Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Alan ganha vaga entre os profissionais numa lan house


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

10/01/2007 | 22:20


Entre um treino e outro, Alan é um garoto de 18 anos que curte a vida como qualquer adolescente. Usa o tempo livre para curtir os amigos, ir ao cinema e se divertir na lan house (casa de jogos). Foi num dia de folga que ele ficou sabendo que estava relacionado pelo técnico Dorival Júnior para integrar o elenco profissional do São Caetano em 2007. “Ninguém me avisou. Estava numa lan house, entrei na internet e vi meu nome no site oficial do clube”, contou o meia, que hoje enfrenta o São Bernardo pela Copa São Paulo de Juniores.

Alan figura entre o elenco profissional. Seus dados já estão disponíveis no site, ao lado de Somália, Val Baiano e Luiz Henrique. “No lugar da foto está o escudo do São Caetano. Mas vou pedir para o pessoal colocar minha foto lá. Preciso dessa força”, disse, descontraído.

O jogador participou da campanha do Azulão no último Campeonato Brasileiro, em que a equipe acabou rebaixada. Entrou contra Internacional e Flamengo. Na sua opinião, o clube preferiu deixar para o final da Copinha o anúncio de que estaria entre os profissionais em 2007. “Se eles avisam antes, pode haver um relaxamento do jogador. Mas, para mim, isso não importa. Vou dar o máximo para ajudar o time na Copa São Paulo.”

Assim como seus companheiros, Alan tem uma motivação extra para esta tarde, em que o time encara o São Bernardo. “O jogo terá transmitido pela televisão (Sportv 2, às 14h). É a hora de o jogador mostrar seu valor para o mundo, ganhar visibilidade”, afirmou o meia.

SOB PRESSÃO
Além de Alan, outros jogadores estão sendo observados pela comissão técnica do Azulão. Fernando Gabriel, que já atuou entre os profissionais, e Patrik, de apenas 16 anos e com experiência de treinamento no Arsenal (Inglaterra), têm a responsabilidade de levar a equipe pela primeira vez à segunda fase da Copinha. “É o momento de cobrar, mas com cuidado. Preciso passar equilíbrio e conforto a esses jogadores, que ainda são meninos”, explicou o técnico dos Juniores, Ivan Baitello.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alan ganha vaga entre os profissionais numa lan house

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

10/01/2007 | 22:20


Entre um treino e outro, Alan é um garoto de 18 anos que curte a vida como qualquer adolescente. Usa o tempo livre para curtir os amigos, ir ao cinema e se divertir na lan house (casa de jogos). Foi num dia de folga que ele ficou sabendo que estava relacionado pelo técnico Dorival Júnior para integrar o elenco profissional do São Caetano em 2007. “Ninguém me avisou. Estava numa lan house, entrei na internet e vi meu nome no site oficial do clube”, contou o meia, que hoje enfrenta o São Bernardo pela Copa São Paulo de Juniores.

Alan figura entre o elenco profissional. Seus dados já estão disponíveis no site, ao lado de Somália, Val Baiano e Luiz Henrique. “No lugar da foto está o escudo do São Caetano. Mas vou pedir para o pessoal colocar minha foto lá. Preciso dessa força”, disse, descontraído.

O jogador participou da campanha do Azulão no último Campeonato Brasileiro, em que a equipe acabou rebaixada. Entrou contra Internacional e Flamengo. Na sua opinião, o clube preferiu deixar para o final da Copinha o anúncio de que estaria entre os profissionais em 2007. “Se eles avisam antes, pode haver um relaxamento do jogador. Mas, para mim, isso não importa. Vou dar o máximo para ajudar o time na Copa São Paulo.”

Assim como seus companheiros, Alan tem uma motivação extra para esta tarde, em que o time encara o São Bernardo. “O jogo terá transmitido pela televisão (Sportv 2, às 14h). É a hora de o jogador mostrar seu valor para o mundo, ganhar visibilidade”, afirmou o meia.

SOB PRESSÃO
Além de Alan, outros jogadores estão sendo observados pela comissão técnica do Azulão. Fernando Gabriel, que já atuou entre os profissionais, e Patrik, de apenas 16 anos e com experiência de treinamento no Arsenal (Inglaterra), têm a responsabilidade de levar a equipe pela primeira vez à segunda fase da Copinha. “É o momento de cobrar, mas com cuidado. Preciso passar equilíbrio e conforto a esses jogadores, que ainda são meninos”, explicou o técnico dos Juniores, Ivan Baitello.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;