Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André sela convênio por reforma da Av. dos Estados

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura encaminhou acordo com governo Doria para pacote de obras de revitalização na via


Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

07/07/2020 | 00:01


O governo de São Paulo, comandado por João Doria (PSDB), entrou em acordo com a Prefeitura de Santo André, gerida por Paulo Serra (PSDB), para assinatura de convênio que prevê pacote de obras de reestruturação do trecho andreense da Avenida dos Estados. Em reunião realizada ontem à tarde no Palácio dos Bandeirantes, o Estado, na figura do secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi (PSDB), acertou junto ao prefeito os termos finais da parceria, que será encaminhada em duas fases – a primeira etapa de intervenções deve começar em até um mês. A estimativa de Paulo Serra é dar partida na segunda quinzena de julho.

No total, a proposta, que vai englobar 12 meses de execução, trata de volume de R$ 30 milhões de aporte estadual e R$ 26 milhões vinculados ao município, compreendendo montante de R$ 56 milhões – são cerca de 17 quilômetros entre os dois lados da extensão, de São Caetano até o limite com Mauá. “O governo do Estado definiu apoiar o projeto de revitalização da Avenida dos Estados, no município. O detalhamento da obra e a formalização deve acontecer ainda esta semana, após publicação em Diário Oficial”, sustentou a gestão paulista, por nota, sem detalhar, contudo, os valores envolvidos.

O lote inicial, segundo o prefeito, abrange R$ 6 milhões de ajuste com a pasta de Desenvolvimento Regional e R$ 8 milhões da Prefeitura. De acordo com o cronograma estipulado, essa etapa vai de julho até meados de novembro – de São Caetano até o Viaduto Adib Chammas. O Estado arcaria com a pavimentação asfáltica, enquanto a administração local ficaria responsável pela drenagem, contenção, iluminação de LED, paisagismo e renovação de guard-rail. A fase complementar, por sua vez, inclui recursos do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), com R$ 24 milhões, e o município investiria R$ 18 milhões. O Estado aplicaria em asfalto e drenagem. Já o Paço assumiria o restante do pacote. A previsão é começar em novembro e finalizar até julho de 2021– do Adib Chammas até Mauá.

A Prefeitura andreense busca acordo para viabilizar as obras desde 2017 – ainda quando Geraldo Alckmin (PSDB) estava à frente do Palácio dos Bandeirantes – na via, que margeia o Rio Tamanduateí e liga o Grande ABC à Capital. “Essa revitalização da Avenida dos Estados irá impactar na valorização de importante eixo logístico, importante para a atividade econômica, e há também a questão simbólica em acabar com problema histórico, de décadas de degradação. É uma conquista que agora começa a nascer, a sair do papel, uma nova Avenida dos Estados”, frisou Paulo Serra.

Para a primeira fase do pacote, o Paço sinalizou que vai utilizar contratos vigentes, o que deve auxiliar no andamento da proposta – apenas para a próxima etapa é que se pretende abrir processo licitatório. Os recursos municipais serão provenientes de empréstimo da Caixa, via Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), já sacramentado no ano passado.

Em vídeo gravado ao lado do tucano de Santo André, logo após o encontro na Capital, Marco Vinholi sintetizou que o alinhamento no acordo para recuperação da via vai selar “um convênio importante do governador Doria com a Prefeitura”. “Fazendo essa parceria que vai possibilitar ter ali uma nova Avenida dos Estados. Importante para Santo André e importante para São Paulo.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André sela convênio por reforma da Av. dos Estados

Prefeitura encaminhou acordo com governo Doria para pacote de obras de revitalização na via

Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

07/07/2020 | 00:01


O governo de São Paulo, comandado por João Doria (PSDB), entrou em acordo com a Prefeitura de Santo André, gerida por Paulo Serra (PSDB), para assinatura de convênio que prevê pacote de obras de reestruturação do trecho andreense da Avenida dos Estados. Em reunião realizada ontem à tarde no Palácio dos Bandeirantes, o Estado, na figura do secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi (PSDB), acertou junto ao prefeito os termos finais da parceria, que será encaminhada em duas fases – a primeira etapa de intervenções deve começar em até um mês. A estimativa de Paulo Serra é dar partida na segunda quinzena de julho.

No total, a proposta, que vai englobar 12 meses de execução, trata de volume de R$ 30 milhões de aporte estadual e R$ 26 milhões vinculados ao município, compreendendo montante de R$ 56 milhões – são cerca de 17 quilômetros entre os dois lados da extensão, de São Caetano até o limite com Mauá. “O governo do Estado definiu apoiar o projeto de revitalização da Avenida dos Estados, no município. O detalhamento da obra e a formalização deve acontecer ainda esta semana, após publicação em Diário Oficial”, sustentou a gestão paulista, por nota, sem detalhar, contudo, os valores envolvidos.

O lote inicial, segundo o prefeito, abrange R$ 6 milhões de ajuste com a pasta de Desenvolvimento Regional e R$ 8 milhões da Prefeitura. De acordo com o cronograma estipulado, essa etapa vai de julho até meados de novembro – de São Caetano até o Viaduto Adib Chammas. O Estado arcaria com a pavimentação asfáltica, enquanto a administração local ficaria responsável pela drenagem, contenção, iluminação de LED, paisagismo e renovação de guard-rail. A fase complementar, por sua vez, inclui recursos do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), com R$ 24 milhões, e o município investiria R$ 18 milhões. O Estado aplicaria em asfalto e drenagem. Já o Paço assumiria o restante do pacote. A previsão é começar em novembro e finalizar até julho de 2021– do Adib Chammas até Mauá.

A Prefeitura andreense busca acordo para viabilizar as obras desde 2017 – ainda quando Geraldo Alckmin (PSDB) estava à frente do Palácio dos Bandeirantes – na via, que margeia o Rio Tamanduateí e liga o Grande ABC à Capital. “Essa revitalização da Avenida dos Estados irá impactar na valorização de importante eixo logístico, importante para a atividade econômica, e há também a questão simbólica em acabar com problema histórico, de décadas de degradação. É uma conquista que agora começa a nascer, a sair do papel, uma nova Avenida dos Estados”, frisou Paulo Serra.

Para a primeira fase do pacote, o Paço sinalizou que vai utilizar contratos vigentes, o que deve auxiliar no andamento da proposta – apenas para a próxima etapa é que se pretende abrir processo licitatório. Os recursos municipais serão provenientes de empréstimo da Caixa, via Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), já sacramentado no ano passado.

Em vídeo gravado ao lado do tucano de Santo André, logo após o encontro na Capital, Marco Vinholi sintetizou que o alinhamento no acordo para recuperação da via vai selar “um convênio importante do governador Doria com a Prefeitura”. “Fazendo essa parceria que vai possibilitar ter ali uma nova Avenida dos Estados. Importante para Santo André e importante para São Paulo.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;