Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

STJD multa Palmeiras em R$ 1 e cobra doação de R$ 12 mil por confusão em jogo

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/06/2020 | 20:55


O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) concluiu nesta terça-feira o julgamento do processo sobre o jogo entre Palmeiras e Flamengo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019. E se absolveu o clube carioca, puniu o time paulista com uma transação disciplinar homologada de R$ 12.001, sendo R$ 12 mil destinado a uma instituição que atua no combate à covid-19, como doação, e R$ 1 simbólico ao STJD.

No primeiro julgamento, ambos os clubes haviam sido absolvidos, mas a Procuradoria do STJD recorreu da decisão. Na súmula do jogo, vencido pela equipe carioca, por 3 a 1, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou o arremesso de um chinelo e de dois assentos em direção aos atletas do Flamengo. E no julgamento, se definiu pela punição simbólica ao Palmeiras, que agora doará R$ 12 mil para ajudar no combate ao coronavírus, além de repassar R$ 1 ao STJD.

Já o Flamengo voltou a ser julgado pela presença de torcedores infiltrados - foi proibida a presença de visitantes nas arquibancadas do Allianz Parque. Mas o clube carioca voltou a ser absolvido.

CRUZEIRO - Também nesta terça-feira, o Pleno do STJD julgou o recurso do Cruzeiro contra a pena de três partidas com os portões fechados, em função dos incidentes ocorridos na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Mineirão, resultado que determinou o rebaixamento da equipe à Série B do Campeonato Brasileiro. E o tribunal manteve a punição ao time, assim coo a multa de R$ 50 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

STJD multa Palmeiras em R$ 1 e cobra doação de R$ 12 mil por confusão em jogo


09/06/2020 | 20:55


O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) concluiu nesta terça-feira o julgamento do processo sobre o jogo entre Palmeiras e Flamengo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019. E se absolveu o clube carioca, puniu o time paulista com uma transação disciplinar homologada de R$ 12.001, sendo R$ 12 mil destinado a uma instituição que atua no combate à covid-19, como doação, e R$ 1 simbólico ao STJD.

No primeiro julgamento, ambos os clubes haviam sido absolvidos, mas a Procuradoria do STJD recorreu da decisão. Na súmula do jogo, vencido pela equipe carioca, por 3 a 1, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou o arremesso de um chinelo e de dois assentos em direção aos atletas do Flamengo. E no julgamento, se definiu pela punição simbólica ao Palmeiras, que agora doará R$ 12 mil para ajudar no combate ao coronavírus, além de repassar R$ 1 ao STJD.

Já o Flamengo voltou a ser julgado pela presença de torcedores infiltrados - foi proibida a presença de visitantes nas arquibancadas do Allianz Parque. Mas o clube carioca voltou a ser absolvido.

CRUZEIRO - Também nesta terça-feira, o Pleno do STJD julgou o recurso do Cruzeiro contra a pena de três partidas com os portões fechados, em função dos incidentes ocorridos na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Mineirão, resultado que determinou o rebaixamento da equipe à Série B do Campeonato Brasileiro. E o tribunal manteve a punição ao time, assim coo a multa de R$ 50 mil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;