Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ricardinho deve deixar a Vila; Corinthians se reforça


Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

10/10/2005 | 08:36


Líder absoluto do Brasileirão com 59 pontos, o Corinthians pode nessa semana se distanciar ainda mais de dois adversários diretos pela disputa do título. Na quinta-feira, a equipe enfrenta o combalido Santos na Vila Belmiro, enquanto no domingo o confronto da vez será o embalado Palmeiras, no estádio do Morumbi. Já o São Paulo encara nesta terça, a Ponte Preta, tentando melhorar sua situação no torneio. Este é o panorama dos quatro principais clubes de São Paulo na semana que se inicia nesta segunda visando a próxima rodada do Brasileirão.

Se não bastasse ver distante o sonho do tricampeonato Brasileiro, depois da derrota de 3 a 1 para o Juventude, o Santos pode perder uma de suas principais estrelas. A saída do meia Ricardinho é dada como certa na Vila Belmiro. O empresário do meia, Juan Figger, reúne-se nos próximos dias com o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, para acertar a ida de Ricardinho para o time do técnico Vanderlei Luxemburgo. O contrato do meia com o Santos termina termina em dezembro. O fato do jogador já possuir passaporte europeu facilitaria muito uma eventual negociação.

Além do Real Madrid, o Milan, da Itália, também teria interesse no santista. Dida, Cafu e Kaká, brasileiros que atuam na equipe milanesa, teriam pedido a contratação de Ricardinho.

No Corinthians, a ordem é acabar de vez com as esperanças do Santos no jogo da Vila. Para isso, o técnico Antônio Lopes poderá contar com o retorno de Gustavo Nery e Carlitos Tevez, que estavam servindo as seleções do Brasil e da Argentina, respectivamente, e de Rosinei. A dúvida sobre em qual jogo o meia precisaria cumprir a suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebido diante do Fortaleza, no sábado, foi desfeita pelo presidente do STJD, Luiz Zveiter. "Ele cumpre contra o Palmeiras. O jogador tinha condições de jogo na primeira partida (disputada dia 31 julho)? Então, tem novamente. Não pode ser punido por outro jogo", disse Zveiter.

Já o técnico Émerson Leão não poderá contar com o artilheiro Marcinho para o clássico do Palmeiras contra o Corinthians. Ele levou o terceiro cartão amarelo na vitória contra o Botafogo por 2 a 1. Por outro lado, o treinador não escondeu o entusiasmo com o futebol apresentado por Marcinho Guerreiro. "O Marcinho, de repente, deveria estar voando para a Bolívia. Tem vaga no meu time, no seu e no do Parreira, que é meu amigo", disse bem-humorado, o técnico Leão.

Pelos lados do Morumbi, o técnico Paulo Autuori deve contar praticamente com a força máxima do São Paulo contra a Ponte Preta. Por outro lado, o treinador demonstrou irritação com o clássico contra o Corinthians, remarcado para o dia 24 deste mês. "É inaceitável fazer dois jogos em menos de 48 horas. Devo poupar vários jogadores para um dos dois jogos", avisa o treinador, referindo-se aos confrontos contra o Santos e Corinthians.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;