Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Novo já troca coordenação em S.Caetano

Antes de campanha, pré-prefeiturável Mario Bohm lida com crise na sigla: ‘Sabemos separar as coisas’


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 00:01


Único candidato a prefeito do partido Novo no Grande ABC, Mario Bohm (Novo), de São Caetano, nem colocou o time em campo para a campanha e enfrenta problemas com a coordenação de seu projeto eleitoral.

O Novo decidiu mudar a linha de frente da campanha após Alan de Camargo renunciar ao cargo depois de desentendimentos com Bohm em abril. Para o lugar de Camargo, o partido elencou um núcleo, com cinco pessoas, que comandará as ações de campanha do pré-candidato.

“A mudança na coordenação de campanha ocorreu e não muda muita coisa. O Novo sabe separar as coisas. Acontece que algumas pessoas acreditam que, por fazerem muitas coisas dentro do partido, têm direito de requerer algo e, no Novo, não é assim que funciona”, declarou Mario Bohm, em recado direto ao antigo coordenador, que teria requerido ser o candidato da sigla, mesmo sem ter obtido êxito no processo seletivo que a legenda utiliza para selecionar seus candidatos.

Após a saída de Camargo, junto de seu grupo político, o diretório estadual do Novo atua para reorganizar as atividades do diretório de São Caetano. A articulação deste processo está a cargo do coordenador regional no Grande ABC, César Parluto, que deverá eleger novos dirigentes em eleição virtual nos próximos dias.

Segundo o advogado Paulo Proieti, um dos novos coordenadores da campanha de Bohm, o partido quer reorganizar todo os integrantes de maneira correta dentro daquilo que prezam as diretrizes do Novo. Na legenda, alas políticas e bloco que cuidam da campanha não se misturam. “César Parluto está cuidando da transição política (nesse momento) e eu estou coordenando o andamento da campanha”, disse. “O diretório estadual espera finalizar os trâmites da convenção para efetivar cada um em seu devido lugar”, salientou.

Por causa do processo seletivo, o Novo só lançará candidatos em São Caetano, já que nas outras cidades os pré-candidatos não passaram nas avaliações. Além de Bohm para o Executivo, o Novo pretende lançar, em São Caetano, oito candidatos à vereança. Até o momento apenas dois passaram no processo seletivo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novo já troca coordenação em S.Caetano

Antes de campanha, pré-prefeiturável Mario Bohm lida com crise na sigla: ‘Sabemos separar as coisas’

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

06/06/2020 | 00:01


Único candidato a prefeito do partido Novo no Grande ABC, Mario Bohm (Novo), de São Caetano, nem colocou o time em campo para a campanha e enfrenta problemas com a coordenação de seu projeto eleitoral.

O Novo decidiu mudar a linha de frente da campanha após Alan de Camargo renunciar ao cargo depois de desentendimentos com Bohm em abril. Para o lugar de Camargo, o partido elencou um núcleo, com cinco pessoas, que comandará as ações de campanha do pré-candidato.

“A mudança na coordenação de campanha ocorreu e não muda muita coisa. O Novo sabe separar as coisas. Acontece que algumas pessoas acreditam que, por fazerem muitas coisas dentro do partido, têm direito de requerer algo e, no Novo, não é assim que funciona”, declarou Mario Bohm, em recado direto ao antigo coordenador, que teria requerido ser o candidato da sigla, mesmo sem ter obtido êxito no processo seletivo que a legenda utiliza para selecionar seus candidatos.

Após a saída de Camargo, junto de seu grupo político, o diretório estadual do Novo atua para reorganizar as atividades do diretório de São Caetano. A articulação deste processo está a cargo do coordenador regional no Grande ABC, César Parluto, que deverá eleger novos dirigentes em eleição virtual nos próximos dias.

Segundo o advogado Paulo Proieti, um dos novos coordenadores da campanha de Bohm, o partido quer reorganizar todo os integrantes de maneira correta dentro daquilo que prezam as diretrizes do Novo. Na legenda, alas políticas e bloco que cuidam da campanha não se misturam. “César Parluto está cuidando da transição política (nesse momento) e eu estou coordenando o andamento da campanha”, disse. “O diretório estadual espera finalizar os trâmites da convenção para efetivar cada um em seu devido lugar”, salientou.

Por causa do processo seletivo, o Novo só lançará candidatos em São Caetano, já que nas outras cidades os pré-candidatos não passaram nas avaliações. Além de Bohm para o Executivo, o Novo pretende lançar, em São Caetano, oito candidatos à vereança. Até o momento apenas dois passaram no processo seletivo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;