Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Pressão correta dos pneus é essencial para manter o bom funcionamento dos veículos

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do Garagem360

18/05/2020 | 13:48


A pressão corretos dos pneus é fundamental para garantir o bom desempenho dos veículos. As características de direção, por exemplo, são alteradas quando a pressão não está de acordo com o necessário.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Pressão correta dos pneus

Em colaboração com a Baden-Wuerttemberg Cooperative State University, a Dekra — empresa de inspeção veicular — testou as características de frenagem e direção em uma estrada seca com diferentes pressões de pneus.

Os testes apontam uma recomendação clara, pois várias manobras de frenagem mostraram que quanto menor a pressão, menor a distância de frenagem, mas de acordo com o especialista em pneus da Dekra, Christian Koch, esse é apenas um lado da moeda.

LEIA MAIS: Calibragem de pneus: veja qual é a medida ideal para o seu carro
Cuidados com os pneus dos caminhões: saiba como rodar de maneira tranquila no cenário atual

“Nossos testes de estrada envolvendo percursos de zigue-zague e manobras evasivas, por exemplo, mostraram que a pressão mais baixa também leva a uma redução notável na precisão da direção. Além disso, o comportamento da frenagem é revertido em piso molhado, pois uma pressão alta gera as menores distâncias de frenagem “, disse Christian.

Como uma das dúvidas quando os pneus são substituídos é sobre qual a pressão deve ser ajustada, o especialista da Dekra aponta que há uma variedade de mitos e meias-verdades em circulação em torno dessa questão. “Alguns dirigem com uma pressão mais baixa para a aderência supostamente melhor, enquanto outros aumentam em 0,5 bar para reduzir a resistência ao rolamento e, assim, o consumo de combustível,” afirma Christian.

Hoje, a maioria dos veículos mais novos está equipada com um sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS), que também precisa ser recalibrado após a troca dos compostos. “Para fazer isso, primeiro ajuste os pneus na pressão correspondente, tendo em mente que eles devem estar sempre frios”, recomenda Christian.

De acordo com os resultados da série de testes, o especialista afirma que os requisitos que pneus precisam atender são muito amplos. Sua clara recomendação aos proprietários e motoristas é usar a pressão que fabricantes de veículos e pneus especificam em conjunto para a respectiva condição de carga do automóvel.

“O compromisso funciona melhor com a pressão dos pneus especificada. Como regra, desvios significativos disso têm um efeito negativo devido ao comportamento desequilibrado dos pneus”, finaliza Christian.

10 carros mais vendidos no mundo

Se o Chevrolet Onix domina as vendas no Brasil e na América do Sul, no mundo o Toyota Corolla segue firme no ranking de emplacamentos. É o que revela os dados da consultoria Focus2Move, cujas informações apontam que o modelo é o carro mais vendido no planeta em 2020 (até fevereiro).

Na galeria, confira quais são os 10 modelos mais vendidos neste ano.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pressão correta dos pneus é essencial para manter o bom funcionamento dos veículos

Da Redação
Do Garagem360

18/05/2020 | 13:48


A pressão corretos dos pneus é fundamental para garantir o bom desempenho dos veículos. As características de direção, por exemplo, são alteradas quando a pressão não está de acordo com o necessário.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Pressão correta dos pneus

Em colaboração com a Baden-Wuerttemberg Cooperative State University, a Dekra — empresa de inspeção veicular — testou as características de frenagem e direção em uma estrada seca com diferentes pressões de pneus.

Os testes apontam uma recomendação clara, pois várias manobras de frenagem mostraram que quanto menor a pressão, menor a distância de frenagem, mas de acordo com o especialista em pneus da Dekra, Christian Koch, esse é apenas um lado da moeda.

LEIA MAIS: Calibragem de pneus: veja qual é a medida ideal para o seu carro
Cuidados com os pneus dos caminhões: saiba como rodar de maneira tranquila no cenário atual

“Nossos testes de estrada envolvendo percursos de zigue-zague e manobras evasivas, por exemplo, mostraram que a pressão mais baixa também leva a uma redução notável na precisão da direção. Além disso, o comportamento da frenagem é revertido em piso molhado, pois uma pressão alta gera as menores distâncias de frenagem “, disse Christian.

Como uma das dúvidas quando os pneus são substituídos é sobre qual a pressão deve ser ajustada, o especialista da Dekra aponta que há uma variedade de mitos e meias-verdades em circulação em torno dessa questão. “Alguns dirigem com uma pressão mais baixa para a aderência supostamente melhor, enquanto outros aumentam em 0,5 bar para reduzir a resistência ao rolamento e, assim, o consumo de combustível,” afirma Christian.

Hoje, a maioria dos veículos mais novos está equipada com um sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS), que também precisa ser recalibrado após a troca dos compostos. “Para fazer isso, primeiro ajuste os pneus na pressão correspondente, tendo em mente que eles devem estar sempre frios”, recomenda Christian.

De acordo com os resultados da série de testes, o especialista afirma que os requisitos que pneus precisam atender são muito amplos. Sua clara recomendação aos proprietários e motoristas é usar a pressão que fabricantes de veículos e pneus especificam em conjunto para a respectiva condição de carga do automóvel.

“O compromisso funciona melhor com a pressão dos pneus especificada. Como regra, desvios significativos disso têm um efeito negativo devido ao comportamento desequilibrado dos pneus”, finaliza Christian.

10 carros mais vendidos no mundo

Se o Chevrolet Onix domina as vendas no Brasil e na América do Sul, no mundo o Toyota Corolla segue firme no ranking de emplacamentos. É o que revela os dados da consultoria Focus2Move, cujas informações apontam que o modelo é o carro mais vendido no planeta em 2020 (até fevereiro).

Na galeria, confira quais são os 10 modelos mais vendidos neste ano.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;