentes do caça Gripen. Na unidade serão construídas seções destinadas à montagem final do avião na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto, na região de Araraquara, no Interior paulista, e em Linkoping, na Suécia.

Atualmente, a fábrica de aeroestruturas conta com cerca de 70 funcionários, contratados a partir de 2018, sendo que metade participa ou já fez treinamentos técnicos na Suécia, que integram parte do programa de transferência de tecnologia formalizado no contrato de compra.

Segundo a empresa, a atividade inicial em cada linha de produção é a obtenção da aprovação do primeiro produto, a FAI (First Article Inspection ou traduzido, Inspeção do Primeiro Artigo) e, logo após, inicia-se a produção. Na primeira fase serão fabricados o cone de cauda e a fuselagem dianteira da versão monoposto (um assento) do caça.

Posteriormente, de maneira escalonada, serão os freios aerodinâmicos, a fuselagem traseira, o caixão das asas e a fuselagem dianteira para a versão biposto (dois assentos), até que a fábrica esteja com todas as linhas de produção em operação.

HISTÓRICO
As negociações para que a empresa de origem sueca se instalasse em São Bernardo foram iniciadas em 2009. A Saab é a responsável pela montagem da frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira), sendo que os componentes de 15 delas deverão ser produzidos na região.

Em 2008, a Aeronáutica fez o pedido para a renovação de sua frota, e, na época, a Saab cogitava apenas a cidade de São José dos Campos, no Interior, para promover negócios. Porém, no ano seguinte, tratativas com o município e algumas empresas da região foram iniciadas.

O contrato para a produção dos caças Gripen foi assinado em 2014 pelo governo federal. O documento previa desembolso de US$ 5,4 bilhões para o desenvolvimento e montagem de 28 monopostos e oito de dois lugares. Em 2017, a expectativa era a de que o investimento na cidade ficasse na casa dos US$ 150 milhões. Atualmente, a Saab não divulga o investimento por razões comerciais. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;