Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Setor agropecuário mantém crescimento em plena pandemia


Wilson Marini

09/07/2020 | 00:01


Mesmo diante do atual cenário da pandemia, o setor agropecuário vem apresentando bons resultados no Brasil, com um crescimento do PIB de 1,9% em 2020, comparado ao mesmo período do ano anterior, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (ANEC). O dado foi confirmado em monitoramento de grupo técnico de alimentos e produtos agropecuários da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo em diagnóstico sobre o impacto da Covid-19 na produção. Uma safra recorde vem sendo colhida e o setor tem sido capaz de escoá-la para os mercados consumidores, tanto interna quanto externamente. A automação presente em toda a cadeia, incluindo fazendas, logística interna, armazéns, terminais portuários, tem garantido a continuidade das operações em época de crise.
O desempenho por setores
? O total de exportação de carne bovina cresceu 9,1% entre janeiro e maio de 2020, comparado ao mesmo período de 2019. Em função da alta demanda externa, volta do consumo interno de cortes mais nobres, retomada leve do food service e falta de oferta de animais para abate, nota-se preços firmes com tendência de alta para a carne bovina na primeira quinzena de junho.
? A carne de frango atingiu estabilidade entre oferta e demanda indicando para junho preços em forte recuperação e tendência de alta, com o mercado interno se ajustando e o bom desempenho das exportações. As negociações externas da proteína cresceram 5,6% entre janeiro e maio de 2020, comparadas ao mesmo período de 2019. A China é o principal destino do produto brasileiro, responsável por 15% das exportações.
? As exportações totais de carne suína também cresceram 35,1% entre janeiro e maio de 2020, e a demanda interna está mais aquecida diante do afrouxamento gradual da quarentena em diversas regiões do país. A melhora nas vendas do animal vivo e da carne, especialmente no início do mês, elevou as cotações de todos os produtos de origem suinícola.
? No setor de food service é observada tendência de indícios de futura recuperação à medida que as ações de distanciamento social começam a ser atenuadas por todo o país, segundo o estudo.
? A mesma movimentação se percebe na demanda pelo serviço de transporte rodoviário de carga, que, embora ainda se mantenha em queda, registra recuos cada vez menores.

Hora e vez da bioenergia
As mudanças por conta do novo coronavírus podem gerar transformações permanentes, inclusive acelerando a adoção da bioenergia. Essa foi uma das conclusões do webinar “Biomass and Sustainability”, ocorrido no dia 25 de junho e disponível no YouTube.

Frase
“Ao final da pandemia, talvez o resultado seja acelerar e concentrar, em um período de tempo muito curto, mudanças globais que já estão ocorrendo. Uma dessas tendências é a substituição das fontes não renováveis de energia por alternativas como a bioenergia” – Marco Antonio Zago, presidente do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Investimento em energia
Com o objetivo de garantir uma nova fonte de suprimento de energia para suportar o crescimento e desenvolvimento de Presidente Prudente, a Energisa Sul-Sudeste deu início à construção da sua quinta subestação no município: a SE Presidente Prudente 2. Paralelamente, a empresa está em fase de execução das obras da linha de distribuição de 138 mil volts. As duas obras representam um investimento de mais de R$ 12 milhões. A informação é do jornal O Imparcial, de Presidente Prudente.

Infraestrutura no Interior
O governo estadual anunciou este mês a entrega de 190 equipamentos agrícolas a 173 municípios paulistas, no valor de R$ 30 milhões, como parte do programa Frota Agro 2020, que visa fortalecer o agronegócio no Estado de São Paulo. Os implementos – tratores, retroescavadeiras, caminhões basculantes, motoniveladoras e pás carregadeiras – serão utilizados para o atendimento de demanda relacionada à conservação, manutenção e recuperação de estradas rurais e patrulha agrícola.

Vendas em alta
A Receita Federal identificou que as vendas registradas por meio de notas fiscais eletrônicas em todo o país reagiram em junho e atingiram o maior patamar do ano, com uma média diária de R$ 23,9 bilhões. O crescimento chegou a 15,6% na comparação com maio e a 10,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Essas notas funcionam como um “termômetro” da atividade econômica. A informação foi publicada no jornal Cruzeiro do Sul (Sorocaba), da Rede APJ.

Prudente: retomada aérea
A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou que retornará os voos em Presidente Prudente a partir do dia 3 de agosto. O aeroporto local, que está parado desde o dia 28 de março em virtude da pandemia, contará, inicialmente, com os voos da Azul que partem e chegam de Campinas, duas vezes ao dia, exceto aos finais de semana. A informação é do jornal O Imparcial, de Presidente Prudente. A Gol Linhas Aéreas informou que os voos suspensos para a cidade poderão ser retomados nos meses seguintes. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;