Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Há escopo limitado para Argentina elevar pagamentos a credor, diz staff do FMI



01/06/2020 | 14:12


O Fundo Monetário Internacional (FMI) emitiu comunicado nesta segunda-feira, no qual trata da situação na Argentina. O staff do FMI avalia que há um "escopo limitado" para aumentar os pagamentos feitos do país a credores privados, em meio a negociações entre Buenos Aires e esses credores.

O FMI diz que seu pessoal preparou uma análise sobre a proposta revisada de reestruturação da dívida das autoridades argentinas, como parte da assistência técnica em curso para o país.

De acordo com o Fundo, a análise demonstra que a proposta revisada de reestruturação da dívida das autoridades argentinas "seria consistente com o restabelecimento da sustentabilidade da dívida com alta probabilidade".

A análise sugere ainda que há "margem limitada" para aumentar os pagamentos aos credores privados e ainda cumprir com os limites de dívida e serviço da dívida estimados pelo pessoal técnico do FMI, diz a nota.

Além disso, o FMI aponta que o quadro é de "incertezas excepcionais", particularmente diante da pandemia de coronavírus, que implica "consideráveis riscos de baixa para as perspectivas econômicas, a posição fiscal e, potencialmente, a capacidade de carga da dívida da Argentina".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Há escopo limitado para Argentina elevar pagamentos a credor, diz staff do FMI


01/06/2020 | 14:12


O Fundo Monetário Internacional (FMI) emitiu comunicado nesta segunda-feira, no qual trata da situação na Argentina. O staff do FMI avalia que há um "escopo limitado" para aumentar os pagamentos feitos do país a credores privados, em meio a negociações entre Buenos Aires e esses credores.

O FMI diz que seu pessoal preparou uma análise sobre a proposta revisada de reestruturação da dívida das autoridades argentinas, como parte da assistência técnica em curso para o país.

De acordo com o Fundo, a análise demonstra que a proposta revisada de reestruturação da dívida das autoridades argentinas "seria consistente com o restabelecimento da sustentabilidade da dívida com alta probabilidade".

A análise sugere ainda que há "margem limitada" para aumentar os pagamentos aos credores privados e ainda cumprir com os limites de dívida e serviço da dívida estimados pelo pessoal técnico do FMI, diz a nota.

Além disso, o FMI aponta que o quadro é de "incertezas excepcionais", particularmente diante da pandemia de coronavírus, que implica "consideráveis riscos de baixa para as perspectivas econômicas, a posição fiscal e, potencialmente, a capacidade de carga da dívida da Argentina".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;