Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vítimas de tsunamis processam autoridades americanas


Da AFP

05/03/2005 | 16:53


Vítimas do maremoto na Ásia apresentaram um processo na Justiça de Nova York, na tarde desta sexta-feira, contra as autoridades americanas e tailandesas e o grupo hoteleiro Accor para que expliquem seu comportamento frente à catástrofe. A informação só foi divulgada neste sábado pelos advogados.

"Mais de 60 denúncias de Áustria, Alemanha, Holanda, Suíça e França pedem à Administração Oceânica e Atmosférica Americana (NOAA – sigla em inglês), em Washington, e ao Centro de Alerta de Maremotos do Pacífico, no Havaí, que esclareçam seu comportamento", diz o comunicado.

Os dois organismos são suspeitos de não terem alertado os países litorâneos do Oceano Índico sobre o tremor de 26 de dezembro, do qual tomaram conhecimento momentos antes, porque estes países não ficam às margens do Pacífico.

A Tailândia é condenada por ter demorado em dar a informação sobre o terremoto e o maremoto. Se o alerta tivesse sido dado imediatamente à população, isto teria permitido a milhares de turistas e moradores se salvar, segundo os advogados.

O grupo hoteleiro francês Accor, através de suas filiais nos Estados Unidos, é acusado de ter informado mal os parentes das vítimas depois da catástrofe, de não ter repatriado alguns corpos e ter construído, com conhecimento, o hotel Sofitel Khao Lak Beach, em Phuket, Tailândia, sobre uma área onde as placas tectônicas colidem.

O advogado americano Ed Fagan esteve nesta sexta-feira no tribunal do distrito sul de Nova York para pedir a "preservação de documentos", como fotos de satélite e comunicações entre a NOAA, a Tailândia e a Indonésia, informou o advogado austríaco Herwig Hasslacher.

O tribunal deverá marcar uma audiência nos 30 dias seguintes e poderá ouvir depoimentos dos sobreviventes do maremoto.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;