Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Clarice Lispector vai ser tema de samba-enredo no Rio

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Escola Tradição lembra escritora em volta à série A do carnaval carioca



12/05/2020 | 12:46


A escritora Clarice Lispector, lembrada este ano pelo centenário de seu nascimento, em dezembro, vai ser tema do samba-enredo da Tradição, que volta à série A do carnaval do Rio, em 2021.

O carnavalesco e artista plástico Leandro Valente é responsável pelo enredo que ganhou o nome de Clarice. Ele explica que a ideia dessa homenagem é antiga, mas que nunca tinha tido a oportunidade nem a agremiação carnavalesca certa. "Fui carnavalesco da Tradição durante cinco anos, mas ela estava no grupo B. Agora que a escola foi campeã e retorna à série A, na Sapucaí, e fui convidado a voltar como artista, pensei: é agora!" A presidente da Tradição, Raphaela Nascimento, topou na hora, conta.

"Estamos num momento de incertezas, tempos difíceis. Achamos que a nossa forma de contribuir com dias e meses melhores é com arte. E resolvemos lançar o enredo Clarice. Está sendo lindo ver nossas baianas, passistas e velha guarda pulsando emoção."

Valente diz que quer narrar a vida de Clarice Lispector e falar também sobre sua obra. "Vamos brindar o público com seu amor intenso, seu lado visceral, atormentado, enfim... suas mil faces."

O desfile será dividido em quatro setores, 20 alas, quatro alegorias e 1.800 componentes da comunidade de Campinho e Madureira. Para a última alegoria, A hora é das estrelas, estão sendo convidados escritores e escritoras.

Clarice Lispector nasceu no dia 10 de dezembro de 1920, em Chechelnyk, na Ucrânia, e desembarcou no Brasil dois anos mais tarde. É autora de romances, contos, crônicas e histórias infantis e segue conquistando e intrigando leitores mais de 40 anos depois de sua morte.

Na sua obra, que está sendo reeditada pela Rocco com novos projeto gráfico e posfácios, estão A Hora da Estrela, A Paixão Segundo G. H., Laços de Família, Felicidade Clandestina, Perto do Coração Selvagem e A Vida Íntima de Laura.

Além dessas reedições, que trazem na capa reproduções de telas pintadas pela escritora, a editora prevê o lançamento da coletânea Todas as Cartas, com a correspondência trocada com a família e personalidades - de Getúlio Vargas a Lygia Fagundes Telles.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Clarice Lispector vai ser tema de samba-enredo no Rio

Escola Tradição lembra escritora em volta à série A do carnaval carioca


12/05/2020 | 12:46


A escritora Clarice Lispector, lembrada este ano pelo centenário de seu nascimento, em dezembro, vai ser tema do samba-enredo da Tradição, que volta à série A do carnaval do Rio, em 2021.

O carnavalesco e artista plástico Leandro Valente é responsável pelo enredo que ganhou o nome de Clarice. Ele explica que a ideia dessa homenagem é antiga, mas que nunca tinha tido a oportunidade nem a agremiação carnavalesca certa. "Fui carnavalesco da Tradição durante cinco anos, mas ela estava no grupo B. Agora que a escola foi campeã e retorna à série A, na Sapucaí, e fui convidado a voltar como artista, pensei: é agora!" A presidente da Tradição, Raphaela Nascimento, topou na hora, conta.

"Estamos num momento de incertezas, tempos difíceis. Achamos que a nossa forma de contribuir com dias e meses melhores é com arte. E resolvemos lançar o enredo Clarice. Está sendo lindo ver nossas baianas, passistas e velha guarda pulsando emoção."

Valente diz que quer narrar a vida de Clarice Lispector e falar também sobre sua obra. "Vamos brindar o público com seu amor intenso, seu lado visceral, atormentado, enfim... suas mil faces."

O desfile será dividido em quatro setores, 20 alas, quatro alegorias e 1.800 componentes da comunidade de Campinho e Madureira. Para a última alegoria, A hora é das estrelas, estão sendo convidados escritores e escritoras.

Clarice Lispector nasceu no dia 10 de dezembro de 1920, em Chechelnyk, na Ucrânia, e desembarcou no Brasil dois anos mais tarde. É autora de romances, contos, crônicas e histórias infantis e segue conquistando e intrigando leitores mais de 40 anos depois de sua morte.

Na sua obra, que está sendo reeditada pela Rocco com novos projeto gráfico e posfácios, estão A Hora da Estrela, A Paixão Segundo G. H., Laços de Família, Felicidade Clandestina, Perto do Coração Selvagem e A Vida Íntima de Laura.

Além dessas reedições, que trazem na capa reproduções de telas pintadas pela escritora, a editora prevê o lançamento da coletânea Todas as Cartas, com a correspondência trocada com a família e personalidades - de Getúlio Vargas a Lygia Fagundes Telles.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;