Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Denúncias de violência contra mulheres aumentaram 35% em abril, diz Damares

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


15/05/2020 | 17:46


A ministra da Mulher, da Familia e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta sexta-feira, 15, que as denúncias de violência contra a mulher aumentaram 35% em abril, em relação ao mesmo mês do ano passado.

Segundo a ministra, o aumento é reflexo do isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus. "Agressores e vítimas passaram a conviver 24 horas na mesma casa", disse no evento de lançamento da campanha de conscientização e enfrentamento à violência doméstica.

Damares anunciou que, além do Ligue 180, as denúncias poderão ser registradas pela internet, por meio de um aplicativo específico. O programa também foi desenvolvimento para registro em Libras. A ferramenta, segundo ela, possibilita que a vítima denuncie a violência de forma silenciosa.

Durante discurso, a ministra lamentou que o governo tenha que lançar uma campanha sobre violência doméstica. Ao falar que a pandemia atrapalhou planos do governo, a ministra se referiu ao novo coronavírus como um "bichinho".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Denúncias de violência contra mulheres aumentaram 35% em abril, diz Damares


15/05/2020 | 17:46


A ministra da Mulher, da Familia e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta sexta-feira, 15, que as denúncias de violência contra a mulher aumentaram 35% em abril, em relação ao mesmo mês do ano passado.

Segundo a ministra, o aumento é reflexo do isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus. "Agressores e vítimas passaram a conviver 24 horas na mesma casa", disse no evento de lançamento da campanha de conscientização e enfrentamento à violência doméstica.

Damares anunciou que, além do Ligue 180, as denúncias poderão ser registradas pela internet, por meio de um aplicativo específico. O programa também foi desenvolvimento para registro em Libras. A ferramenta, segundo ela, possibilita que a vítima denuncie a violência de forma silenciosa.

Durante discurso, a ministra lamentou que o governo tenha que lançar uma campanha sobre violência doméstica. Ao falar que a pandemia atrapalhou planos do governo, a ministra se referiu ao novo coronavírus como um "bichinho".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;