Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Concessionárias reclamam de idas e vindas judiciais

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Revendedor em S.Bernardo aponta queda de 70% no faturamento e chance de fechar portas


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

09/06/2020 | 00:01


A guerra de liminares sobre a situação das concessionárias de veículos na região tem gerado insegurança e frustração aos donos desses estabelecimentos. Se até ontem as concessionária poderiam funcionar ainda que respeitando os decretos sobre o isolamento físico, hoje liminar determinou que as revendedoras permaneçam fechadas em São Bernardo e Diadema.

Segundo Nilton Cesar Pogetti, 54 anos, proprietário da Auto New, concessionária que fica na Avenida Brigadeiro Faria Lima, no Centro de São Bernardo, a situação da instabilidade judicial frustra ainda mais a movimentação já abaixo do comum dentro do estabelecimento. “Fica difícil. Um dia pode abrir, no outro já não pode. É uma situação bem complicada. Prejudica ainda mais a intenção de convidar clientes, que já estão com medo de sair de casa”, declarou Pogetti.

Com loja fechada aproximadamente há 70 dias, o proprietário se viu obrigado a dispensar dois funcionários devido à pandemia do novo coronavírus. Já o movimento na loja de carros caiu cerca de 70%. “Estamos sobrevivendo, mas, se continuar assim, tenho grandes chances de encerrar as atividades de meu estabelecimento.”

Desde a semana passada o Grande ABC vive expectativa de reabertura econômica, mesmo que de forma parcial. No fim de semana, algumas cidades decidiram por publicar decreto que liberava abertura de concessionárias e escritórios por período de quatro horas por dia.

A equipe do Diário percorreu avenidas do Centro de São Bernardo, onde há concentração desse tipo de estabelecimento, e viu diversos deles abertos, mesmo com a liminar impedindo seu funcionamento ontem.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Concessionárias reclamam de idas e vindas judiciais

Revendedor em S.Bernardo aponta queda de 70% no faturamento e chance de fechar portas

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

09/06/2020 | 00:01


A guerra de liminares sobre a situação das concessionárias de veículos na região tem gerado insegurança e frustração aos donos desses estabelecimentos. Se até ontem as concessionária poderiam funcionar ainda que respeitando os decretos sobre o isolamento físico, hoje liminar determinou que as revendedoras permaneçam fechadas em São Bernardo e Diadema.

Segundo Nilton Cesar Pogetti, 54 anos, proprietário da Auto New, concessionária que fica na Avenida Brigadeiro Faria Lima, no Centro de São Bernardo, a situação da instabilidade judicial frustra ainda mais a movimentação já abaixo do comum dentro do estabelecimento. “Fica difícil. Um dia pode abrir, no outro já não pode. É uma situação bem complicada. Prejudica ainda mais a intenção de convidar clientes, que já estão com medo de sair de casa”, declarou Pogetti.

Com loja fechada aproximadamente há 70 dias, o proprietário se viu obrigado a dispensar dois funcionários devido à pandemia do novo coronavírus. Já o movimento na loja de carros caiu cerca de 70%. “Estamos sobrevivendo, mas, se continuar assim, tenho grandes chances de encerrar as atividades de meu estabelecimento.”

Desde a semana passada o Grande ABC vive expectativa de reabertura econômica, mesmo que de forma parcial. No fim de semana, algumas cidades decidiram por publicar decreto que liberava abertura de concessionárias e escritórios por período de quatro horas por dia.

A equipe do Diário percorreu avenidas do Centro de São Bernardo, onde há concentração desse tipo de estabelecimento, e viu diversos deles abertos, mesmo com a liminar impedindo seu funcionamento ontem.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;