Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT cogita segurar Turco para turbinar Barba

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

05/05/2013 | 07:00


Em preparação final dos nomes que serão lançados para deputado em 2014, o PT paulista cogita cortar uma das pré-candidaturas a estadual hoje colocadas no Grande ABC para dar condições viáveis de ampliar a bancada na Assembleia Legislativa. Sindicatos estudam demover o presidente do diretório petista de Santo André, Luiz Turco, como pleiteante à vaga e, assim, massificar o nome do diretor financeiro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Teonílio Monteiro da Costa, o Barba.

Na concepção do setor, a aposta maciça em Barba formaria cenário favorável para vitória do metalúrgico. Sua candidatura, com concentração maior de adeptos em São Bernardo, já é dada como concreta na região. A legenda lhe promete grande estrutura na corrida pelo voto, que será a primeira na carreira, financiando a campanha de forma pesada, assim como se firmou, em 2010, com Carlos Grana, hoje prefeito andreense.

A estratégia tem por objetivo reunir os holofotes sobre Barba, o que prejudicaria Turco na concorrência. O dirigente andreense é fiel escudeiro de Grana no partido e foi um dos principais responsáveis pela campanha no ano passado do hoje chefe do Executivo. Ele possui forte apoio de petistas da cidade, inclusive do prefeito.

Articulador do petismo no Grande ABC, o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, admitiu a hipótese de pesar entre uma candidatura e outra até o prazo derradeiro da definição. "Se juntar todos os apoiadores em torno de uma candidatura é evidente que potencializa mais essa. Mas não sabemos ainda se tirar os apoiadores de um vem para esse ou parte para outra. Isso tem de ser avaliado e vamos considerar isso juntos", disse, ao considerar especificamente as pré-candidaturas de Turco e Barba.

Para entrar na disputa por uma cadeira na Assembleia, Turco preferiu ficar de fora da administração Grana. Ao assumir o Paço, o prefeito orientou os novos comissionados do governo petista a permanecer no cargo para evitar eventual queda no ritmo das secretarias. O presidente está incumbido de conduzir a sigla para o processo eleitoral e atua para formar dobrada, com adesão da máquina, com o deputado federal Vanderlei Siraque (PT).

Marinho analisou que "é possível lançar os dois a depender do planejamento". "Turco parte de necessidade de concentração em Santo André e bordas. O Barba nasce com a articulação de série de sindicatos, especialmente de metalúrgicos do Estado, e com amplitude, votos mais espalhados."

Grana descartou a chance de retirar Turco da jogada. "É especulação. As duas estão amplamente consolidadas. Claro que depende do PT, ainda é cedo."

Turco e Barba não foram localizados para comentar sobre o assunto.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;