Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

O Grande ABC unido contra o novo coronavírus

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

22/05/2020 | 09:59


O novo coronavírus apareceu na China, em dezembro do ano passado, e se espalhou por todo o planeta. No Grande ABC, os primeiros casos foram detectados em 15 de março, em um casal de turistas que voltou da Europa com sinais da doença. Desde então, vários foram as ocorrências e também os óbitos causados pelo vírus. Da mesma forma, foram inúmeras as providências tomadas pelas prefeituras, sob a coordenação do Consórcio Intermunicipal Grande ABC. Desde a redução do transporte público até a antecipação do feriado de Corpus Christi, sempre com objetivo de manter as pessoas em casa. O isolamento social é a melhor maneira de evitar a contaminação em massa. Todas as sete cidades que compõem o Grande ABC se mobilizaram e investiram em ações de enfrentamento à pandemia. Se cada um fizer a sua parte, será mais fácil vencer esta guerra.

Conheça os tipos de testes para Covid
São dois os tipos mais comuns de exames para a comprovação da Covid-19. O primeiro é o RT-PCR, realizado por meio de coleta de secreções nasais ou da garganta. Este método detecta a presença do vírus no organismo. O segundo é o teste rápido, feito por meio da coleta de sangue. Análise demonstra os anticorpos quando o paciente tem a doença recente e também se teve contato anterior.

Cuidados intensivos
As cidades do Grande ABC não têm medido esforços para cuidar das pessoas que estão infectadas pelo coronavírus. Santo André, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires montaram hospitais de campanha. São Bernardo adaptou o Hospital de Urgência para atender os pacientes da Covid-19. Diadema reservou espaço exclusivo no Hospital Municipal. Rio Grande da Serra adotou medidas sanitárias.

Fake News mata... Evite o contágio!
Uma das formas de combater o novo coronavírus é não compartilhar informações falsas. Pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 85% das mensagens que circulam em redes sociais sobre a Covid-19 são fake news. Na maioria das vezes as pessoas repassam tais ‘informações’ com intuito de ajudar. Entretanto, ingenuamente, acabam gerando danos ainda maiores e causando pânico.
Desconfie sempre!

Exemplos de Fake News coletadas no site do Ministério da Saúde:

> Beber água de 15 em 15 minutos e fazer gargarejo com água morna, sal e vinagre previne coronavírus. 

> Chá de limão com bicarbonato quente cura coronavírus.

> Vitamina C cura coronavírus, que veio dos animais. Água com limão cura câncer.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O Grande ABC unido contra o novo coronavírus

Do Diário do Grande ABC

22/05/2020 | 09:59


O novo coronavírus apareceu na China, em dezembro do ano passado, e se espalhou por todo o planeta. No Grande ABC, os primeiros casos foram detectados em 15 de março, em um casal de turistas que voltou da Europa com sinais da doença. Desde então, vários foram as ocorrências e também os óbitos causados pelo vírus. Da mesma forma, foram inúmeras as providências tomadas pelas prefeituras, sob a coordenação do Consórcio Intermunicipal Grande ABC. Desde a redução do transporte público até a antecipação do feriado de Corpus Christi, sempre com objetivo de manter as pessoas em casa. O isolamento social é a melhor maneira de evitar a contaminação em massa. Todas as sete cidades que compõem o Grande ABC se mobilizaram e investiram em ações de enfrentamento à pandemia. Se cada um fizer a sua parte, será mais fácil vencer esta guerra.

Conheça os tipos de testes para Covid
São dois os tipos mais comuns de exames para a comprovação da Covid-19. O primeiro é o RT-PCR, realizado por meio de coleta de secreções nasais ou da garganta. Este método detecta a presença do vírus no organismo. O segundo é o teste rápido, feito por meio da coleta de sangue. Análise demonstra os anticorpos quando o paciente tem a doença recente e também se teve contato anterior.

Cuidados intensivos
As cidades do Grande ABC não têm medido esforços para cuidar das pessoas que estão infectadas pelo coronavírus. Santo André, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires montaram hospitais de campanha. São Bernardo adaptou o Hospital de Urgência para atender os pacientes da Covid-19. Diadema reservou espaço exclusivo no Hospital Municipal. Rio Grande da Serra adotou medidas sanitárias.

Fake News mata... Evite o contágio!
Uma das formas de combater o novo coronavírus é não compartilhar informações falsas. Pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 85% das mensagens que circulam em redes sociais sobre a Covid-19 são fake news. Na maioria das vezes as pessoas repassam tais ‘informações’ com intuito de ajudar. Entretanto, ingenuamente, acabam gerando danos ainda maiores e causando pânico.
Desconfie sempre!

Exemplos de Fake News coletadas no site do Ministério da Saúde:

> Beber água de 15 em 15 minutos e fazer gargarejo com água morna, sal e vinagre previne coronavírus. 

> Chá de limão com bicarbonato quente cura coronavírus.

> Vitamina C cura coronavírus, que veio dos animais. Água com limão cura câncer.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;