Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Naomi Osaka ganha R$ 206 milhões e é a atleta mais bem paga no período de um ano



22/05/2020 | 18:35


Com o faturamento de US$ 37,4 milhões (cerca de R$ 206 milhões) em 2019, entre premiações, patrocínios e bônus, a tenista japonesa Naomi Osaka se tornou a atleta mais bem paga na história, no período de um ano, de acordo com a revista Forbes. A lista completa será divulgada na próxima semana.

Com este rendimento, Osaka, campeã do Aberto dos Estados Unidos em 2018 e do Aberto as Austrália em 2019, superou a norte-americana Serena Williams, que ganhou US$ 36 milhões em 2016. No ano anterior, a russa Maria Sharapova acumulou US$ 29,7 milhões.

Ex-primeira do ranking mundial, Osaka é a 29.ª colocada na lista dos 100 atletas mais bem pagos do ano passado, que só aponta outra mulher, Serena Williams, em 33.º lugar, confirmando a grande desigualdade nos valores da premiação entre homens e mulheres.

Antes de completar 16 anos, Naomi Osaka estreou no tênis profissional em 2014 e logo alcançou um lugar entre as 40 melhores do mundo. Atualmente, a atleta possui contratos com 15 grandes marcas internacionais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Naomi Osaka ganha R$ 206 milhões e é a atleta mais bem paga no período de um ano


22/05/2020 | 18:35


Com o faturamento de US$ 37,4 milhões (cerca de R$ 206 milhões) em 2019, entre premiações, patrocínios e bônus, a tenista japonesa Naomi Osaka se tornou a atleta mais bem paga na história, no período de um ano, de acordo com a revista Forbes. A lista completa será divulgada na próxima semana.

Com este rendimento, Osaka, campeã do Aberto dos Estados Unidos em 2018 e do Aberto as Austrália em 2019, superou a norte-americana Serena Williams, que ganhou US$ 36 milhões em 2016. No ano anterior, a russa Maria Sharapova acumulou US$ 29,7 milhões.

Ex-primeira do ranking mundial, Osaka é a 29.ª colocada na lista dos 100 atletas mais bem pagos do ano passado, que só aponta outra mulher, Serena Williams, em 33.º lugar, confirmando a grande desigualdade nos valores da premiação entre homens e mulheres.

Antes de completar 16 anos, Naomi Osaka estreou no tênis profissional em 2014 e logo alcançou um lugar entre as 40 melhores do mundo. Atualmente, a atleta possui contratos com 15 grandes marcas internacionais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;