Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

São Caetano rememora a Revolução Paulista

Há 60 anos a cidade parou em honra aos veteranos de 1932, entre os quais o engenheiro Armando de Arruda Pereira, morto cinco anos antes


Ademir Medici

09/07/2020 | 07:00


“Não sei esconder a implicância com o tratamento que as gerações modernas vêm dando à MMDC, atribuindo-lhe o gênero masculino, ao invés do feminino, que é o certo. Sociedade secreta nascida na noite de 24 de maio de 1932, teve como primeiro nome Guarda Paulista. Só alguns anos depois ficou batizada com a denominação de MMDC, sociedade ou milícia, e, por isso, do gênero feminino.”
Cf. Aureliano Leite, Subsídios Para a História da MMDC, O Estado de S. Paulo, 9 de julho de 1960.

***

Em 1960, celebrava-se o 28º aniversário da Revolução Constitucionalista. O jornalista Hermano Pini Filho atuava como correspondente do Estadão em São Caetano. Já trabalhara no Jornal de São Caetano. Estudara no grupo escolar da Cerâmica São Caetano. Trabalhou na empresa e conseguiu emplacar no jornal paulistano o programa completo de festejos elaborado pela comissão de São Caetano especialmente criada para elaborar os festejos do 9 de julho.

Com muitas saudades de mestre Hermano, Memória reproduz aquela programação são-caetanense:

9h – Missa na Matriz Sagrada Família; colocação de uma coroa de flores na herma do dr. Armando de Arruda Pereira, falando na ocasião o veterano de 1932, Fernando Piva; seria hasteada bandeira na Praça Portugal, com chamada dos veteranos vivos e mortos.
10h – Ida dos veteranos de São Caetano a São Paulo, colocando-se uma coroa de flores no túmulo do veterano Lino Infante, no Cemitério da Quarta Parada; outra coroa no túmulo de Natal Martineto, no Ibirapuera; a seguir, desfile com os veteranos de São Paulo.
18h – Cerimônia de descerramento da bandeira hasteada na Praça Portugal.
20h – Sessão solene na Câmara Municipal de São Caetano, com entrega de medalhas e diplomas aos veteranos e discurso do vice-prefeito, Lauro Garcia.

SUGESTÃO
Que a mesa diretora atual do Legislativo de São Caetano recupere os anais da sessão de 9 de julho de 1960 e a publique no próximo número de Raízes, publicação exemplar da Fundação Pró-Memória.

NOTAS
- Hermano Pini Filho veio para o Diário em 1968 e aqui permaneceu até 1979, utilizando o pseudônimo Julio Pinheiro.
-A professora Sonia Maria Franco Xavier, no livro Inventário dos Signos de Logradouros Públicos de São Caetano do Sul (Editora Hucitec, PMSCS, 1996), informa que a herma dedicada a Armando de Arruda Pereira localizava-se na confluência das ruas Baraldi e Manoel Coelho. Não é citada a Praça Portugal, do texto de Hermano Pini Filho.
- Armando de Arruda Pereira foi vereador em São Bernardo (1936-1937), como representante do distrito de São Caetano. Foi também prefeito nomeado de São Paulo (1951-1953).
- A herma em São Caetano foi a primeira homenagem a ele prestada após o seu falecimento, ocorrido em 1955 – a inauguração realizou-se em 1956.
- O engenheiro Armando de Arruda Pereira é nome de ruas em São Caetano e São Paulo, e de praça em Santo André, ele que foi diretor-geral da Cerâmica São Caetano.
- Armando de Arruda Pereira denomina também a escola Senai do bairro Boa Vista, em São Caetano.

Diário há meio século

Quinta-feira, 9 de julho de 1970; ano 12; edição 1278

São Bernardo – Anunciada a transferência da agência dos Correios e Telégrafos para novo prédio cedido pela Prefeitura, na Rua Marechal Deodoro. Ali já funcionara o gabinete do prefeito e estavam instalados órgãos como a Junta de Alistamento Militar, Justiça do Trabalho e IBGE.

Em 9 de julho de...

