Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Saiba quem foi Anne Frank, tema de documentário narrado por Helen Mirren



03/07/2020 | 17:44


Tema de um novo documentário, #AnneFrank - Vidas Paralelas, disponível na Netflix e com narração da atriz britânica Helen Mirren, a judia Anne Frank nasceu a 12 de junho de 1929, em Frankfurt, na Alemanha. Nesse período, seu país vivia um momento complicado economicamente, com a população sem emprego e a com a pobreza imperando. Fazendo uso dessa situação precária, Adolf Hitler ganha força com discurso populista, ganhando assim cada vez mais apoio, com seu nome sendo cada vez mais adorado.

Em seus discursos, o então líder alemão descarregava todo seu ódio pelo povo judeu, afirmando ser deles a culpa pelos problemas enfrentados pelo país e pelo povo. É por causa desse anti semitismo crescente que a família de Anne Frank parte para Amsterdã, na Holanda, onde seu pai, Otto, abre uma empresa de produtos para a preparação de geleias.

Mas a vida da família, que estava conseguindo seguir em frente, foi abalada completamente quando os nazistas tomaram a Holanda, em 1942. Foi aí que os Frank conseguem se escondera em um apartamento que foi construído atrás de uma biblioteca falsa e, dessa forma, escapam da Gestapo, a polícia secreta de Hitler.

Ficaram nesse esconderijo por dois anos, período em que a jovem Anne Frank colocou em um diário tudo o que se passava naquele momento. Estão ali, pensamentos e sentimentos que a menina teve e sentiu durante o isolamento forçado com seu pai, mãe e irmã. A adolescente fez uma última anotação em seu diário no dia 1º de agosto de 1944, três dias antes de todos serem descobertos e levados para o campo de concentração de Auschwitz.

Anne Frank morreu aos 15 anos, acometida por tifo, no início de 1945, em Bergen-Belsen, alguns meses antes de os Aliados libertarem o campo, em 15 de abril. Transformado em livro, o Diário de Anne Frank é uma das obras mais lidas do mundo e foi traduzida para 70 idiomas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Saiba quem foi Anne Frank, tema de documentário narrado por Helen Mirren


03/07/2020 | 17:44


Tema de um novo documentário, #AnneFrank - Vidas Paralelas, disponível na Netflix e com narração da atriz britânica Helen Mirren, a judia Anne Frank nasceu a 12 de junho de 1929, em Frankfurt, na Alemanha. Nesse período, seu país vivia um momento complicado economicamente, com a população sem emprego e a com a pobreza imperando. Fazendo uso dessa situação precária, Adolf Hitler ganha força com discurso populista, ganhando assim cada vez mais apoio, com seu nome sendo cada vez mais adorado.

Em seus discursos, o então líder alemão descarregava todo seu ódio pelo povo judeu, afirmando ser deles a culpa pelos problemas enfrentados pelo país e pelo povo. É por causa desse anti semitismo crescente que a família de Anne Frank parte para Amsterdã, na Holanda, onde seu pai, Otto, abre uma empresa de produtos para a preparação de geleias.

Mas a vida da família, que estava conseguindo seguir em frente, foi abalada completamente quando os nazistas tomaram a Holanda, em 1942. Foi aí que os Frank conseguem se escondera em um apartamento que foi construído atrás de uma biblioteca falsa e, dessa forma, escapam da Gestapo, a polícia secreta de Hitler.

Ficaram nesse esconderijo por dois anos, período em que a jovem Anne Frank colocou em um diário tudo o que se passava naquele momento. Estão ali, pensamentos e sentimentos que a menina teve e sentiu durante o isolamento forçado com seu pai, mãe e irmã. A adolescente fez uma última anotação em seu diário no dia 1º de agosto de 1944, três dias antes de todos serem descobertos e levados para o campo de concentração de Auschwitz.

Anne Frank morreu aos 15 anos, acometida por tifo, no início de 1945, em Bergen-Belsen, alguns meses antes de os Aliados libertarem o campo, em 15 de abril. Transformado em livro, o Diário de Anne Frank é uma das obras mais lidas do mundo e foi traduzida para 70 idiomas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;