Fechar
Publicidade

Domingo, 12 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Casal de atores une arte e confeitaria

Dupla idealizou kit com bolos ou brigadeiros e um poema ou uma cena teatral


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 20:18


O setor de cultura viu suas atividades serem completamente paralisadas desde o início da pandemia. Como reunir um grupo de pessoas para show ou apresentação teatral, quando o contato humano é hoje o maior risco para a contaminação pelo novo coronavírus? Pensando formas de retomar suas atividades, garantir a renda familiar e levar sua arte para o público, o casal de atores andreenses Júnior Docini, 32 anos, e Taynã Marquezone, 30, idealizou a Caixa Poema, kit com bolos e/ou brigadeiros e um poema ou uma cena teatral, compostos para atender à história de quem será presenteado.

“A Caixa Poema é uma experiência que a pessoa terá na casa dela”, explicou Taynã. O texto é composto com base nas informações passadas pelos clientes. Especificamente para o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, as instruções sugerem reduzir a luz do ambiente, colocar uma música que o casal se identifique, acender a vela que acompanha o kit para, juntos, lerem a cena. “Escrevemos um pequeno diálogo e roteiro de ações para eles fazerem, pois só a leitura já é uma encenação. E vamos pedir, para quem quiser, registrar esse momento”, finalizou. Os atores pretendem fazer documentário e peça de teatro sobre as experiências.

O casal é dono da produtora Cia UniVerso e os dois atuam em diversas áreas de cultura e entretenimento, como iluminação, teatro e locução. A transição de artistas para confeiteiros foi por necessidade, mas, principalmente, por incentivo. Taynã contou que Junior foi sempre quem assumiu o comando da cozinha na divisão das tarefas domésticas, mas que em seu aniversário de 30 anos, celebrado em 17 de abril, ela mesma resolveu fazer o bolo.

Pegou receita na internet e dicas do companheiro e fez o seu primeiro naked cake, um bolo sem cobertura com o recheio aparente. O vídeo da celebração on-line com a família fez sucesso entre os amigos e aos poucos surgiram as encomendas.

“Minha mãe pediu no Dia das Mães, depois minha sogra no dia do aniversário dela. Uma amiga pediu para o aniversário dela, indicou para outra pessoa, que pediu também e foi indo, indo, indo e quando vi, tinha virado uma boleira”, relembra.

Taynã e Junior, que se preparavam para oficializar a união este ano e ainda não tiveram um chá de cozinha, investiram na compra de utensílios e ingredientes, passaram a estudar diversas receitas e incluíram brigadeiros alcoólicos na produção.

A nova empreitada foi batizada de Confeitaria de Artista e os pedidos têm aumentado. A Caixa Poema pode ser personalizada para uma empresa que deseje incentivar os funcionários nesse momento, ou alguém que esteja longe dos parentes e queira enviar um carinho. Tudo ao gosto do cliente.

“Não significa que viramos uma confeitaria e não somos mais atores e todas nossas outras funções. Queremos que a confeitaria seja um agregador. O teatro sempre se adaptou em todos os seus séculos de existência”, citou. “Vimos como o poder transformador da arte não tem limites, mesmo isso nascendo de um período de desespero e total falta de amparo, uma vez que, infelizmente, a cultura não tem o seu merecido valor”, finalizou Taynã. Contatos para encomendas podem ser feitos pelo Instagram da confeitaria www.instagram.com/confeitariadeartista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Casal de atores une arte e confeitaria

Dupla idealizou kit com bolos ou brigadeiros e um poema ou uma cena teatral

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 20:18


O setor de cultura viu suas atividades serem completamente paralisadas desde o início da pandemia. Como reunir um grupo de pessoas para show ou apresentação teatral, quando o contato humano é hoje o maior risco para a contaminação pelo novo coronavírus? Pensando formas de retomar suas atividades, garantir a renda familiar e levar sua arte para o público, o casal de atores andreenses Júnior Docini, 32 anos, e Taynã Marquezone, 30, idealizou a Caixa Poema, kit com bolos e/ou brigadeiros e um poema ou uma cena teatral, compostos para atender à história de quem será presenteado.

“A Caixa Poema é uma experiência que a pessoa terá na casa dela”, explicou Taynã. O texto é composto com base nas informações passadas pelos clientes. Especificamente para o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, as instruções sugerem reduzir a luz do ambiente, colocar uma música que o casal se identifique, acender a vela que acompanha o kit para, juntos, lerem a cena. “Escrevemos um pequeno diálogo e roteiro de ações para eles fazerem, pois só a leitura já é uma encenação. E vamos pedir, para quem quiser, registrar esse momento”, finalizou. Os atores pretendem fazer documentário e peça de teatro sobre as experiências.

O casal é dono da produtora Cia UniVerso e os dois atuam em diversas áreas de cultura e entretenimento, como iluminação, teatro e locução. A transição de artistas para confeiteiros foi por necessidade, mas, principalmente, por incentivo. Taynã contou que Junior foi sempre quem assumiu o comando da cozinha na divisão das tarefas domésticas, mas que em seu aniversário de 30 anos, celebrado em 17 de abril, ela mesma resolveu fazer o bolo.

Pegou receita na internet e dicas do companheiro e fez o seu primeiro naked cake, um bolo sem cobertura com o recheio aparente. O vídeo da celebração on-line com a família fez sucesso entre os amigos e aos poucos surgiram as encomendas.

“Minha mãe pediu no Dia das Mães, depois minha sogra no dia do aniversário dela. Uma amiga pediu para o aniversário dela, indicou para outra pessoa, que pediu também e foi indo, indo, indo e quando vi, tinha virado uma boleira”, relembra.

Taynã e Junior, que se preparavam para oficializar a união este ano e ainda não tiveram um chá de cozinha, investiram na compra de utensílios e ingredientes, passaram a estudar diversas receitas e incluíram brigadeiros alcoólicos na produção.

A nova empreitada foi batizada de Confeitaria de Artista e os pedidos têm aumentado. A Caixa Poema pode ser personalizada para uma empresa que deseje incentivar os funcionários nesse momento, ou alguém que esteja longe dos parentes e queira enviar um carinho. Tudo ao gosto do cliente.

“Não significa que viramos uma confeitaria e não somos mais atores e todas nossas outras funções. Queremos que a confeitaria seja um agregador. O teatro sempre se adaptou em todos os seus séculos de existência”, citou. “Vimos como o poder transformador da arte não tem limites, mesmo isso nascendo de um período de desespero e total falta de amparo, uma vez que, infelizmente, a cultura não tem o seu merecido valor”, finalizou Taynã. Contatos para encomendas podem ser feitos pelo Instagram da confeitaria www.instagram.com/confeitariadeartista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;