Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Times de empresas

Houve época em que a quase totalidade das firmas comerciais e industriais mantinha clubes entre seus funcionários – ou apoiava os times formados espontaneamente pelos colaboradores. Uniformes, bolas e até redes para as traves eram oferecidos. E aqueles personagens escreveram belas páginas nos campos varzeanos hoje quase todos engolidos pelo progresso avassalador dos grandes centros


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

02/06/2020 | 00:30


“Para ficar apenas na Zona Leste, o Sampaio Moreira, do Tatuapé, também foi muito importante.”
Cf. Humberto Sérgio Mariano, Memória, 29-5-2020.


Entre as empresas que mantinham times de futebol estava a Transauto, ‘cegonheira’ pioneira de São Caetano no transporte de veículos produzidos pela indústria automobilística do Grande ABC.


A Transauto, firma, nasceu na Rua Maranhão, em São Caetano, por iniciativa do empresário José Formiga. E no dia em que foi batida esta foto, o Transauto FC estreava seu lindo jogo de camisas, calções e meias. Hoje a Transauto está em Rudge Ramos.


Sururu no Tatuapé
Texto: Luiz Romano
Era 1965. E o Transauto jogou no campo do Sampaio Moreira, no bairro do Tatuapé, em São Paulo. Era um timaço. Jogava muita bola. O fato marcante foi uma grande briga. Só o meu pai (Mário Romano, massagista) não apanhou. O jogo nem chegou ao fim. O time local era conhecido como brigão. Ganhava na bola e no pau.
Nota – Cinquenta e cinco anos se passaram. O Sampaio Moreira permanece firme como clube. Mantém até mesmo um acervo histórico, o que é sempre de se elogiar.
Aqueles jovens da briga descrita pelo Luiz Romano hoje têm idades de homens maduros, a exemplo do time da foto do Transauto, todos com muitas histórias a contar.
Mais de meio século depois não seria o caso de promover uma reaproximação, uma confraternização dos ‘briguentos’ do passado? – claro, logo após o drama da pandemia. A página Memória se oferece como mediadora. Fica a sugestão. E o oferecimento.

Diário há meio século
Terça-feira, 2 de junho de 1970; ano 12; edição 1248
Manchete – Cinco mil mortes na maior tragédia da América
Um violento terremoto sacudiu ontem o Norte do Peru.
Várias cidades ficaram semidestruídas. O terremoto atingiu também algumas cidades do Equador.


Em 2 de junho de...
1920 – O Grupo Escolar de São Caetano, o segundo da região, foi há dias instalado num prédio particular, provisoriamente, até que fique terminado o que deverá servir efetivamente.
Foram matriculados mais de 300 alunos, de ambos os sexos, com 12 classes e em dois períodos.
As várias escolinhas isoladas foram anexadas ao novo grupo. Entre as professoras estavam Alice Lopes e Hilda Pomponeti.
Já no I Grupo Escolar, em Santo André, os alunos eram submetidos a exames regulamentares.
1985 – Refesa (Rede Ferroviária Federal) desmonta o sistema funicular, leiloando o material retirado.
Nota – Destruía-se um verdadeiro patrimônio da humanidade, o equipamento mais nobre do sistema ferroviário da Serra do Mar. O que sobrou, deteriora-se. Ou é roubado.

Hoje
- Festa Nacional da República Italiana. A data marca o referendo da República realizado no País, depois de mais de 80 anos de regime monárquico e 20 de fascismo.

Santos do dia
- Erasmo
- Blandina
- Marcelino e Pedro. Decapitados no ano 304 nos arredores de Roma

Municípios Brasileiros
Celebram aniversários em 2 de junho:
- No Mato Grosso, Guarantã do Norte
- Em Minas Gerais, Resende Costa



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Times de empresas

Houve época em que a quase totalidade das firmas comerciais e industriais mantinha clubes entre seus funcionários – ou apoiava os times formados espontaneamente pelos colaboradores. Uniformes, bolas e até redes para as traves eram oferecidos. E aqueles personagens escreveram belas páginas nos campos varzeanos hoje quase todos engolidos pelo progresso avassalador dos grandes centros

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

02/06/2020 | 00:30


“Para ficar apenas na Zona Leste, o Sampaio Moreira, do Tatuapé, também foi muito importante.”
Cf. Humberto Sérgio Mariano, Memória, 29-5-2020.


Entre as empresas que mantinham times de futebol estava a Transauto, ‘cegonheira’ pioneira de São Caetano no transporte de veículos produzidos pela indústria automobilística do Grande ABC.


A Transauto, firma, nasceu na Rua Maranhão, em São Caetano, por iniciativa do empresário José Formiga. E no dia em que foi batida esta foto, o Transauto FC estreava seu lindo jogo de camisas, calções e meias. Hoje a Transauto está em Rudge Ramos.


Sururu no Tatuapé
Texto: Luiz Romano
Era 1965. E o Transauto jogou no campo do Sampaio Moreira, no bairro do Tatuapé, em São Paulo. Era um timaço. Jogava muita bola. O fato marcante foi uma grande briga. Só o meu pai (Mário Romano, massagista) não apanhou. O jogo nem chegou ao fim. O time local era conhecido como brigão. Ganhava na bola e no pau.
Nota – Cinquenta e cinco anos se passaram. O Sampaio Moreira permanece firme como clube. Mantém até mesmo um acervo histórico, o que é sempre de se elogiar.
Aqueles jovens da briga descrita pelo Luiz Romano hoje têm idades de homens maduros, a exemplo do time da foto do Transauto, todos com muitas histórias a contar.
Mais de meio século depois não seria o caso de promover uma reaproximação, uma confraternização dos ‘briguentos’ do passado? – claro, logo após o drama da pandemia. A página Memória se oferece como mediadora. Fica a sugestão. E o oferecimento.

Diário há meio século
Terça-feira, 2 de junho de 1970; ano 12; edição 1248
Manchete – Cinco mil mortes na maior tragédia da América
Um violento terremoto sacudiu ontem o Norte do Peru.
Várias cidades ficaram semidestruídas. O terremoto atingiu também algumas cidades do Equador.


Em 2 de junho de...
1920 – O Grupo Escolar de São Caetano, o segundo da região, foi há dias instalado num prédio particular, provisoriamente, até que fique terminado o que deverá servir efetivamente.
Foram matriculados mais de 300 alunos, de ambos os sexos, com 12 classes e em dois períodos.
As várias escolinhas isoladas foram anexadas ao novo grupo. Entre as professoras estavam Alice Lopes e Hilda Pomponeti.
Já no I Grupo Escolar, em Santo André, os alunos eram submetidos a exames regulamentares.
1985 – Refesa (Rede Ferroviária Federal) desmonta o sistema funicular, leiloando o material retirado.
Nota – Destruía-se um verdadeiro patrimônio da humanidade, o equipamento mais nobre do sistema ferroviário da Serra do Mar. O que sobrou, deteriora-se. Ou é roubado.

Hoje
- Festa Nacional da República Italiana. A data marca o referendo da República realizado no País, depois de mais de 80 anos de regime monárquico e 20 de fascismo.

Santos do dia
- Erasmo
- Blandina
- Marcelino e Pedro. Decapitados no ano 304 nos arredores de Roma

Municípios Brasileiros
Celebram aniversários em 2 de junho:
- No Mato Grosso, Guarantã do Norte
- Em Minas Gerais, Resende Costa

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;