Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diário circula 18.000ª edição impressa, feito entre jornais regionais

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Além de consolidado na versão em papel, veículo aposta cada vez mais no conteúdo digital, que pode ser acessado totalmente grátis


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 23:39


Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Diário circula hoje edição histórica em sua versão impressa. O jornal fundado em 11 de maio de 1958, com o nome de News Sellers, atinge o número 18.000, fato raro entre veículos regionais de comunicação. Consolidada no papel, a marca investe para levar a credibilidade conquistada em 62 anos de circulação para as plataformas digitais.
O jornal de papel alcança a marca histórica no momento em que aposta na agilidade da internet para se manter como fonte de notícias relevantes não apenas para as sete cidades, mas também para o Estado e o Brasil. Desde 18 de março, 100% do conteúdo digital do Diário, inclusive o do portal www.dgabc.com.br, pode ser acessado de graça.

“Sabemos da importância das plataformas on-line e vamos ampliar a nossa presença em todas elas, mas não abriremos mão da versão impressa, sobre a qual edificamos e consolidamos a nossa marca em seis décadas de atuação. Por isso estamos muito felizes de alcançar a edição impressa de número 18.000”, assegura o diretor superintendente do jornal, Ronan Maria Pinto.

Os números de audiência nos veículos digitais do Diário sofreram expressivo aumento desde que a pandemia passou a assolar o Grande ABC, onde os três primeiros casos do novo coronavírus foram diagnosticados em 15 de março e a primeira morte, dez dias depois. O jornal, todavia, decidiu deixar de cobrar pelo acesso às notícias ao saber que, segundo pesquisa do Ministério da Saúde, 85% das informações sobre a Covid-19 que circulavam em redes sociais eram falsas.

A resposta dos leitores foi imediata. O site www.dgabc.com.br passou a registrar aumento constante nos indicadores de leitura. Na última medição, de acordo com dados do Google Analytics, as páginas da plataforma foram visualizadas 3,1 milhões de vezes em maio, número 5% maior que o de abril, quando eram 2,9 milhões de internautas.

Nas redes sociais, o jornal também conquistou leitores. Na última sexta-feira, o Diário chegou a 50 mil seguidores em seu perfil no Instagram. No Facebook, são 215 mil fãs, equivalente a quase 10% dos 2,8 milhões de moradores das sete cidades do Grande ABC. Além de publicar as principais notícias do dia, ambas adiantam, nas primeiras horas da madrugada, a capa da edição impressa.

“A disseminação do novo coronavírus serviu para reavivar a importância do jornalismo profissional, comprometido somente com a verdade. No momento em que avalanche de fake news soterrou a sociedade, recorrer a grifes jornalísticas tradicionais serve de norte ao leitor”, compara o diretor de Redação do Diário, Evaldo Novelini.

WEBTV
A pandemia também se tornou o foco da programação da DGABC TV, veiculada ao vivo pelas contas do jornal no Facebook e YouTube. Uma das novidades desenvolvidas é o DGABC News – Especial Coronavírus, boletim eletrônico apresentado pela jornalista Marcela Ibelli que vai ao ar no começo da noite – embora ocorrência relevante possa justificar edições extraordinárias. Na sexta-feira, foi ali que a região soube da retomada da atividade econômica no dia seguinte.

Credibilidade da marca é reconhecida

As 18 mil edições, avaliam personalidades das mais diversas áreas, refletem a credibilidade do Diário. A marca, argumentam, só pode ser atingida por veículos que respeitam os pilares do jornalismo, como o compromisso com a verdade e a pluralidade de opiniões.

“Queremos, como profissional da área, comemorar essa marca, que é mais um marco na história do jornalismo paulista e brasileiro, onde o Diário é conhecido e admirado. Parabéns pela trajetória vitoriosa em defesa da cidadania”, saúda o presidente da APJ (Associação Paulista de Portais e Jornais), Renato D. Zaiden.

Presidente do Consórcio Intermunicipal, Gabriel Maranhão considera o jornal “uma das grandes instituições” da região. “É preciso sempre exaltar que o Diário conta a história do Grande ABC com credibilidade e com a verdade, trazendo os fatos do jeito que são, doa a quem doer.”

“A seriedade, o comprometimento e a transparência são qualidades que levam um órgão de imprensa ao sucesso. Parabéns ao Diário, que sabe o peso dessas qualidades e assim conquistou corações e mentes”, diz o comandante da Polícia Militar na região, coronel Renato Nery Machado.

A bravura do jornal é destacada pelo líder da Igreja Católica no Grande ABC, dom Pedro Carlos Cipollini: “Com responsabilidade, coragem e inteligência o Diário informa, sem se esquecer de formar uma opinião pública a favor do direito e da justiça. E o que é melhor: sem entrar em polêmicas inúteis e sensacionalistas. Avante!”

