Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Feriado prejudica trabalho nas comissoes da Câmara


Do Diário do Grande ABC

02/06/1999 | 08:53


A sessao desta quarta da Câmara foi antecipada para o período da manha para que os deputados possam viajar cedo aos seus Estados e aproveitar melhor o feriado prolongado em suas bases eleitorais. A antecipaçao prejudica o funcionamento das comissoes da Câmara, que nao podem trabalhar paralelamente à discussao e votaçao de matérias no plenário da Casa. O esvaziamento ajuda a "esfriar" mais o caso do "grampo" nos telefones do BNDES, que voltou à cena política com a revelaçao de conversas que levantam suspeitas sobre a intervençao do presidente Fernando Henrique Cardoso a favor de um dos consórcios no processo de privatizaçao do Sistema Telebrás.

Para manter o assunto na ordem do dia, os parlamentares da oposiçao adiaram para esta quarta, às 12 horas, o início da coleta de assinaturas populares de apoio à instalaçao de uma Comissao Parlamentar Mista de Inquérito para investigar a privatizaçao da Telebrás. A coleta de assinaturas será feita no Centro de Brasília e de outras capitais. Além disso, os principais líderes da Frente de Oposiçao, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Leonel Brizola (PDT), Miguel Arraes (PSB) e Joao Amazonas (PCdoB), se reúnem nesta manha, também em Brasília, para discutir açoes conjuntas que podem ser tomadas pelos oposicionistas para cobrar respostas do governo em relaçao ao caso do "grampo".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Feriado prejudica trabalho nas comissoes da Câmara

Do Diário do Grande ABC

02/06/1999 | 08:53


A sessao desta quarta da Câmara foi antecipada para o período da manha para que os deputados possam viajar cedo aos seus Estados e aproveitar melhor o feriado prolongado em suas bases eleitorais. A antecipaçao prejudica o funcionamento das comissoes da Câmara, que nao podem trabalhar paralelamente à discussao e votaçao de matérias no plenário da Casa. O esvaziamento ajuda a "esfriar" mais o caso do "grampo" nos telefones do BNDES, que voltou à cena política com a revelaçao de conversas que levantam suspeitas sobre a intervençao do presidente Fernando Henrique Cardoso a favor de um dos consórcios no processo de privatizaçao do Sistema Telebrás.

Para manter o assunto na ordem do dia, os parlamentares da oposiçao adiaram para esta quarta, às 12 horas, o início da coleta de assinaturas populares de apoio à instalaçao de uma Comissao Parlamentar Mista de Inquérito para investigar a privatizaçao da Telebrás. A coleta de assinaturas será feita no Centro de Brasília e de outras capitais. Além disso, os principais líderes da Frente de Oposiçao, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Leonel Brizola (PDT), Miguel Arraes (PSB) e Joao Amazonas (PCdoB), se reúnem nesta manha, também em Brasília, para discutir açoes conjuntas que podem ser tomadas pelos oposicionistas para cobrar respostas do governo em relaçao ao caso do "grampo".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;