Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

UBS e escola em Diadema são alvos de furto e vandalismo

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Invasão ocorreu no fim de semana; canos de água da escola foram quebrados e computadores levados da unidade de saúde


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

08/06/2020 | 17:32


Atualizado às 19h

Dois endereços municipais de Diadema foram alvos de furto e vandalismo no fim de semana. A UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Paulina foi invadida e os ladrões levaram seis computadores, um aparelho de micro-ondas e dois botijões de gás. As janelas também foram danificadas. Segundo a prefeitura, o atendimento à população está sendo realizado nos outros dois prédios da unidade, já que a UBS funciona em três prédios localizados na mesma rua (Afrânio Peixoto). Por rede social, uma funcionária da UBS lamentou o episódio e citou que as CPUs furtadas armazenavam importantes informações sobre os pacientes, como registros de vacinação e pedido de guias de exames.

Já da EMEB (Escola Municipal de Educação Báscia) Florestan Fernandes não foi levado nenhum objetivo, mas os canos de água foram quebrados. A administração municipal informou que a Polícia Civil já esteve no local realizando perícias. Em abril, o Centro Cultural Inamar e o conselho tutelar, que funcionam no mesmo terreno, foram invadidos, vandalizados e furtados duas vezes em menos de uma semana.

O Diário questionou se a Prefeitura de Diadema pretende adotar alguma medida específica para conter esse tipo de crime, como atividades conjuntas com a Polícia Militar, mas a assessoria apenas informou que a Secretaria de Educação conta com alarmes nas unidades escolares e segurança terceirizada.

Há dois meses, por ocasião dos furtos no conselho tutelar, conselheiros relataram que os próprios municipais carecem de patrulhamento por parte da GCM (Guarda Civil Municipal), que pouco tem se dedicado à preservação do patrimônio municipal.
A inatividade de uma unidade básica de saúde em uma das regiões mais populosas e vulneráveis da cidade expõe ainda mais a população durante a pandemia de Covid-19.

Em matéria publicada nesta segunda-feira (8), o Diário mostrou como a doença tem avançado pelas periferias, aumentando os desafios de contenção do novo coronavírus. Em Diadema, todas as UBSs estão atendendo às demandas espontâneas dos munícipes durante esse período de quarentena, com fluxos distintos de atendimentos para os sintomáticos respiratórios.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado de São Paulo informou que o furto qualificado da unidade de saúde foi registrado nesta segunda-feira, no 4º Distrito Policial de Diadema, onde foi solicitada perícia ao IC (Instituto de Criminalística ). Em nota, a pasta informou que as diligências prosseguem visando o esclarecimento dos fatos. Sobre o furto no conselho tutelar, em abril, o suspeito foi identificado pela equipe da investigação do 4º DP do município. O inquérito policial foi concluído com o indiciamento do autor.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

UBS e escola em Diadema são alvos de furto e vandalismo

Invasão ocorreu no fim de semana; canos de água da escola foram quebrados e computadores levados da unidade de saúde

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

08/06/2020 | 17:32


Atualizado às 19h

Dois endereços municipais de Diadema foram alvos de furto e vandalismo no fim de semana. A UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Paulina foi invadida e os ladrões levaram seis computadores, um aparelho de micro-ondas e dois botijões de gás. As janelas também foram danificadas. Segundo a prefeitura, o atendimento à população está sendo realizado nos outros dois prédios da unidade, já que a UBS funciona em três prédios localizados na mesma rua (Afrânio Peixoto). Por rede social, uma funcionária da UBS lamentou o episódio e citou que as CPUs furtadas armazenavam importantes informações sobre os pacientes, como registros de vacinação e pedido de guias de exames.

Já da EMEB (Escola Municipal de Educação Báscia) Florestan Fernandes não foi levado nenhum objetivo, mas os canos de água foram quebrados. A administração municipal informou que a Polícia Civil já esteve no local realizando perícias. Em abril, o Centro Cultural Inamar e o conselho tutelar, que funcionam no mesmo terreno, foram invadidos, vandalizados e furtados duas vezes em menos de uma semana.

O Diário questionou se a Prefeitura de Diadema pretende adotar alguma medida específica para conter esse tipo de crime, como atividades conjuntas com a Polícia Militar, mas a assessoria apenas informou que a Secretaria de Educação conta com alarmes nas unidades escolares e segurança terceirizada.

Há dois meses, por ocasião dos furtos no conselho tutelar, conselheiros relataram que os próprios municipais carecem de patrulhamento por parte da GCM (Guarda Civil Municipal), que pouco tem se dedicado à preservação do patrimônio municipal.
A inatividade de uma unidade básica de saúde em uma das regiões mais populosas e vulneráveis da cidade expõe ainda mais a população durante a pandemia de Covid-19.

Em matéria publicada nesta segunda-feira (8), o Diário mostrou como a doença tem avançado pelas periferias, aumentando os desafios de contenção do novo coronavírus. Em Diadema, todas as UBSs estão atendendo às demandas espontâneas dos munícipes durante esse período de quarentena, com fluxos distintos de atendimentos para os sintomáticos respiratórios.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado de São Paulo informou que o furto qualificado da unidade de saúde foi registrado nesta segunda-feira, no 4º Distrito Policial de Diadema, onde foi solicitada perícia ao IC (Instituto de Criminalística ). Em nota, a pasta informou que as diligências prosseguem visando o esclarecimento dos fatos. Sobre o furto no conselho tutelar, em abril, o suspeito foi identificado pela equipe da investigação do 4º DP do município. O inquérito policial foi concluído com o indiciamento do autor.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;