Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC bate recorde de novas mortes em 24 horas: 25

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Covid-19 já infectou pessoas em 443 dos 645 municípios do Estado


Dérek Bittencourt

15/05/2020 | 00:15


 O Grande ABC alcançou mais um recorde nesta guerra contra a Covid-19. Ontem, a região registrou 25 novas mortes, ultrapassando a maior marca anterior, que era de 20 óbitos, em 28 de abril – já são 334 no total. Exceção feita a Ribeirão Pires, que segue com dez perdas até aqui, as outras seis cidades tiveram acréscimo no número de vítimas fatais. Foram dez novas baixas em Santo André (totalizando 93), nove em São Bernardo (117), três em Diadema (47), uma em São Caetano (26), uma em Mauá (37) e uma em Rio Grande da Serra (quatro).

Entre os óbitos do dia, um confirmado foi do médico Carlos Fernando Serizawa, que atuava como clínico geral do PA (Pronto Atendimento) Eldorado, em Diadema. “A administração se solidariza com a família, amigos e equipe de trabalho neste momento difícil e agradece todo o empenho dedicado nos oito anos em que o profissional atuou no município. Neste período, atendeu em Unidade Básica de Saúde e Pronto Atendimento. O médico também atuava em outros municípios e residia em Mauá, onde estava internado desde 9 de abril”, publicou, em nota, a Prefeitura diademense.

Também houve crescimento significativo no número de casos confirmados de infectados, com 143 novos registros de positivados, chegando a 3.383 na região. Por outro lado, 6.318 pessoas aguardam resultados de testes para saberem se estão ou estiveram com a doença – 3.809 somente em São Bernardo.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, já são 54.286 casos confirmados de Covid-19. De acordo com boletim divulgado ontem, São Paulo tem uma ou mais pessoas infectadas em 443 dos 645 municípios, ou seja, o coronavírus é realidade em 68% do território paulista.

No Brasil, os registros indicam que foi superada a marca dos 200 mil casos. São 202.918 pessoas infectadas desde fevereiro. Destes, 79.479 (o que representa 39,2% do total) foram recuperados e 13.993 (6,9%) evoluíram a óbito. Em 24 horas, o País teve 13.944 novos casos e 844 novas mortes.
O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse durante videoconferência com deputados estaduais que o governo federal pretende apoiar Estados e municípios no combate ao coronavírus, fortalecendo o SUS (Sistema Único de Saúde). “Uma das minhas prioridades é criar medidas conjuntas com o Congresso Nacional, Estados e municípios. A busca da informação, compartilhamento e transparência é objetivo absolutamente claro do Ministério da Saúde em todas as ações. Estamos vivendo momento único e devemos tratar tudo isso com medidas técnicas”, disse Teich, que admitiu mais uma vez o lockdown (bloqueio total). “Temos medidas mais simples, como distanciamento, higiene das mãos, etiqueta respiratória, e temos medidas mais sofisticadas, mais duras, como o lockdown. Haverá situação certa para cada momento de acordo com a necessidade de cada local. O foco está no coronavírus, mas nós trabalhamos diariamente o sistema de saúde como um todo. Não podemos deixar de lado as outras doenças. Além da Covid-19, temos ainda outros problemas que continuam sendo monitorados diariamente. O meu foco é em pessoas, em vidas. O SUS é minha prioridade absoluta.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;