Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Avião com ao menos 99 pessoas cai em área residencial em Karachi, no Paquistão

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Acidente ocorre alguns dias após o país permitir a retomada dos voos comerciais, em meio à pandemia do novo coronavírus



22/05/2020 | 08:49


Um avião da Pakistan International Airlines que transportava mais de 100 pessoas e ia de Lahore para o Aeroporto Internacional de Jinnah, um dos mais movimentados do Paquistão, caiu em um bairro residencial em Karachi. A cidade é a mais populosa do Paquistão, capital da província de Sinde, no Sul do país, com cerca de 15 milhões de habitantes.

"O avião caiu em Karachi. Estamos tentando confirmar o número de passageiros, mas inicialmente seriam 91 passageiros e oito tripulantes", disse Abdul Sattar Khokhar, porta-voz da empresa aérea.

Segundo ele, o voo PK8303 decolou de Lahore e deveria pousar às 14h30 (horário local) em Karachi, mas desapareceu do radar.

O acidente ocorre alguns dias após o país permitir a retomada dos voos comerciais, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Fotos compartilhadas nas redes sociais mostram fumaça subindo do local do acidente. O avião danificou os telhados de algumas casas antes de cair e explodir em chamas. Os serviços de emergência já chegaram ao local.

Histórico de acidentes

O Paquistão tem um histórico de acidentes aéreos. Em 2010, uma aeronave operada pela companhia aérea privada Airblue caiu perto de Islamabad, matando todas as 152 pessoas a bordo (desastre aéreo com mais mortes da História do país).

Em 2012, um Boeing 737-200 operado pela Bhoja Air, do Paquistão, caiu devido ao mau tempo, em Rawalpindi, matando todos os 121 passageiros e seis tripulantes.

E em 2016, um avião da Pakistan International Airlines pegou fogo enquanto voava do Norte do Paquistão para Islamabad, matando 47 pessoas. COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Avião com ao menos 99 pessoas cai em área residencial em Karachi, no Paquistão

Acidente ocorre alguns dias após o país permitir a retomada dos voos comerciais, em meio à pandemia do novo coronavírus


22/05/2020 | 08:49


Um avião da Pakistan International Airlines que transportava mais de 100 pessoas e ia de Lahore para o Aeroporto Internacional de Jinnah, um dos mais movimentados do Paquistão, caiu em um bairro residencial em Karachi. A cidade é a mais populosa do Paquistão, capital da província de Sinde, no Sul do país, com cerca de 15 milhões de habitantes.

"O avião caiu em Karachi. Estamos tentando confirmar o número de passageiros, mas inicialmente seriam 91 passageiros e oito tripulantes", disse Abdul Sattar Khokhar, porta-voz da empresa aérea.

Segundo ele, o voo PK8303 decolou de Lahore e deveria pousar às 14h30 (horário local) em Karachi, mas desapareceu do radar.

O acidente ocorre alguns dias após o país permitir a retomada dos voos comerciais, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Fotos compartilhadas nas redes sociais mostram fumaça subindo do local do acidente. O avião danificou os telhados de algumas casas antes de cair e explodir em chamas. Os serviços de emergência já chegaram ao local.

Histórico de acidentes

O Paquistão tem um histórico de acidentes aéreos. Em 2010, uma aeronave operada pela companhia aérea privada Airblue caiu perto de Islamabad, matando todas as 152 pessoas a bordo (desastre aéreo com mais mortes da História do país).

Em 2012, um Boeing 737-200 operado pela Bhoja Air, do Paquistão, caiu devido ao mau tempo, em Rawalpindi, matando todos os 121 passageiros e seis tripulantes.

E em 2016, um avião da Pakistan International Airlines pegou fogo enquanto voava do Norte do Paquistão para Islamabad, matando 47 pessoas. COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;