Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

PM intensifica ações de combate aos pancadões no feriado prolongado

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Medida é incentivada por reportagem do Diário, que mostrou queixa da população


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

21/05/2020 | 23:47


A PM (Polícia Militar) do Grande ABC vai intensificar as ações de orientação e combate aos pancadões – baladas informais organizadas em vias públicas com aglomeração de pessoas e veículos com som alto – hoje, no feriado antecipado de Corpus Christi. A ação foi incentivada por reportagem do Diário, que mostrou no dia 11 de maio que, mesmo em meio à quarentena, as queixas da população com relação às festas persistem. Santo André e Diadema registraram, entre 17 de março e 4 de maio, 173 denúncias. O alerta do jornal, mostrando o apelo da população, é um dos fatores que levaram a PM a atuar de forma preventiva.

O objetivo da antecipação do feriado, que seria celebrado dia 11 de junho, é reduzir o número de pessoas circulando pelas cidades. Assim, a ação tenta evitar que a pausa seja pretexto para aglomerações. Para isso, a Polícia Militar vai realizar nos próximos dias ações e bloqueios em todos os municípios.

De acordo com o comandante do CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana 6), o coronel Renato Nery Machado, Santo André, São Bernardo e Diadema são os municípios da região que têm apresentado maior número de ocorrências dessa natureza. Os pancadões são proibidos por legislação estadual e municipais.

Segundo o comandante, as ações têm caráter preventivo e de orientação. “Temos tido dias bonitos e, apesar das temperaturas já estarem mais baixas, tem sido comum ver jovens reunidos e é isso que queremos evitar”, pontuou.

O comandante relatou que a PM conta com mapeamento dos locais onde acontecem os chamados pancadões e a ideia é atuar de maneira antecipada, não apenas nestes pontos, mas em diversas áreas do Grande ABC. “Na base da orientação e do convencimento, vamos lembrar que este não é o momento de as pessoas estarem neste tipo de atividade”, completou.

Nery lembrou que tem sido grande a reivindicação das pessoas que precisam voltar ao trabalho e, ao mesmo tempo que aconselha paciência à população, pede que todos tenham consciência social. “É legítimo que quem precise garantir o seu sustento saia de casa, mas sabemos que muitas pessoas poderiam colaborar para o isolamento”, justificou. “Depois é fácil reclamar do poder público, da falta de leitos para atendimento dos pacientes, quando estas pessoas não estão colaborando”, concluiu.

Nery destacou que, embora as festas irregulares sejam organizadas pelas redes sociais e muitas vezes mudem de local com a chegada da polícia, a adoção de atuações no sentido de se antecipar às reuniões e a comunicação por meio do alto- falante das viaturas têm resultado na dispersão eficiente das atividades. “Não temos tido ações de cunho negativo nem de afronta à autoridade policial. Mas são jovens que precisam entender que este não é o momento para nenhum tipo de reunião”, finalizou.


Covid tira 39 policiais das atividades

O efetivo da Polícia Militar que atua no Grande ABC já tem 39 integrantes fora de combate pela Covid-19. De acordo com o comandante do CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana 6), o coronel Renato Nery Machado, dois deles chegaram a ser hospitalizados em São Bernardo.

Até ontem, 33 policiais estavam afastados de suas funções, mas a previsão é que 21 deles retornam ao trabalho na próxima semana.

Ontem, a Prefeitura de Santo André começou a testar todos os policiais militares que atuam na cidade em busca de identificar possíveis contaminações. Até a semana que vem serão examinados cerca de 1.200 integrantes da corporação. Neste primeiro dia, só a escola de soldados levou 90 alunos para serem testados.

A Secretaria de Saúde de Santo André não informou quantos policiais foram testados ontem nem quantos tiveram resultado positivo. Os trabalhos prosseguem hoje.

São Bernardo não tem número exclusivo de policiais testados. Eles foram submetidos aos exames com profissionais de saúde e trabalhadores da segurança. No total, 8.595 pessoas foram testados e aproximadamente 850, ou seja, 10%, apresentaram resultado positivo para a Covid-19.

Em São Caetano, GCMs (Guardas-Civis Municipais), policiais, bombeiros e agentes da Defesa Civil são testados desde abril. Já foram feitos 700 exames, mas por questões estratégicas a Prefeitura não revelou quantos deram positivo.

