Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Hu Jintao pede que chineses ampliem relações com o Brasil


Da Agência Brasil

13/11/2004 | 15:00


O presidente da China, Hun Jintao, conversou neste sábado, durante 20 minutos, com cerca de 110 representantes da comunidade chinesa residente no Brasil. Entre os convidados para o encontro no hotel Blue Tree estavam funcionários da embaixada, empresários e jornalistas.

O acupunturista do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gu Hanghu, participou da reunião. Segundo ele, Jintao pediu aos chineses que estreitem os laços de amizade com os brasileiros e ajudem a China a ampliar as relações com o país nos campos comercial e tecnológico.

"Ele disse que os chineses que moram no Brasil precisam fazer mais amizade para ser uma ponte entre os dois países", contou Hanghu. "O presidente também elogiou muito a recepção que teve aqui, disse que foi boa. Achou o brasileiro muito amável. Ficou feliz."

Funcionária de uma empresa de telecomunicações em Brasília, a chinesa Flora Fany saiu do encontro "inspirada". "O presidente falou sobre o desenvolvimento da China. Foi muito simpático", revelou Flora, que mora há seis meses na capital brasileira. "Estou gostando muito. O tempo é bom e me sinto segura aqui, não tenho medo de violência."

O empresário do ramo de latas e garrafas Sheun Ming Ling saiu de Porto Alegre, onde mora, para participar do encontro com o presidente do país onde nasceu. Há 50 anos no Brasil, ele criou os quatro filhos e sete netos no Rio Grande do Sul. Para Ling, a união entre brasileiros e chineses trará muito sucesso para os dois lados e para o mundo.

"Essa união vai proporcionar paz e progresso. São dois países em desenvolvimento que não têm vontade de dominar ninguém", aposta o empresário, que ficou admirado com a aparência jovem do presidente chinês. "A China vai investir muito no Brasil, principalmente em obras. Vai comprar soja, aço, alimentos e carnes."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;