Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Apesar de dizer que Cobra Venenosa não é para Anitta, Ludmilla contrata sósia da cantora em clipe



03/07/2020 | 15:10


Ludmilla pode até jurar de pé junto que sua nova música não tem nada a ver com sua briga com Anitta, mas os indícios visuais dizem o contrário. No clipe de Cobra Venenosa lançado nesta sexta-feira, dia 3, uma das atrizes é bastante parecida com a dona do hit Paradinha.

A moça em questão é Luiza Drewanz, uma modelo que diz não gostar nada da rivalidade entre as cantoras. Em entrevista para o Extra, ela contou que prefere que as artistas se unam:

- Admiro muito a Ludmilla e a Anitta. Não existe isso de lado no time. Espero que todos entendam que trabalho e trabalho. E torço muito pela reconciliação da duas. Eu nem gosto de nenhum tipo de briga. As mulheres precisam estar juntas e se ajudarem.

Pode ser que, no fim, a união ocorra mesmo, já que no vídeo musical, Ludmilla e a personagem de Luiza, que até então eram rivais, dão as mãos e estabelecem um relacionamento harmônico.

No entanto, a voz de Verdinha nega qualquer relação entre a ficção e realidade, porque, segundo ela, a canção foi escrita antes do desentendimento que se tornou público.

Já Luiza, que no clipe exibe os cabelos castanhos cacheados e os traços que lembram a funkeira, desconhece o motivo de ter sido chamada. Pelo jeito, não contaram nada para ela nos bastidores.

- A produção entrou em contato comigo e, inicialmente, não sabia para quem era. Só depois descobri que era para a Ludmilla. E achei sensacional. Que experiência participar de uma grande produção! Não sei se me chamaram por eu já ter sido apontada como sósia da Anitta, confessa a modelo para o Extra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Apesar de dizer que Cobra Venenosa não é para Anitta, Ludmilla contrata sósia da cantora em clipe


03/07/2020 | 15:10


Ludmilla pode até jurar de pé junto que sua nova música não tem nada a ver com sua briga com Anitta, mas os indícios visuais dizem o contrário. No clipe de Cobra Venenosa lançado nesta sexta-feira, dia 3, uma das atrizes é bastante parecida com a dona do hit Paradinha.

A moça em questão é Luiza Drewanz, uma modelo que diz não gostar nada da rivalidade entre as cantoras. Em entrevista para o Extra, ela contou que prefere que as artistas se unam:

- Admiro muito a Ludmilla e a Anitta. Não existe isso de lado no time. Espero que todos entendam que trabalho e trabalho. E torço muito pela reconciliação da duas. Eu nem gosto de nenhum tipo de briga. As mulheres precisam estar juntas e se ajudarem.

Pode ser que, no fim, a união ocorra mesmo, já que no vídeo musical, Ludmilla e a personagem de Luiza, que até então eram rivais, dão as mãos e estabelecem um relacionamento harmônico.

No entanto, a voz de Verdinha nega qualquer relação entre a ficção e realidade, porque, segundo ela, a canção foi escrita antes do desentendimento que se tornou público.

Já Luiza, que no clipe exibe os cabelos castanhos cacheados e os traços que lembram a funkeira, desconhece o motivo de ter sido chamada. Pelo jeito, não contaram nada para ela nos bastidores.

- A produção entrou em contato comigo e, inicialmente, não sabia para quem era. Só depois descobri que era para a Ludmilla. E achei sensacional. Que experiência participar de uma grande produção! Não sei se me chamaram por eu já ter sido apontada como sósia da Anitta, confessa a modelo para o Extra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;