Diadema informou que a testagem é feita em profissionais de segurança pública, mas não divulgou número de exames realizados. Em Ribeirão Pires, a categoria ainda não está sendo testada. Mauá e Rio Grande da Serra não responderam até o fechamento desta edição.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PM intensifica ações de combate aos pancadões no feriado prolongado

Medida é incentivada por reportagem do Diário, que mostrou queixa da população

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

21/05/2020 | 23:47


A PM (Polícia Militar) do Grande ABC vai intensificar as ações de orientação e combate aos pancadões – baladas informais organizadas em vias públicas com aglomeração de pessoas e veículos com som alto – hoje, no feriado antecipado de Corpus Christi. A ação foi incentivada por reportagem do Diário, que mostrou no dia 11 de maio que, mesmo em meio à quarentena, as queixas da população com relação às festas persistem. Santo André e Diadema registraram, entre 17 de março e 4 de maio, 173 denúncias. O alerta do jornal, mostrando o apelo da população, é um dos fatores que levaram a PM a atuar de forma preventiva.

O objetivo da antecipação do feriado, que seria celebrado dia 11 de junho, é reduzir o número de pessoas circulando pelas cidades. Assim, a ação tenta evitar que a pausa seja pretexto para aglomerações. Para isso, a Polícia Militar vai realizar nos próximos dias ações e bloqueios em todos os municípios.

De acordo com o comandante do CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana 6), o coronel Renato Nery Machado, Santo André, São Bernardo e Diadema são os municípios da região que têm apresentado maior número de ocorrências dessa natureza. Os pancadões são proibidos por legislação estadual e municipais.

Segundo o comandante, as ações têm caráter preventivo e de orientação. “Temos tido dias bonitos e, apesar das temperaturas já estarem mais baixas, tem sido comum ver jovens reunidos e é isso que queremos evitar”, pontuou.

O comandante relatou que a PM conta com mapeamento dos locais onde acontecem os chamados pancadões e a ideia é atuar de maneira antecipada, não apenas nestes pontos, mas em diversas áreas do Grande ABC. “Na base da orientação e do convencimento, vamos lembrar que este não é o momento de as pessoas estarem neste tipo de atividade”, completou.

Nery lembrou que tem sido grande a reivindicação das pessoas que precisam voltar ao trabalho e, ao mesmo tempo que aconselha paciência à população, pede que todos tenham consciência social. “É legítimo que quem precise garantir o seu sustento saia de casa, mas sabemos que muitas pessoas poderiam colaborar para o isolamento”, justificou. “Depois é fácil reclamar do poder público, da falta de leitos para atendimento dos pacientes, quando estas pessoas não estão colaborando”, concluiu.

Nery destacou que, embora as festas irregulares sejam organizadas pelas redes sociais e muitas vezes mudem de local com a chegada da polícia, a adoção de atuações no sentido de se antecipar às reuniões e a comunicação por meio do alto- falante das viaturas têm resultado na dispersão eficiente das atividades. “Não temos tido ações de cunho negativo nem de afronta à autoridade policial. Mas são jovens que precisam entender que este não é o momento para nenhum tipo de reunião”, finalizou.


Covid tira 39 policiais das atividades

O efetivo da Polícia Militar que atua no Grande ABC já tem 39 integrantes fora de combate pela Covid-19. De acordo com o comandante do CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana 6), o coronel Renato Nery Machado, dois deles chegaram a ser hospitalizados em São Bernardo.

Até ontem, 33 policiais estavam afastados de suas funções, mas a previsão é que 21 deles retornam ao trabalho na próxima semana.

Ontem, a Prefeitura de Santo André começou a testar todos os policiais militares que atuam na cidade em busca de identificar possíveis contaminações. Até a semana que vem serão examinados cerca de 1.200 integrantes da corporação. Neste primeiro dia, só a escola de soldados levou 90 alunos para serem testados.

A Secretaria de Saúde de Santo André não informou quantos policiais foram testados ontem nem quantos tiveram resultado positivo. Os trabalhos prosseguem hoje.

São Bernardo não tem número exclusivo de policiais testados. Eles foram submetidos aos exames com profissionais de saúde e trabalhadores da segurança. No total, 8.595 pessoas foram testados e aproximadamente 850, ou seja, 10%, apresentaram resultado positivo para a Covid-19.

Em São Caetano, GCMs (Guardas-Civis Municipais), policiais, bombeiros e agentes da Defesa Civil são testados desde abril. Já foram feitos 700 exames, mas por questões estratégicas a Prefeitura não revelou quantos deram positivo.

Diadema informou que a testagem é feita em profissionais de segurança pública, mas não divulgou número de exames realizados. Em Ribeirão Pires, a categoria ainda não está sendo testada. Mauá e Rio Grande da Serra não responderam até o fechamento desta edição.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;