Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Fernanda Machado relata perda do útero durante complicações no parto de segundo filho: Tive uma hemorragia



04/06/2020 | 12:11


Fernanda Machado deu à luz ao seu segundo filho com Robert Riskin no último domingo, dia 31. O pequeno Leo veio ao mundo em um parto difícil, como a atriz havia relatado em um primeiro post em seu Instagram. Na última quarta feira, dia 3, ela resolveu explicar através da rede social quais foram as complicações do parto, que resultaram na remoção de seu útero.

Depois de passar por uma geastação complicada, na qual contraiu o vírus Influenza e teve que lidar com a morte do sogro, Ralph Riskin, Fernanda não pode ter o parto normal que desejava. A atriz foi submetida a uma cesárea por conta de sua placenta prévia, condição diagnosticada em fevereiro deste ano e que faz com que o órgão não esteja posicionado como deveria. Ela revelou que, logo após o nascimento de seu filho, teve uma hemorragia interna causada pela proximidade entre a placenta e seu útero:

- Embora eu quisesse muito o parto normal, estou muito grata pela cesárea existir, sem esse procedimento, eu e meu bebê estaríamos em grande risco. Fui para cesárea por conta da placenta prévia e logo após o nascimento do Leo, tive uma hemorragia, a médica descobriu que minha placenta, além de prévia era também acreta, ela cresceu colada na parede do útero, e depois de todas as tentativas para salvar meu útero, perdi muito sangue e a médica me explicou que pra salvar minha vida, ela teria que remover meu útero.

A atriz, que precisou receber uma transfusão de sangue durante o procedimento, relatou também a tristeza em saber que não poderia gerar outro filho, apesar de estar grata pelo sucesso da cirurgia, que garantiu sua saúde e também a de seu bebê:

- Chorei muito só de pensar que nunca mais vou ter outro bebezinho crescendo no meu ventre... Mas ao mesmo tempo estou grata demais por ter tido a chance de ter meus dois tesouros Lucca e Leo. E principalmente pelo baby Leo ter chego cheio de saúde, nos abençoando com tanta alegria e amor!

Fernanda também deixou um extenso agradecimento à equipe médica, ressaltando a profissionalidade com que eles lidaram com a situação, além de todo o carinho e cuidados que recebeu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fernanda Machado relata perda do útero durante complicações no parto de segundo filho: Tive uma hemorragia


04/06/2020 | 12:11


Fernanda Machado deu à luz ao seu segundo filho com Robert Riskin no último domingo, dia 31. O pequeno Leo veio ao mundo em um parto difícil, como a atriz havia relatado em um primeiro post em seu Instagram. Na última quarta feira, dia 3, ela resolveu explicar através da rede social quais foram as complicações do parto, que resultaram na remoção de seu útero.

Depois de passar por uma geastação complicada, na qual contraiu o vírus Influenza e teve que lidar com a morte do sogro, Ralph Riskin, Fernanda não pode ter o parto normal que desejava. A atriz foi submetida a uma cesárea por conta de sua placenta prévia, condição diagnosticada em fevereiro deste ano e que faz com que o órgão não esteja posicionado como deveria. Ela revelou que, logo após o nascimento de seu filho, teve uma hemorragia interna causada pela proximidade entre a placenta e seu útero:

- Embora eu quisesse muito o parto normal, estou muito grata pela cesárea existir, sem esse procedimento, eu e meu bebê estaríamos em grande risco. Fui para cesárea por conta da placenta prévia e logo após o nascimento do Leo, tive uma hemorragia, a médica descobriu que minha placenta, além de prévia era também acreta, ela cresceu colada na parede do útero, e depois de todas as tentativas para salvar meu útero, perdi muito sangue e a médica me explicou que pra salvar minha vida, ela teria que remover meu útero.

A atriz, que precisou receber uma transfusão de sangue durante o procedimento, relatou também a tristeza em saber que não poderia gerar outro filho, apesar de estar grata pelo sucesso da cirurgia, que garantiu sua saúde e também a de seu bebê:

- Chorei muito só de pensar que nunca mais vou ter outro bebezinho crescendo no meu ventre... Mas ao mesmo tempo estou grata demais por ter tido a chance de ter meus dois tesouros Lucca e Leo. E principalmente pelo baby Leo ter chego cheio de saúde, nos abençoando com tanta alegria e amor!

Fernanda também deixou um extenso agradecimento à equipe médica, ressaltando a profissionalidade com que eles lidaram com a situação, além de todo o carinho e cuidados que recebeu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;