Fechar
Publicidade

Domingo, 12 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Grecco no PSDB, o plano B de Kiko


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

30/05/2020 | 00:01


Não faz muito tempo que o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSDB), aglutinou ao governo a influência do ex-prefeito Luiz Carlos Grecco, que foi seu adversário na eleição de 2016 – terminou na terceira posição. Até então, o que se discutia era que Kiko estava limpando terreno entre os adversários na busca de medir forças apenas com o ex-prefeito Clóvis Volpi (PL). Acontece que Grecco se filiou, na véspera do fechamento da janela eleitoral, no PSDB, partido de Kiko. Integrantes da administração acreditam que essa filiação mostra que Kiko tem em Grecco o capitão de um plano B. O atual chefe do Executivo de Ribeirão enfrenta série de problemas jurídicos que podem impedir uma candidatura à reeleição. A alternativa projetada até o momento era o vice-prefeito Gabriel Roncon (PTB). Mas recentes pesquisas de intenções de voto mostram que Grecco larga melhor na eleição, que tende a ser disputada contra Volpi.

Covid
Ex-prefeito de Santo André, Aidan Ravin (Republicanos) está internado no Hospital Christóvão da Gama com Covid-19. Ele passou por bateria de exames e o resultado confirmou a doença. Outros políticos da região já foram diagnosticados com o vírus, como o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), seu vice, Marcelo Lima (PSD), e os vereadores são-bernardenses Aurélio Bacelar de Paula (PSDB) e Alex Mognon (PSDB).

Elian – 1
O retorno de Elian Santana (DEM) à Câmara de Santo André trouxe novas perspectivas para a chapa do DEM na cidade. Até então, dirigentes da legenda estimavam que ela poderia atingir, no máximo, 2.000 votos, já que sua imagem havia sido arranhada devido às denúncias de fraude previdenciária tendo seu gabinete como operador das irregularidades.

Elian – 2
Com o regresso ao mandato e com uma narrativa de vítima, Elian Santana (DEM) pode virar uma das favoritas dentro da chapa democrata na busca por cadeiras na Câmara de Santo André. Até porque na atual configuração da legenda não apresenta nenhum candidato considerado peixe grande, com certeza de abocanhar uma das vagas no Legislativo andreense.

Autores
Entre os políticos da Capital, alguns personagens foram colocados como principais figuras de pressão em cima do governo do Estado para reabertura da atividade econômica em São Paulo. Um deles foi Ricardo Patah, presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo. O setor paulista da Associação Brasileira de Shopping Centers também foi colocada na linha de frente no pleito.

Avaliação
O deputado estadual Campos Machado, presidente estadual do PTB, criticou a decisão do governador João Doria (PSDB) em excluir o Grande ABC da lista de cidades que podem flexibilizar parcialmente a atividade econômica. “Essa decisão precisa ser revista, a não ser que os critérios para tais escolhas sejam apenas políticos, o que é perigoso, do ponto de vista da saúde, quanto da retomada do emprego”, disse o petebista, citando que os números apresentados pela região são melhores que os da Capital, liberada para reabrir. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grecco no PSDB, o plano B de Kiko

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

30/05/2020 | 00:01


Não faz muito tempo que o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSDB), aglutinou ao governo a influência do ex-prefeito Luiz Carlos Grecco, que foi seu adversário na eleição de 2016 – terminou na terceira posição. Até então, o que se discutia era que Kiko estava limpando terreno entre os adversários na busca de medir forças apenas com o ex-prefeito Clóvis Volpi (PL). Acontece que Grecco se filiou, na véspera do fechamento da janela eleitoral, no PSDB, partido de Kiko. Integrantes da administração acreditam que essa filiação mostra que Kiko tem em Grecco o capitão de um plano B. O atual chefe do Executivo de Ribeirão enfrenta série de problemas jurídicos que podem impedir uma candidatura à reeleição. A alternativa projetada até o momento era o vice-prefeito Gabriel Roncon (PTB). Mas recentes pesquisas de intenções de voto mostram que Grecco larga melhor na eleição, que tende a ser disputada contra Volpi.

Covid
Ex-prefeito de Santo André, Aidan Ravin (Republicanos) está internado no Hospital Christóvão da Gama com Covid-19. Ele passou por bateria de exames e o resultado confirmou a doença. Outros políticos da região já foram diagnosticados com o vírus, como o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), seu vice, Marcelo Lima (PSD), e os vereadores são-bernardenses Aurélio Bacelar de Paula (PSDB) e Alex Mognon (PSDB).

Elian – 1
O retorno de Elian Santana (DEM) à Câmara de Santo André trouxe novas perspectivas para a chapa do DEM na cidade. Até então, dirigentes da legenda estimavam que ela poderia atingir, no máximo, 2.000 votos, já que sua imagem havia sido arranhada devido às denúncias de fraude previdenciária tendo seu gabinete como operador das irregularidades.

Elian – 2
Com o regresso ao mandato e com uma narrativa de vítima, Elian Santana (DEM) pode virar uma das favoritas dentro da chapa democrata na busca por cadeiras na Câmara de Santo André. Até porque na atual configuração da legenda não apresenta nenhum candidato considerado peixe grande, com certeza de abocanhar uma das vagas no Legislativo andreense.

Autores
Entre os políticos da Capital, alguns personagens foram colocados como principais figuras de pressão em cima do governo do Estado para reabertura da atividade econômica em São Paulo. Um deles foi Ricardo Patah, presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo. O setor paulista da Associação Brasileira de Shopping Centers também foi colocada na linha de frente no pleito.

Avaliação
O deputado estadual Campos Machado, presidente estadual do PTB, criticou a decisão do governador João Doria (PSDB) em excluir o Grande ABC da lista de cidades que podem flexibilizar parcialmente a atividade econômica. “Essa decisão precisa ser revista, a não ser que os critérios para tais escolhas sejam apenas políticos, o que é perigoso, do ponto de vista da saúde, quanto da retomada do emprego”, disse o petebista, citando que os números apresentados pela região são melhores que os da Capital, liberada para reabrir. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;