Gestor do curso de Jornalismo da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Flávio Falciano cita o legado profissional do jornal: “Marca significativa, que dá boa dimensão da relevância do Diário nesses mais de 60 anos cobrindo os principais acontecimentos da região. Mais do que isso, ao longo desse tempo vem se caracterizando como importante espaço de trabalho aos que se dedicam à nobre profissão de jornalistas”. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário circula 18.000ª edição impressa, feito entre jornais regionais

Além de consolidado na versão em papel, veículo aposta cada vez mais no conteúdo digital, que pode ser acessado totalmente grátis

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 23:39


Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Diário circula hoje edição histórica em sua versão impressa. O jornal fundado em 11 de maio de 1958, com o nome de News Sellers, atinge o número 18.000, fato raro entre veículos regionais de comunicação. Consolidada no papel, a marca investe para levar a credibilidade conquistada em 62 anos de circulação para as plataformas digitais.
O jornal de papel alcança a marca histórica no momento em que aposta na agilidade da internet para se manter como fonte de notícias relevantes não apenas para as sete cidades, mas também para o Estado e o Brasil. Desde 18 de março, 100% do conteúdo digital do Diário, inclusive o do portal www.dgabc.com.br, pode ser acessado de graça.

“Sabemos da importância das plataformas on-line e vamos ampliar a nossa presença em todas elas, mas não abriremos mão da versão impressa, sobre a qual edificamos e consolidamos a nossa marca em seis décadas de atuação. Por isso estamos muito felizes de alcançar a edição impressa de número 18.000”, assegura o diretor superintendente do jornal, Ronan Maria Pinto.

Os números de audiência nos veículos digitais do Diário sofreram expressivo aumento desde que a pandemia passou a assolar o Grande ABC, onde os três primeiros casos do novo coronavírus foram diagnosticados em 15 de março e a primeira morte, dez dias depois. O jornal, todavia, decidiu deixar de cobrar pelo acesso às notícias ao saber que, segundo pesquisa do Ministério da Saúde, 85% das informações sobre a Covid-19 que circulavam em redes sociais eram falsas.

A resposta dos leitores foi imediata. O site www.dgabc.com.br passou a registrar aumento constante nos indicadores de leitura. Na última medição, de acordo com dados do Google Analytics, as páginas da plataforma foram visualizadas 3,1 milhões de vezes em maio, número 5% maior que o de abril, quando eram 2,9 milhões de internautas.

Nas redes sociais, o jornal também conquistou leitores. Na última sexta-feira, o Diário chegou a 50 mil seguidores em seu perfil no Instagram. No Facebook, são 215 mil fãs, equivalente a quase 10% dos 2,8 milhões de moradores das sete cidades do Grande ABC. Além de publicar as principais notícias do dia, ambas adiantam, nas primeiras horas da madrugada, a capa da edição impressa.

“A disseminação do novo coronavírus serviu para reavivar a importância do jornalismo profissional, comprometido somente com a verdade. No momento em que avalanche de fake news soterrou a sociedade, recorrer a grifes jornalísticas tradicionais serve de norte ao leitor”, compara o diretor de Redação do Diário, Evaldo Novelini.

WEBTV
A pandemia também se tornou o foco da programação da DGABC TV, veiculada ao vivo pelas contas do jornal no Facebook e YouTube. Uma das novidades desenvolvidas é o DGABC News – Especial Coronavírus, boletim eletrônico apresentado pela jornalista Marcela Ibelli que vai ao ar no começo da noite – embora ocorrência relevante possa justificar edições extraordinárias. Na sexta-feira, foi ali que a região soube da retomada da atividade econômica no dia seguinte.

Credibilidade da marca é reconhecida

As 18 mil edições, avaliam personalidades das mais diversas áreas, refletem a credibilidade do Diário. A marca, argumentam, só pode ser atingida por veículos que respeitam os pilares do jornalismo, como o compromisso com a verdade e a pluralidade de opiniões.

“Queremos, como profissional da área, comemorar essa marca, que é mais um marco na história do jornalismo paulista e brasileiro, onde o Diário é conhecido e admirado. Parabéns pela trajetória vitoriosa em defesa da cidadania”, saúda o presidente da APJ (Associação Paulista de Portais e Jornais), Renato D. Zaiden.

Presidente do Consórcio Intermunicipal, Gabriel Maranhão considera o jornal “uma das grandes instituições” da região. “É preciso sempre exaltar que o Diário conta a história do Grande ABC com credibilidade e com a verdade, trazendo os fatos do jeito que são, doa a quem doer.”

“A seriedade, o comprometimento e a transparência são qualidades que levam um órgão de imprensa ao sucesso. Parabéns ao Diário, que sabe o peso dessas qualidades e assim conquistou corações e mentes”, diz o comandante da Polícia Militar na região, coronel Renato Nery Machado.

A bravura do jornal é destacada pelo líder da Igreja Católica no Grande ABC, dom Pedro Carlos Cipollini: “Com responsabilidade, coragem e inteligência o Diário informa, sem se esquecer de formar uma opinião pública a favor do direito e da justiça. E o que é melhor: sem entrar em polêmicas inúteis e sensacionalistas. Avante!”

Gestor do curso de Jornalismo da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Flávio Falciano cita o legado profissional do jornal: “Marca significativa, que dá boa dimensão da relevância do Diário nesses mais de 60 anos cobrindo os principais acontecimentos da região. Mais do que isso, ao longo desse tempo vem se caracterizando como importante espaço de trabalho aos que se dedicam à nobre profissão de jornalistas”. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;