Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Líder do Grupo H é desafio do Santo André no Bruno Daniel


Divanei Guazzelli
Da Redaçao

13/09/2000 | 00:58


O Santo André entra quarta, às 20h30, no estádio Bruno Daniel, na reta final em busca da classificaçao para a segunda fase do Módulo Branco da Copa Joao Havelange. O adversário é o Rio Branco, de Paranaguá-PR, praticamente assegurado na próxima etapa, pois ocupa a liderança do Grupo H, com 15 pontos, sete a mais que Olaria e Ituano, que dividem a quarta colocaçao. Como três times permanecem na competiçao, o Rio Branco já pode considerar-se com um lugar garantido.

A vitória sobre os paranaenses virou obrigaçao, pois o Santo André vem de duas derrotas por 3 a 0, para a Portuguesa Santista e o Internacional, de Santa Maria-RS, ambas fora de casa. Além de ganhar hoje, a equipe do Grande ABC também terá de conseguir os três pontos contra o Ituano, domingo, também no Bruno Daniel.

Apesar da possibilidade da estréia de Preta, jogador de meio-campo cedido pelo Uniao Sao Joao, de Araras, o Santo André voltará a ter desfalques contra o Rio Branco. O técnico Ari Mantovani nao poderá contar com o zagueiro Diego e o meia Carlos Alberto, expulsos em Santa Maria. O lateral Neno e os meias Renato (foi relacionado entre os 18 jogadores, mas dificilmente ficará no banco de reservas) e Luciano estao contundidos. O volante Catê, que também se contundiu, no Rio Grande do Sul, deverá atuar. Já o também volante Fábio Santos retorna após cumprir suspensao.

Para o treinador, as expulsoes nas duas últimas partidas determinaram "a instabilidade e os resultados negativos", situaçoes que ele nao quer ver repetidas hoje.

No ataque, Mantovani deverá começar com Cléber e Fábio Reis. O treinador também relacionou o goleiro Adílson, o lateral Michel, o volante Léo, o meia Paulinho e os atacantes Mota e Josimar. Revelado nas categorias de base, Paulinho retorna ao futebol após oito meses, depois de ter sofrido cirurgia no ligamento cruzado do joelho esquerdo, contundido numa partida com o Guarani, em janeiro, pela Copa Sao Paulo de Futebol Júnior. Ele é chamado pela primeira vez para integrar o time profissional.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;