Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Orlando Filho/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


02/06/2020 | 13:09


O fundo do poço para o mercado de veículos novos no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus parece já ter passado. Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril, que registrou 55,7 mil licenciamentos, de acordo com balanço divulgado nesta terça-feira, 2, pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Na comparação com maio do ano passado, contudo, as vendas ainda despencam, com retração de 74,6%.

De janeiro a maio, o tombo é de 37,7%, com a venda de 675,9 mil veículos, em conta que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Entre os veículos leves, que representaram 90% do mercado em maio, as vendas somaram 56,6 mil unidades, baixa de 75,8% ante igual mês do ano passado, mas alta de 10,8% em relação a abril. No acumulado do ano, são 640,5 mil unidades emplacadas, queda de 38,1% na comparação com igual período de 2019.

No caso dos pesados, o mercado de caminhões registrou 4,7 mil emplacamentos no quinto mês do ano, queda de 48,5% na comparação com igual mês do ano passado, mas com crescimento de 21,1% em relação a abril. No acumulado do ano, são 28,8 mil unidades vendidas, recuo de 26%.

No segmento de ônibus, os emplacamentos somaram 822 unidades, contração de 60,8% em relação a maio do ano passado, mas avanço de 78,7% ante abril. De janeiro a maio, foram vendidas 6,5 mil unidades, recuo de 36,7%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave


02/06/2020 | 13:09


O fundo do poço para o mercado de veículos novos no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus parece já ter passado. Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril, que registrou 55,7 mil licenciamentos, de acordo com balanço divulgado nesta terça-feira, 2, pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Na comparação com maio do ano passado, contudo, as vendas ainda despencam, com retração de 74,6%.

De janeiro a maio, o tombo é de 37,7%, com a venda de 675,9 mil veículos, em conta que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Entre os veículos leves, que representaram 90% do mercado em maio, as vendas somaram 56,6 mil unidades, baixa de 75,8% ante igual mês do ano passado, mas alta de 10,8% em relação a abril. No acumulado do ano, são 640,5 mil unidades emplacadas, queda de 38,1% na comparação com igual período de 2019.

No caso dos pesados, o mercado de caminhões registrou 4,7 mil emplacamentos no quinto mês do ano, queda de 48,5% na comparação com igual mês do ano passado, mas com crescimento de 21,1% em relação a abril. No acumulado do ano, são 28,8 mil unidades vendidas, recuo de 26%.

No segmento de ônibus, os emplacamentos somaram 822 unidades, contração de 60,8% em relação a maio do ano passado, mas avanço de 78,7% ante abril. De janeiro a maio, foram vendidas 6,5 mil unidades, recuo de 36,7%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;