1920 – Realizava-se raid automobilístico entre Catanduva e São Paulo (ida e volta), com a inscrição de 463 sócios da Aper (Associação Permanente de Estradas de Rodagem), entre os quais um de São Bernardo. No caminho, pernoites em Pirassununga ou Limeira e Ribeirão Preto.
1930 – Empresa de terrenos Vila Sacadura Cabral, em Santo André, doa área de 10 mil m² destinada à edificação do retiro dos professores públicos e do orfanato dos filhos dos professores.
1950 – Chega, em Santo André, o médico Oséas de Castro Neves, fundador e presidente de entidades como o Rotary, Casa da Esperança e Apae, todas em Santo André.
1960 – Balanços da requalificação eleitoral: a comarca de Santo André, que representa a 156ª Zona Eleitoral do Estado de São Paulo, agrupando também Mauá e Ribeirão Pires, apresenta 79.229 (contra os 70.931 de 1959).
Em São Caetano, o total de eleitores soma 41,4 mil. No último pleito haviam votado 35 mil.
- TV Excelsior, canal 9, São Paulo, inicia suas transmissões, anunciando programas de 30 minutos e de uma hora, com apenas três minutos de intervalo.
Da programação fariam parte a exibição de fitas de curta e longa-metragem, programas ao vivo, com artistas contratados apenas para um programa, reportagens externas e noticiário.
Informava-se: o aparelho eletrônico da TV Excelsior era de fabricação nacional.
- Jornalista Luis Martins lançava o livro Os Pintores (Ed. Cultrix).
1985 – Governador Franco Montoro preside, no Palácio dos Bandeirantes, homenagem ao Diário, que conquista o Prêmio José Reis de Divulgação Científica.
O jornal, representado pelo editor-chefe e diretor de Redação, Fausto Polesi, foi premiado na categoria instituição, com destaque ao Diarinho, que sempre estimulou a criança a realizar pesquisas em todas as áreas.
Jornalista Diógenes Silva recebeu menção honrosa pela página dominical Ciência & Tecnologia, que há seis anos vinha sendo publicada.
- Pelo Campeonato Paulista, o Santo André recebe o Palmeiras em Mauá e faz o seu melhor jogo em 13 disputados pelo campeonato: 2 a 0 para o Ramalhão.
 

Santos do Dia

- Madre Paulina (1865-1942): religiosa ítalo-brasileira.
- Agostinho Zhao Rong: santo chinês e 119 companheiros mártires
- Nicolau Pick: santo holandês.
- Everilda: santa saxã do século VII
 

VERÔNICA GIULIANA (1660-1727). Freira e mística italiana capuchinha
 

Hoje

- Dia do Soldado Constitucionalista, na data magna do Estado de São Paulo.

Capital Brasileira

- Boa Vista, em Roraima, fundada em 9-7-1890.

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano rememora a Revolução Paulista

Há 60 anos a cidade parou em honra aos veteranos de 1932, entre os quais o engenheiro Armando de Arruda Pereira, morto cinco anos antes

Ademir Medici

09/07/2020 | 07:00


“Não sei esconder a implicância com o tratamento que as gerações modernas vêm dando à MMDC, atribuindo-lhe o gênero masculino, ao invés do feminino, que é o certo. Sociedade secreta nascida na noite de 24 de maio de 1932, teve como primeiro nome Guarda Paulista. Só alguns anos depois ficou batizada com a denominação de MMDC, sociedade ou milícia, e, por isso, do gênero feminino.”
Cf. Aureliano Leite, Subsídios Para a História da MMDC, O Estado de S. Paulo, 9 de julho de 1960.

***

Em 1960, celebrava-se o 28º aniversário da Revolução Constitucionalista. O jornalista Hermano Pini Filho atuava como correspondente do Estadão em São Caetano. Já trabalhara no Jornal de São Caetano. Estudara no grupo escolar da Cerâmica São Caetano. Trabalhou na empresa e conseguiu emplacar no jornal paulistano o programa completo de festejos elaborado pela comissão de São Caetano especialmente criada para elaborar os festejos do 9 de julho.

Com muitas saudades de mestre Hermano, Memória reproduz aquela programação são-caetanense:

9h – Missa na Matriz Sagrada Família; colocação de uma coroa de flores na herma do dr. Armando de Arruda Pereira, falando na ocasião o veterano de 1932, Fernando Piva; seria hasteada bandeira na Praça Portugal, com chamada dos veteranos vivos e mortos.
10h – Ida dos veteranos de São Caetano a São Paulo, colocando-se uma coroa de flores no túmulo do veterano Lino Infante, no Cemitério da Quarta Parada; outra coroa no túmulo de Natal Martineto, no Ibirapuera; a seguir, desfile com os veteranos de São Paulo.
18h – Cerimônia de descerramento da bandeira hasteada na Praça Portugal.
20h – Sessão solene na Câmara Municipal de São Caetano, com entrega de medalhas e diplomas aos veteranos e discurso do vice-prefeito, Lauro Garcia.

