Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Brasil e EUA seguem na liderança em novas mortes por covid-19 em 24h



01/06/2020 | 20:27


Países que lideram há semanas os rankings de novas mortes da covid-19, Brasil e Estados Unidos registraram números mais baixos de mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Foram 623 mortes em solo brasileiro, segundo o Ministério da Saúde, e 696 no território americano, de acordo com o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Há poucos dias, ambos os países registravam mais de mil mortes a cada dia por causa da covid-19. Ainda assim, os países foram os que mais registraram mortes pela covid-19 nesta segunda-feira.

A redução, no entanto, ainda não permite afirmar que esteja havendo uma diminuição na velocidade de contaminação pelo coronavírus. Os números da covid-19 costumam ser menores aos finais de semana e às segundas-feiras, mas aumentam nos outros dias. Isso porque os plantões de final de semana diminuem a quantidade de profissionais da saúde trabalhando, o que pode "represar" os dados, que são divulgados nos dias posteriores.

No total, 29.937 pessoas já perderam suas vidas no Brasil por terem sido contaminadas com o coronavírus. Nos Estados Unidos este número é de 104.396 vítimas.

Em relação às novas contaminações, houve aumento de 12.247 no Brasil e de 26.177 nos Estados Unidos. O acumulado de casos no Brasil é agora de 526.447 e nos Estados Unidos, de 1.787.680. Em casos diários, EUA e Brasil são os dois países que mais registram casos diários desde o dia 28 de abril, segundo a plataforma Our World in Data, vinculada à Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Na Itália, de acordo com a Defesa Civil, houve mais 178 casos de covid-19 identificados nas últimas 24 horas, o menor número desde 26 de fevereiro. O número de mortos cresceu em 60 comparado a ontem, e agora totaliza 33.475 desde o começo da pandemia.

No Reino Unido, que tem o segundo maior número de óbitos pela covid-19, só atrás dos Estados Unidos, foram confirmadas outras 111 mortes nas últimas 24 horas, e também mais 1.570 casos da doença. No total, 39.045 pessoas já morreram no país e 276.332 foram contaminadas. Os dados são do governo britânico.

Na França, o governo informou mais 31 mortes e 338 casos de contaminações. Até o momento, o país registrou 28.833 mortos e 152.091 contaminados.

A Alemanha divulgou nesta segunda-feira que mais 11 pessoas morreram da covid-19 e 333 foram infectadas. O total de mortos no país passou para 8.511 e o de contaminados para 181.815. Os dados são do Instituto Robert Koch.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil e EUA seguem na liderança em novas mortes por covid-19 em 24h


01/06/2020 | 20:27


Países que lideram há semanas os rankings de novas mortes da covid-19, Brasil e Estados Unidos registraram números mais baixos de mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Foram 623 mortes em solo brasileiro, segundo o Ministério da Saúde, e 696 no território americano, de acordo com o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Há poucos dias, ambos os países registravam mais de mil mortes a cada dia por causa da covid-19. Ainda assim, os países foram os que mais registraram mortes pela covid-19 nesta segunda-feira.

A redução, no entanto, ainda não permite afirmar que esteja havendo uma diminuição na velocidade de contaminação pelo coronavírus. Os números da covid-19 costumam ser menores aos finais de semana e às segundas-feiras, mas aumentam nos outros dias. Isso porque os plantões de final de semana diminuem a quantidade de profissionais da saúde trabalhando, o que pode "represar" os dados, que são divulgados nos dias posteriores.

No total, 29.937 pessoas já perderam suas vidas no Brasil por terem sido contaminadas com o coronavírus. Nos Estados Unidos este número é de 104.396 vítimas.

Em relação às novas contaminações, houve aumento de 12.247 no Brasil e de 26.177 nos Estados Unidos. O acumulado de casos no Brasil é agora de 526.447 e nos Estados Unidos, de 1.787.680. Em casos diários, EUA e Brasil são os dois países que mais registram casos diários desde o dia 28 de abril, segundo a plataforma Our World in Data, vinculada à Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Na Itália, de acordo com a Defesa Civil, houve mais 178 casos de covid-19 identificados nas últimas 24 horas, o menor número desde 26 de fevereiro. O número de mortos cresceu em 60 comparado a ontem, e agora totaliza 33.475 desde o começo da pandemia.

No Reino Unido, que tem o segundo maior número de óbitos pela covid-19, só atrás dos Estados Unidos, foram confirmadas outras 111 mortes nas últimas 24 horas, e também mais 1.570 casos da doença. No total, 39.045 pessoas já morreram no país e 276.332 foram contaminadas. Os dados são do governo britânico.

Na França, o governo informou mais 31 mortes e 338 casos de contaminações. Até o momento, o país registrou 28.833 mortos e 152.091 contaminados.

A Alemanha divulgou nesta segunda-feira que mais 11 pessoas morreram da covid-19 e 333 foram infectadas. O total de mortos no país passou para 8.511 e o de contaminados para 181.815. Os dados são do Instituto Robert Koch.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;