Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

5 dicas para usar o WhatsApp como ferramenta de vendas

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

19/06/2020 | 17:48


Nesta segunda-feira (15), o WhatsApp anunciou o lançamento da ferramenta que permite pagamentos e transações financeiras por meio do aplicativo. O Brasil foi o país escolhido para receber a novidade em primeira mão. Dentro de semanas, o recurso estará disponível nos sistemas Android e iOS. Em tempos de pandemia e do intenso movimento de migração das empresas para a economia online, esse é mais um motivo para os negócios aderirem às vendas virtuais e integrarem cada vez mais o empreendimento ao mundo digital.

Leia mais:
Dicas para bombar sua loja virtual no Instagram
Conheça as startups pioneiras em seus mercados de atuação no Brasil

De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box 2020, o WhatsApp está instalado em 99% dos smartphones do País e 76% dos usuários se comunicam com marcas usando o aplicativo. O analista de soluções do Sebrae, Hugo Lumazzini Paiva, afirma que construir a presença do seu negócio online é fundamental para a manutenção da saúde de qualquer empresa.

“A pandemia nos mostrou a força dos negócios feitos digitalmente. O conforto dessa experiência vai fazer com que as transações façam parte do ‘novo normal’. As compras por meio de canais virtuais só crescem e quem não estiver inserido nesse mercado, perderá muito poder de venda e fidelização de clientes. O que recomendo fortemente é que os empreendedores tenham diversas formas de receber seus recursos, de modo que o cliente consiga se adequar e utilizar alguma delas e, ao mesmo tempo, o pequeno negócio pague as menores taxas possíveis”, aponta Hugo.

Em relação à segurança das operações feitas pelo WhatsApp, o especialista diz que os empreendedores podem confiar na tecnologia. “O aplicativo utilizará a plataforma Facebook Pay e terá as transações realizadas pela Cielo, player já consolidado no Brasil para processamento de pagamentos, máquinas de cartão, entre outras”, diz. Hugo faz a ressalva em relação às taxas de juros em cima das operações. “O empreendedor precisa estar atendo à cobrança de 3,99% sob cada transação financeira. A taxa não é muito diferente do que já é praticado no mercado. O mais interessante nesse momento é oferecer ao cliente alternativas de pagamento. Dessa maneira, ele tem a oportunidade de escolha”, observa.

Abaixo, confira cinco dicas práticas elaboradas pelo Sebrae para usar o WhatsApp como recurso de vendas do seu negócio:

1. Use o Whatapp Bussines com um número exclusivo para o comércio

Essa ferramenta é simples de operar, gratuita e oferece diversas funcionalidades para os negócios. Exemplos: informações da empresa (endereço, telefone, horário de funcionamento, site), agilidade nas respostas (rápidas, personalizadas, saudações, mensagens de ausência), etiqueta em mensagens e clientes (facilita a categorização), catálogo de produtos com preços, e a possibilidade de conectar a página do Facebook.

2. Divulgue o número de WhatsApp da empresa

É importante que o cliente conheça seu número. Destaque o contato da empresa nos materiais e em todos os ambientes em que sua marca for divulgada. Crie comunicados para redes sociais, espalhe essa informação para que os clientes tenham acesso ao telefone e entrem em contato por meio desse canal.

3. Crie uma lista de contatos

Faça um cadastro dos novos clientes de sua empresa, solicite o número de WhatsApp e peça autorização para enviar comunicados sobre seus produtos ou serviços. Crie listas de contatos de forma segmentada para encaminhar informativos, promoções e ofertas. A abordagem deve mostrar os benefícios em participar. Caso o consumidor não queira participar dessa rede, aceite com cordialidade, esse contato deve ser recíproco entre as partes.

4. Construa uma relação online com o cliente

Use o recurso “Lista de Transmissão”. Com ela, é possível manter contato com 256 pessoas. As listas funcionam como os grupos, com a diferença de que os clientes recebem as mensagens de forma individual. Aproveite e crie promoções exclusivas para os consumidores que estão na relação. Isso vai aumentar o vínculo positivo com seu público.