SUGESTÃO
Que a mesa diretora atual do Legislativo de São Caetano recupere os anais da sessão de 9 de julho de 1960 e a publique no próximo número de Raízes, publicação exemplar da Fundação Pró-Memória.

NOTAS
- Hermano Pini Filho veio para o Diário em 1968 e aqui permaneceu até 1979, utilizando o pseudônimo Julio Pinheiro.
-A professora Sonia Maria Franco Xavier, no livro Inventário dos Signos de Logradouros Públicos de São Caetano do Sul (Editora Hucitec, PMSCS, 1996), informa que a herma dedicada a Armando de Arruda Pereira localizava-se na confluência das ruas Baraldi e Manoel Coelho. Não é citada a Praça Portugal, do texto de Hermano Pini Filho.
- Armando de Arruda Pereira foi vereador em São Bernardo (1936-1937), como representante do distrito de São Caetano. Foi também prefeito nomeado de São Paulo (1951-1953).
- A herma em São Caetano foi a primeira homenagem a ele prestada após o seu falecimento, ocorrido em 1955 – a inauguração realizou-se em 1956.
- O engenheiro Armando de Arruda Pereira é nome de ruas em São Caetano e São Paulo, e de praça em Santo André, ele que foi diretor-geral da Cerâmica São Caetano.
- Armando de Arruda Pereira denomina também a escola Senai do bairro Boa Vista, em São Caetano.

Diário há meio século

Quinta-feira, 9 de julho de 1970; ano 12; edição 1278

São Bernardo – Anunciada a transferência da agência dos Correios e Telégrafos para novo prédio cedido pela Prefeitura, na Rua Marechal Deodoro. Ali já funcionara o gabinete do prefeito e estavam instalados órgãos como a Junta de Alistamento Militar, Justiça do Trabalho e IBGE.

Em 9 de julho de...

1920 – Realizava-se raid automobilístico entre Catanduva e São Paulo (ida e volta), com a inscrição de 463 sócios da Aper (Associação Permanente de Estradas de Rodagem), entre os quais um de São Bernardo. No caminho, pernoites em Pirassununga ou Limeira e Ribeirão Preto.
1930 – Empresa de terrenos Vila Sacadura Cabral, em Santo André, doa área de 10 mil m² destinada à edificação do retiro dos professores públicos e do orfanato dos filhos dos professores.
1950 – Chega, em Santo André, o médico Oséas de Castro Neves, fundador e presidente de entidades como o Rotary, Casa da Esperança e Apae, todas em Santo André.
1960 – Balanços da requalificação eleitoral: a comarca de Santo André, que representa a 156ª Zona Eleitoral do Estado de São Paulo, agrupando também Mauá e Ribeirão Pires, apresenta 79.229 (contra os 70.931 de 1959).
Em São Caetano, o total de eleitores soma 41,4 mil. No último pleito haviam votado 35 mil.
- TV Excelsior, canal 9, São Paulo, inicia suas transmissões, anunciando programas de 30 minutos e de uma hora, com apenas três minutos de intervalo.
Da programação fariam parte a exibição de fitas de curta e longa-metragem, programas ao vivo, com artistas contratados apenas para um programa, reportagens externas e noticiário.
Informava-se: o aparelho eletrônico da TV Excelsior era de fabricação nacional.
- Jornalista Luis Martins lançava o livro Os Pintores (Ed. Cultrix).
1985 – Governador Franco Montoro preside, no Palácio dos Bandeirantes, homenagem ao Diário, que conquista o Prêmio José Reis de Divulgação Científica.
O jornal, representado pelo editor-chefe e diretor de Redação, Fausto Polesi, foi premiado na categoria instituição, com destaque ao Diarinho, que sempre estimulou a criança a realizar pesquisas em todas as áreas.
Jornalista Diógenes Silva recebeu menção honrosa pela página dominical Ciência & Tecnologia, que há seis anos vinha sendo publicada.
- Pelo Campeonato Paulista, o Santo André recebe o Palmeiras em Mauá e faz o seu melhor jogo em 13 disputados pelo campeonato: 2 a 0 para o Ramalhão.
 

Santos do Dia

- Madre Paulina (1865-1942): religiosa ítalo-brasileira.
- Agostinho Zhao Rong: santo chinês e 119 companheiros mártires
- Nicolau Pick: santo holandês.
- Everilda: santa saxã do século VII
 

VERÔNICA GIULIANA (1660-1727). Freira e mística italiana capuchinha
 

Hoje

- Dia do Soldado Constitucionalista, na data magna do Estado de São Paulo.

Capital Brasileira

- Boa Vista, em Roraima, fundada em 9-7-1890.

Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;