Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

CBF rebate Doria e diz que clubes de São Paulo aceitam jogar fora do Estado

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/07/2020 | 20:12


A CBF rebateu, no início da noite desta segunda-feira, a declaração do governador de São Paulo, João Doria, de que não houve uma "consulta prévia" da entidade sobre a marcação dos jogos do Campeonato Brasileiro. Na nota, a confederação afirmou que os clubes paulistas que vão disputar o Brasileirão reafirmaram, também nesta segunda, estar dispostos para jogarem fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outras cidades.

De acordo com a CBF, essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, incluindo todos os cinco times de São Paulo.

A CBF informou que, em reunião no dia 25 de junho, com a presença dos 40 clubes das Séries A e B, foram determinadas as datas de 9 de agosto para o início da Série A e 8 de agosto para início da Série B do Brasileiro.

"Para preservar estas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo", registrou a CBF, na nota divulgada nesta segunda.

Com esta decisão, o Campeonato Paulista e mesmo outros Estaduais que ainda não foram retomados teriam menos datas e menor tempo para serem finalizados. No caso do Paulistão, a data do retorno ainda nem foi definida.

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira, Doria prometeu que o comitê de saúde anunciará sua decisão sobre o retorno do Estadual até o final da próxima semana. O Campeonato Paulista foi paralisado em março na décima rodada, duas antes do final da fase de classificação para as quartas de final.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CBF rebate Doria e diz que clubes de São Paulo aceitam jogar fora do Estado


06/07/2020 | 20:12


A CBF rebateu, no início da noite desta segunda-feira, a declaração do governador de São Paulo, João Doria, de que não houve uma "consulta prévia" da entidade sobre a marcação dos jogos do Campeonato Brasileiro. Na nota, a confederação afirmou que os clubes paulistas que vão disputar o Brasileirão reafirmaram, também nesta segunda, estar dispostos para jogarem fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outras cidades.

De acordo com a CBF, essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, incluindo todos os cinco times de São Paulo.

A CBF informou que, em reunião no dia 25 de junho, com a presença dos 40 clubes das Séries A e B, foram determinadas as datas de 9 de agosto para o início da Série A e 8 de agosto para início da Série B do Brasileiro.

"Para preservar estas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo", registrou a CBF, na nota divulgada nesta segunda.

Com esta decisão, o Campeonato Paulista e mesmo outros Estaduais que ainda não foram retomados teriam menos datas e menor tempo para serem finalizados. No caso do Paulistão, a data do retorno ainda nem foi definida.

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira, Doria prometeu que o comitê de saúde anunciará sua decisão sobre o retorno do Estadual até o final da próxima semana. O Campeonato Paulista foi paralisado em março na décima rodada, duas antes do final da fase de classificação para as quartas de final.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;