5. Preste um bom atendimento online

É necessário investir tempo e conhecimento nas respostas aos seus clientes pelo WhatsApp. O ideal é que a pessoa que vai formular as mensagens tenha bons conhecimentos de ortografia, seja resolutiva e simpática no uso das palavras. Em muitas ocasiões, o cliente quer ser ouvido e o problema pode ser resolvido ali mesmo, durante a conversa.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ainda não faz parte do WhatsApp Business? Veja como criar uma conta:



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

5 dicas para usar o WhatsApp como ferramenta de vendas

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

19/06/2020 | 17:48


Nesta segunda-feira (15), o WhatsApp anunciou o lançamento da ferramenta que permite pagamentos e transações financeiras por meio do aplicativo. O Brasil foi o país escolhido para receber a novidade em primeira mão. Dentro de semanas, o recurso estará disponível nos sistemas Android e iOS. Em tempos de pandemia e do intenso movimento de migração das empresas para a economia online, esse é mais um motivo para os negócios aderirem às vendas virtuais e integrarem cada vez mais o empreendimento ao mundo digital.

Leia mais:
Dicas para bombar sua loja virtual no Instagram
Conheça as startups pioneiras em seus mercados de atuação no Brasil

De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box 2020, o WhatsApp está instalado em 99% dos smartphones do País e 76% dos usuários se comunicam com marcas usando o aplicativo. O analista de soluções do Sebrae, Hugo Lumazzini Paiva, afirma que construir a presença do seu negócio online é fundamental para a manutenção da saúde de qualquer empresa.

“A pandemia nos mostrou a força dos negócios feitos digitalmente. O conforto dessa experiência vai fazer com que as transações façam parte do ‘novo normal’. As compras por meio de canais virtuais só crescem e quem não estiver inserido nesse mercado, perderá muito poder de venda e fidelização de clientes. O que recomendo fortemente é que os empreendedores tenham diversas formas de receber seus recursos, de modo que o cliente consiga se adequar e utilizar alguma delas e, ao mesmo tempo, o pequeno negócio pague as menores taxas possíveis”, aponta Hugo.

Em relação à segurança das operações feitas pelo WhatsApp, o especialista diz que os empreendedores podem confiar na tecnologia. “O aplicativo utilizará a plataforma Facebook Pay e terá as transações realizadas pela Cielo, player já consolidado no Brasil para processamento de pagamentos, máquinas de cartão, entre outras”, diz. Hugo faz a ressalva em relação às taxas de juros em cima das operações. “O empreendedor precisa estar atendo à cobrança de 3,99% sob cada transação financeira. A taxa não é muito diferente do que já é praticado no mercado. O mais interessante nesse momento é oferecer ao cliente alternativas de pagamento. Dessa maneira, ele tem a oportunidade de escolha”, observa.

Abaixo, confira cinco dicas práticas elaboradas pelo Sebrae para usar o WhatsApp como recurso de vendas do seu negócio:

1. Use o Whatapp Bussines com um número exclusivo para o comércio

Essa ferramenta é simples de operar, gratuita e oferece diversas funcionalidades para os negócios. Exemplos: informações da empresa (endereço, telefone, horário de funcionamento, site), agilidade nas respostas (rápidas, personalizadas, saudações, mensagens de ausência), etiqueta em mensagens e clientes (facilita a categorização), catálogo de produtos com preços, e a possibilidade de conectar a página do Facebook.

2. Divulgue o número de WhatsApp da empresa

É importante que o cliente conheça seu número. Destaque o contato da empresa nos materiais e em todos os ambientes em que sua marca for divulgada. Crie comunicados para redes sociais, espalhe essa informação para que os clientes tenham acesso ao telefone e entrem em contato por meio desse canal.

3. Crie uma lista de contatos

Faça um cadastro dos novos clientes de sua empresa, solicite o número de WhatsApp e peça autorização para enviar comunicados sobre seus produtos ou serviços. Crie listas de contatos de forma segmentada para encaminhar informativos, promoções e ofertas. A abordagem deve mostrar os benefícios em participar. Caso o consumidor não queira participar dessa rede, aceite com cordialidade, esse contato deve ser recíproco entre as partes.

4. Construa uma relação online com o cliente

Use o recurso “Lista de Transmissão”. Com ela, é possível manter contato com 256 pessoas. As listas funcionam como os grupos, com a diferença de que os clientes recebem as mensagens de forma individual. Aproveite e crie promoções exclusivas para os consumidores que estão na relação. Isso vai aumentar o vínculo positivo com seu público.

5. Preste um bom atendimento online

É necessário investir tempo e conhecimento nas respostas aos seus clientes pelo WhatsApp. O ideal é que a pessoa que vai formular as mensagens tenha bons conhecimentos de ortografia, seja resolutiva e simpática no uso das palavras. Em muitas ocasiões, o cliente quer ser ouvido e o problema pode ser resolvido ali mesmo, durante a conversa.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ainda não faz parte do WhatsApp Business? Veja como criar uma conta:

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;