Fechar
Publicidade

Domingo, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado vai ampliar leitos de UTI na região

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em reunião com prefeitos, secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi promete mais 25 leitos, em Diadema e Rio Grande da Serra; anúncio da mudança de fase deve ser feito amanhã


Do Diário do Grande ABC

09/06/2020 | 12:13


 O Estado vai disponibilizar mais 25 leitos de UTI no Grande ABC. O anúncio acaba de ser feito pelo presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Rio Grande da Serra Gabriel Maranhão, que junto com Lauro Michels, prefeito de Diadema, acaba de se reunir com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi. O acréscimo da estrutura hospitalar facilitará o anúncio da reabertura do comércio na região, decisão que pode ser noticiada amanhã. 

"Serão 25 novos leitos de UTI que somam aos 264 já existentes. São 20  em Diadema e 5 em Rio Grande da Serra", explicou Maranhão em vídeo divulgado na porta do Palácio dos BAndeirantes. "Nós fizemos uma proposta de ampliação gradual de leitos de alta complexidade que são as UTIs. Ou seja, no Hospital de Serraria hoje são sete leitos de UTI e vai ampliar para 17. Em Diadema também cresceremos 10 leitos", acrescentou Michels. 

Ficou acordado com o secretário que será enviado um ofício pelo Consórcio, em nome dos sete prefeitos, detalhando o custeio destes 25 leitos de UTI - 10 de responsabilidade do Estado e o restante pelas prefeituras. "O Estado vai repassar o valor do custeio mensal destes leitos de UTI para Rio Grande da Serra e Diadema, e também para o Estadual de Serraria. Então a região, em um pleito de 100 leitos, estamos saindo com 25 novos leitos, que é o principal fator para a gente sair da faixa vermelha. Porque (para isso) a ocupação de leitos de UTI tem de estar abaixo de 80%", acrescenta Michels. O documento será protocolado hoje à tarde. 

Os prefeitos sairam otimistas do encontro. "Tenho certeza que amanhã o Grande ABC terá uma boa notícia e iremos flexibilizar a economia da nossa região", acredita Maranhão. Haverá uma reavaliação dos leitos disponibilizados também nos hospitais privados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado vai ampliar leitos de UTI na região

Em reunião com prefeitos, secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi promete mais 25 leitos, em Diadema e Rio Grande da Serra; anúncio da mudança de fase deve ser feito amanhã

Do Diário do Grande ABC

09/06/2020 | 12:13


 O Estado vai disponibilizar mais 25 leitos de UTI no Grande ABC. O anúncio acaba de ser feito pelo presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Rio Grande da Serra Gabriel Maranhão, que junto com Lauro Michels, prefeito de Diadema, acaba de se reunir com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi. O acréscimo da estrutura hospitalar facilitará o anúncio da reabertura do comércio na região, decisão que pode ser noticiada amanhã. 

"Serão 25 novos leitos de UTI que somam aos 264 já existentes. São 20  em Diadema e 5 em Rio Grande da Serra", explicou Maranhão em vídeo divulgado na porta do Palácio dos BAndeirantes. "Nós fizemos uma proposta de ampliação gradual de leitos de alta complexidade que são as UTIs. Ou seja, no Hospital de Serraria hoje são sete leitos de UTI e vai ampliar para 17. Em Diadema também cresceremos 10 leitos", acrescentou Michels. 

Ficou acordado com o secretário que será enviado um ofício pelo Consórcio, em nome dos sete prefeitos, detalhando o custeio destes 25 leitos de UTI - 10 de responsabilidade do Estado e o restante pelas prefeituras. "O Estado vai repassar o valor do custeio mensal destes leitos de UTI para Rio Grande da Serra e Diadema, e também para o Estadual de Serraria. Então a região, em um pleito de 100 leitos, estamos saindo com 25 novos leitos, que é o principal fator para a gente sair da faixa vermelha. Porque (para isso) a ocupação de leitos de UTI tem de estar abaixo de 80%", acrescenta Michels. O documento será protocolado hoje à tarde. 

Os prefeitos sairam otimistas do encontro. "Tenho certeza que amanhã o Grande ABC terá uma boa notícia e iremos flexibilizar a economia da nossa região", acredita Maranhão. Haverá uma reavaliação dos leitos disponibilizados também nos hospitais privados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;