Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 13 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC acumula 530 mortes por Covid

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Região conta ainda com 6.133 infectados; Brasil volta a superar marca de 1.000 óbitos em 24 horas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

28/05/2020 | 00:01


O Grande ABC segue acumulando baixas causadas pela Covid-19. Após superar 500 mortes em dois meses de pandemia, na terça-feira, a região acrescentou à conta ontem mais 18 óbitos, com total de 530 pessoas que perderam a vida para a doença nas sete cidades.

Apenas Ribeirão Pires não informou mortes ontem, permanecendo com 14. O maior número continua sendo em São Bernardo, com 194, sendo quatro registrados nas últimas 24 horas. Santo André já acumula 138 baixas, com novas três perdas informadas. Diadema, que chegou a 84, e Mauá, com 57, tiveram quatro mortes ontem. Por fim, São Caetano, com mais um óbito, chegou a 36 e Rio Grande da Serra, com mais dois, foi a sete.

O Grande ABC alcançou ontem 6.133 pessoas contaminadas pela doença. O número pode ser bem maior, já que 13.088 munícipes ainda aguardam o resultado dos exames. A boa notícia é que 2.254 moradores já estão livres da Covid-19 em toda a região.

Estado mais afetado pelo novo coronavírus no Brasil, São Paulo tem 6.712 mortes pela Covid-19 e 89.483 pessoas infectadas, segundo informações divulgadas ontem pelo governo. Nas últimas 24 horas, foram registrados 289 novos óbitos e 3.466 casos confirmados. Na terça-feira, o Estado ultrapassou a China em número de diagnosticados, uma vez que, naquele momento, o país asiático contava com 84.102 casos, de acordo com dados da Universidade John Hopkins.

Depois de viver uma interiorização da pandemia ao longo do tempo, São Paulo tem, pelo menos, um caso em 515 cidades dos seus 645 municípios, das quais 251 tiveram, no mínimo, uma morte causada pela Covid-19. O governo informa que há 12,3 mil pessoas internadas no Estado, sendo 4.686 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 7.707 em enfermaria.

Já o Brasil contabilizou 1.086 novas mortes nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 25.598, segundo o Ministério da Saúde. De ontem para hoje, houve registro de 20.599 novos casos de infecção pelo novo coronavírus e agora são 411.821 pessoas contaminadas, sendo registrados mais de 100 mil novos casos em menos de uma semana. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC acumula 530 mortes por Covid

Região conta ainda com 6.133 infectados; Brasil volta a superar marca de 1.000 óbitos em 24 horas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

28/05/2020 | 00:01


O Grande ABC segue acumulando baixas causadas pela Covid-19. Após superar 500 mortes em dois meses de pandemia, na terça-feira, a região acrescentou à conta ontem mais 18 óbitos, com total de 530 pessoas que perderam a vida para a doença nas sete cidades.

Apenas Ribeirão Pires não informou mortes ontem, permanecendo com 14. O maior número continua sendo em São Bernardo, com 194, sendo quatro registrados nas últimas 24 horas. Santo André já acumula 138 baixas, com novas três perdas informadas. Diadema, que chegou a 84, e Mauá, com 57, tiveram quatro mortes ontem. Por fim, São Caetano, com mais um óbito, chegou a 36 e Rio Grande da Serra, com mais dois, foi a sete.

O Grande ABC alcançou ontem 6.133 pessoas contaminadas pela doença. O número pode ser bem maior, já que 13.088 munícipes ainda aguardam o resultado dos exames. A boa notícia é que 2.254 moradores já estão livres da Covid-19 em toda a região.

Estado mais afetado pelo novo coronavírus no Brasil, São Paulo tem 6.712 mortes pela Covid-19 e 89.483 pessoas infectadas, segundo informações divulgadas ontem pelo governo. Nas últimas 24 horas, foram registrados 289 novos óbitos e 3.466 casos confirmados. Na terça-feira, o Estado ultrapassou a China em número de diagnosticados, uma vez que, naquele momento, o país asiático contava com 84.102 casos, de acordo com dados da Universidade John Hopkins.

Depois de viver uma interiorização da pandemia ao longo do tempo, São Paulo tem, pelo menos, um caso em 515 cidades dos seus 645 municípios, das quais 251 tiveram, no mínimo, uma morte causada pela Covid-19. O governo informa que há 12,3 mil pessoas internadas no Estado, sendo 4.686 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 7.707 em enfermaria.

Já o Brasil contabilizou 1.086 novas mortes nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 25.598, segundo o Ministério da Saúde. De ontem para hoje, houve registro de 20.599 novos casos de infecção pelo novo coronavírus e agora são 411.821 pessoas contaminadas, sendo registrados mais de 100 mil novos casos em menos de uma semana. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;