Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC chega a 476 mortes e ultrapassa marca de 5.000 infectados

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estado rompe barreira das 6.000 óbitos; Brasil registra mais 965 perdas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

23/05/2020 | 22:52


O Grande ABC se aproxima da 500ª vítima fatal da Covid. Com os dados de ontem – exceção feita a Mauá, que não divulgou o boletim pelo segundo dia consecutivo –, as seis cidades acumulam 476 perdas, com seis novos registros em Diadema, que chegou a 77, quatro em São Bernardo (177) e dois em Santo André (124). São Caetano (33), Ribeirão Pires (11) – que completou uma semana sem óbitos – e Rio Grande da Serra (cinco) não relataram mortes. Mauá tinha 49 vítimas na quinta-feira.

Em relação aos casos, a região ultrapassou 5.000 contaminados, com 5.092 pessoas que lutam ou lutaram contra a doença, já que as sete cidades acumulam 2.008 munícipes recuperados.

No Estado já são 6.045 vidas levadas pela Covid, conta que teve acréscimo de 272 registros apenas nas últimas 24 horas. Além disso, são 80.558 casos confirmados da doença em 505 dos 645 municípios. Destes, 236 tiveram pelo menos uma vítima fatal.

Preocupação constante das autoridades de saúde, a ocupação dos leitos públicos segue pressionando o governador João Doria (PSDB) a decretar lockdown (bloqueio total). Ontem, eram 11,9 mil pacientes internados no Estado, sendo 4.674 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e 7.242 em enfermaria. A taxa de ocupação das acomodações de emergência reservadas exclusivamente para atendimento da Covid era de 73,7% no Estado e 89,2% na Grande São Paulo, onde está inserido o Grande ABC. Por outro lado, já ocorreram 15.981 altas de pacientes na rede estadual de saúde.

A situação também é dramática no restante do Brasil, que computou ontem mais 965 mortes, o que aumenta o total de óbitos pela doença para 22.013 no País, segundo balanço do Ministério da Saúde. Foram registrados também 16.508 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, com total de 347.398 pessoas contaminadas.

Com esses números expressivos, o Brasil segue na segunda posição entre as nações com mais casos de Covid no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que acumula mais de 1,6 milhão de infectados.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC chega a 476 mortes e ultrapassa marca de 5.000 infectados

Estado rompe barreira das 6.000 óbitos; Brasil registra mais 965 perdas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

23/05/2020 | 22:52


O Grande ABC se aproxima da 500ª vítima fatal da Covid. Com os dados de ontem – exceção feita a Mauá, que não divulgou o boletim pelo segundo dia consecutivo –, as seis cidades acumulam 476 perdas, com seis novos registros em Diadema, que chegou a 77, quatro em São Bernardo (177) e dois em Santo André (124). São Caetano (33), Ribeirão Pires (11) – que completou uma semana sem óbitos – e Rio Grande da Serra (cinco) não relataram mortes. Mauá tinha 49 vítimas na quinta-feira.

Em relação aos casos, a região ultrapassou 5.000 contaminados, com 5.092 pessoas que lutam ou lutaram contra a doença, já que as sete cidades acumulam 2.008 munícipes recuperados.

No Estado já são 6.045 vidas levadas pela Covid, conta que teve acréscimo de 272 registros apenas nas últimas 24 horas. Além disso, são 80.558 casos confirmados da doença em 505 dos 645 municípios. Destes, 236 tiveram pelo menos uma vítima fatal.

Preocupação constante das autoridades de saúde, a ocupação dos leitos públicos segue pressionando o governador João Doria (PSDB) a decretar lockdown (bloqueio total). Ontem, eram 11,9 mil pacientes internados no Estado, sendo 4.674 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e 7.242 em enfermaria. A taxa de ocupação das acomodações de emergência reservadas exclusivamente para atendimento da Covid era de 73,7% no Estado e 89,2% na Grande São Paulo, onde está inserido o Grande ABC. Por outro lado, já ocorreram 15.981 altas de pacientes na rede estadual de saúde.

A situação também é dramática no restante do Brasil, que computou ontem mais 965 mortes, o que aumenta o total de óbitos pela doença para 22.013 no País, segundo balanço do Ministério da Saúde. Foram registrados também 16.508 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, com total de 347.398 pessoas contaminadas.

Com esses números expressivos, o Brasil segue na segunda posição entre as nações com mais casos de Covid no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que acumula mais de 1,6 milhão de infectados.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;