Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Estados Unidos chegam a 100 mil mortos pela Covid-19

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


27/05/2020 | 19:33


Os Estados Unidos chegaram nesta quarta-feira, 27, à marca de mais de 100 mil vítimas da covid-19. O país é o que mais registra casos da doença causada pelo novo coronavírus e também o que mais soma mortes em decorrência das contaminações. Segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, às 19h de hoje eram 100.047 mortos em decorrência da covid-19 nos Estados Unidos. O segundo país com mais óbitos é o Reino Unido, com 37.542 vítimas fatais do coronavírus.

Nos dados divulgados no fim da tarde de hoje pelo Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) americano, eram 99.031 óbitos, 770 a mais do que ontem. O total de infectados no país é de 1.678.843, segundo o CDC, e de 1.695.776 segundo a Johns Hopkins.

A marca de 100 mil mortes foi atingida 91 dias depois da primeira morte registrada pela covid-19 nos Estados Unidos, ocorrida em Seattle, no Estado de Washington, em 26 de fevereiro. Posteriormente, outros estudos passaram a indicar mortes por covid-19 que teriam acontecido em 6 de fevereiro, o que faria o espaço temporal entre a primeira morte e o marco de 100 mil óbitos aumentar para 111 dias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estados Unidos chegam a 100 mil mortos pela Covid-19


27/05/2020 | 19:33


Os Estados Unidos chegaram nesta quarta-feira, 27, à marca de mais de 100 mil vítimas da covid-19. O país é o que mais registra casos da doença causada pelo novo coronavírus e também o que mais soma mortes em decorrência das contaminações. Segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, às 19h de hoje eram 100.047 mortos em decorrência da covid-19 nos Estados Unidos. O segundo país com mais óbitos é o Reino Unido, com 37.542 vítimas fatais do coronavírus.

Nos dados divulgados no fim da tarde de hoje pelo Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) americano, eram 99.031 óbitos, 770 a mais do que ontem. O total de infectados no país é de 1.678.843, segundo o CDC, e de 1.695.776 segundo a Johns Hopkins.

A marca de 100 mil mortes foi atingida 91 dias depois da primeira morte registrada pela covid-19 nos Estados Unidos, ocorrida em Seattle, no Estado de Washington, em 26 de fevereiro. Posteriormente, outros estudos passaram a indicar mortes por covid-19 que teriam acontecido em 6 de fevereiro, o que faria o espaço temporal entre a primeira morte e o marco de 100 mil óbitos aumentar para 111 dias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;