Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ministra Marina Silva estará nesta terça-feira em Santo André


Teresa Pimenta
Do Diário do Grande ABC

02/08/2005 | 08:22


A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, estará em Santo André nesta terça-feira para o 15º Encontro Nacional da Anamma (Associação dos Municípios e Meio Ambiente). A abertura acontece a partir das 18h30, no Teatro Municipal de Santo André.

Segundo Sebastião Ney Vaz Júnior, superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e presidente da regional sudeste da Anamma, o principal assunto em pauta será a ampliação da participação das prefeituras no comando de políticas ambientais. "É preciso fortalecer o poder local e descentralizar as ações na área ambiental", disse. "Essa é uma meta do próprio ministério", completou.

Segundo Vaz Júnior, o encontro contabilizava até esta segunda-feira à tarde mais de 500 inscrições, vindas de cerca de 200 municípios. Todas as cidades do Grande ABC inscreveram representantes. Na palestra que abre o evento, às 19h, Marina falará sobre a estruturação dos Sistemas Municipais de Meio Ambiente.

A abertura do encontro contará também com a presença do prefeito de Santo André, João Avamileno (PT), e da presidente da Anamma, Berenice Maria de Paula Almeida, além de representantes da Confederação Nacional dos Municípios e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Para estimular prefeituras a assumir a gestão ambiental, representantes de cidades como Santo André, Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Caxias (RS), Goiânia (GO) e Vitória (ES) vão apresentar exemplos de trabalhos que desenvolvem. "Temos de começar a mostrar para prefeitos e prefeituras que não têm muito acesso a informações o que é possível fazer no âmbito municipal", explicou Vaz Júnior.

Sem a descentralização, questões de impacto local, como micro e pequenas empresas poluidoras, acabam ficando sem solução, segundo Vaz Júnior. Isso acontece porque os governos federal e estadual não têm condições de fiscalizar e regularizar quantidade muito grande de fontes de poluição. "Entra aí o trabalho das prefeituras", concluiu.

O encontro continua nesta quarta-feira, no Clube União Lyra Serrano, em Paranapiacaba. O encerramento está programado para quinta-feira, no Teatro Municipal de Santo André, dia em que também acontece a assembléia-geral da Anamma, com eleição de nova diretoria para mandato de dois anos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;