Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Bassi estreia nas redes de olho na vice


Raphael Rocha

16/05/2020 | 00:01


Reitor da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Marcos Bassi se filiou ao PSDB e se colocou na lista para ser candidato a vice na chapa de reeleição encabeçada pelo prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) no pleito deste ano. Tem costurado essa vontade política junto a vereadores do partido. O mais novo passo dado, porém, saiu dos bastidores: Bassi criou um perfil no Instagram e no Facebook. As primeiras postagens foram para se apresentar à população de São Caetano – a despeito de estar há décadas na USCS, ele sabe que precisa fazer seu nome chegar a toda a cidade. Curiosamente, um dos primeiros a seguir virtualmente os passos de Bassi foi Auricchio.

BASTIDORES

Posição
Ontem, esta coluna mostrou que há pressão de líderes religiosos para reabertura das igrejas, seguindo as recomendações sanitárias em meio à pandemia do novo coronavírus. A Diocese de Santo André, responsável pela Igreja Católica no Grande ABC, encaminhou nota e garantiu que, por parte dela, vai seguir as recomendações de quarentena, em vigor no Estado até o dia 31. A decisão foi tomada de maneira coletiva, em reunião dos padres coordenadores das dez regiões pastorais do Grande ABC. “Permaneçamos firmes na fé, constantes na esperança e perseverantes na caridade, que é o vínculo da perfeição e pleno cumprimento da lei de Cristo. Elevemos a Deus nossas orações para que cesse esta pandemia que nos assola. Agradecemos os profissionais da saúde pelo empenho”, disse dom Pedro Carlos Cipollini, bispo da Diocese de Santo André.

À espreita – 1
Depois de bancar o nome do presidente da Câmara de Diadema, Pretinho do Água Santa (DEM), como candidato à sucessão, o governo do prefeito Lauro Michels (PV) tenta convencer o deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos) a, publicamente, fazer um gesto a favor do democrata. Por ora, nem Márcio nem seu filho, o vereador Márcio Júnior (Podemos), se manifestaram sobre o caso.

À espreita – 2
O deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos) era o plano A do prefeito Lauro Michels (PV) para a eleição deste ano, mas recusou assumir a missão, dizendo querer cumprir o mandato na Assembleia e alegando problemas de saúde. Porém, não escondeu a aliados o descontentamento com o fato de o governo não reforçar os quadros do Podemos, seu partido, para eleição a vereador. O PV foi desidratado na cidade, mas apenas Márcio Júnior foi ao Podemos.

Elogios
Procurador-geral do Ministério Público de Contas, Thiago Pinheiro Lima elogiou as medidas de transparência adotadas pelo governo do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), nas ações contra o coronavírus. “O modelo adotado em São Caetano é o mais completo, com informações atualizadas e pormenorizadas, para que a sociedade tenha acesso ao que está acontecendo. Prefeitos e vereadores que acompanham essa sessão poderiam ver esse bom exemplo para replicar em seus municípios.”

Nomeação
Um dos principais assessores do vereador Julinho Fuzari (DEM), de São Bernardo, Richard da Silva foi nomeado como assessor de gabinete na Prefeitura. Recentemente Julinho saiu do Cidadania e migrou para o DEM, partido que vai caminhar com a tentativa de reeleição do prefeito Orlando Morando (PSDB).


Campanha digital
Pré-candidato a prefeito de Diadema pelo Republicanos, Gesiel Duarte organizou o lançamento da chapa de pré-candidatos a vereador de seu partido. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a atividade foi virtual: cada postulante teve um vídeo gravado ao seu lado e pode divulgar o material nas redes sociais. Alternativas em tempo de quarentena. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bassi estreia nas redes de olho na vice

Raphael Rocha

16/05/2020 | 00:01


Reitor da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Marcos Bassi se filiou ao PSDB e se colocou na lista para ser candidato a vice na chapa de reeleição encabeçada pelo prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) no pleito deste ano. Tem costurado essa vontade política junto a vereadores do partido. O mais novo passo dado, porém, saiu dos bastidores: Bassi criou um perfil no Instagram e no Facebook. As primeiras postagens foram para se apresentar à população de São Caetano – a despeito de estar há décadas na USCS, ele sabe que precisa fazer seu nome chegar a toda a cidade. Curiosamente, um dos primeiros a seguir virtualmente os passos de Bassi foi Auricchio.

BASTIDORES

Posição
Ontem, esta coluna mostrou que há pressão de líderes religiosos para reabertura das igrejas, seguindo as recomendações sanitárias em meio à pandemia do novo coronavírus. A Diocese de Santo André, responsável pela Igreja Católica no Grande ABC, encaminhou nota e garantiu que, por parte dela, vai seguir as recomendações de quarentena, em vigor no Estado até o dia 31. A decisão foi tomada de maneira coletiva, em reunião dos padres coordenadores das dez regiões pastorais do Grande ABC. “Permaneçamos firmes na fé, constantes na esperança e perseverantes na caridade, que é o vínculo da perfeição e pleno cumprimento da lei de Cristo. Elevemos a Deus nossas orações para que cesse esta pandemia que nos assola. Agradecemos os profissionais da saúde pelo empenho”, disse dom Pedro Carlos Cipollini, bispo da Diocese de Santo André.

À espreita – 1
Depois de bancar o nome do presidente da Câmara de Diadema, Pretinho do Água Santa (DEM), como candidato à sucessão, o governo do prefeito Lauro Michels (PV) tenta convencer o deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos) a, publicamente, fazer um gesto a favor do democrata. Por ora, nem Márcio nem seu filho, o vereador Márcio Júnior (Podemos), se manifestaram sobre o caso.

À espreita – 2
O deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos) era o plano A do prefeito Lauro Michels (PV) para a eleição deste ano, mas recusou assumir a missão, dizendo querer cumprir o mandato na Assembleia e alegando problemas de saúde. Porém, não escondeu a aliados o descontentamento com o fato de o governo não reforçar os quadros do Podemos, seu partido, para eleição a vereador. O PV foi desidratado na cidade, mas apenas Márcio Júnior foi ao Podemos.

Elogios
Procurador-geral do Ministério Público de Contas, Thiago Pinheiro Lima elogiou as medidas de transparência adotadas pelo governo do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), nas ações contra o coronavírus. “O modelo adotado em São Caetano é o mais completo, com informações atualizadas e pormenorizadas, para que a sociedade tenha acesso ao que está acontecendo. Prefeitos e vereadores que acompanham essa sessão poderiam ver esse bom exemplo para replicar em seus municípios.”

Nomeação
Um dos principais assessores do vereador Julinho Fuzari (DEM), de São Bernardo, Richard da Silva foi nomeado como assessor de gabinete na Prefeitura. Recentemente Julinho saiu do Cidadania e migrou para o DEM, partido que vai caminhar com a tentativa de reeleição do prefeito Orlando Morando (PSDB).


Campanha digital
Pré-candidato a prefeito de Diadema pelo Republicanos, Gesiel Duarte organizou o lançamento da chapa de pré-candidatos a vereador de seu partido. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a atividade foi virtual: cada postulante teve um vídeo gravado ao seu lado e pode divulgar o material nas redes sociais. Alternativas em tempo de quarentena. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;