Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Maia presta solidariedade a familiares dos mais de 50 mil mortos pela Covid-19

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/06/2020 | 18:28


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), lamentou, em sua conta no Twitter, as mais de 50 mil mortes causadas pela covid-19 no Brasil. "Neste final de semana, quando o País atingiu a triste marca de 50 mil mortos e mais de 1 milhão de infectados, quero expressar a minha solidariedade a todos os familiares e amigos de vítimas da Covid-19".

Maia também fez um agradecimento ao profissionais de saúde. "E também expressar a minha gratidão e orgulho por todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente contra o vírus. Em nome da Câmara dos Deputados, o nosso agradecimento", escreveu no microblog.

Neste sábado, 20, também na rede social, o presidente da Câmara reafirmou ser favorável à prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores informais e famílias de baixa renda como forma de abrandar os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus.

"A todos que me perguntam sobre o auxílio emergencial: sou a favor da prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais dois ou três meses", afirmou, em sua conta no Twitter. Segundo ele, todos os indicadores apontam para uma forte queda da atividade econômica no terceiro trimestre.

Maia disse acreditar que o prolongamento do plano de ajuda conta com o apoio da maioria dos deputados. "Manter esta ajuda é premente. O governo não pode esperar mais para prorrogar o auxílio. A ajuda é urgente e é agora", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maia presta solidariedade a familiares dos mais de 50 mil mortos pela Covid-19


21/06/2020 | 18:28


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), lamentou, em sua conta no Twitter, as mais de 50 mil mortes causadas pela covid-19 no Brasil. "Neste final de semana, quando o País atingiu a triste marca de 50 mil mortos e mais de 1 milhão de infectados, quero expressar a minha solidariedade a todos os familiares e amigos de vítimas da Covid-19".

Maia também fez um agradecimento ao profissionais de saúde. "E também expressar a minha gratidão e orgulho por todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente contra o vírus. Em nome da Câmara dos Deputados, o nosso agradecimento", escreveu no microblog.

Neste sábado, 20, também na rede social, o presidente da Câmara reafirmou ser favorável à prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores informais e famílias de baixa renda como forma de abrandar os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus.

"A todos que me perguntam sobre o auxílio emergencial: sou a favor da prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais dois ou três meses", afirmou, em sua conta no Twitter. Segundo ele, todos os indicadores apontam para uma forte queda da atividade econômica no terceiro trimestre.

Maia disse acreditar que o prolongamento do plano de ajuda conta com o apoio da maioria dos deputados. "Manter esta ajuda é premente. O governo não pode esperar mais para prorrogar o auxílio. A ajuda é urgente e é agora", afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;