Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Policiais Civis reclamam de dificuldades para realizar testes de Covid-19

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sindicato alega que não consegue contato com a Saúde da cidade; prefeitura diz que vai agendar


Aline Melo>br>Do Diário do Grande ABC

09/05/2020 | 16:19


O Sindpesp (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo) alega que tem encontrado dificuldade para agendar os testes de Covid-19 que a Prefeitura de Santo André está realizando com trabalhadores de comércio e atividades essenciais. A testagem foi iniciada na última quarta-feira, em drive-thru montado no estacionamento do Grand Plaza Shopping e os atendimentos são feitos após agendamento com as associações profissionais e sindicatos.

Segundo a presidente do sindicato, Raquel Gallinati, na última quinta-feira a entidade entrou em contato por telefone com a Secretaria de Saúde e com a chefia da segurança do shopping onde a testagem está sendo realizada, mas não conseguiu marcar uma data e nem recebeu as informações necessárias para confirmar o agendamento para os policiais.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), atuam na Delegacia Secional de Santo André (que também é responsável pelas cidades de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), 511 profissionais. “Vamos insistir para que os policiais sejam testados, porque nossa classe está nas ruas, na linha de frente, e precisamos dos testes pra proteger os policiais, suas famílias e todos os cidadãos que precisem buscar atendimento em uma delegacia”, destacou Raquel.

Em nota, a Prefeitura de Santo André informou que a Secretaria de Segurança Cidadã já realizou o contato com o comandante da Policia Militar e o delegado seccional para falar sobre a testagem. “Na próxima segunda-feira, tanto a PM quanto a Polícia Civil enviarão lista com a quantidade de profissionais que atuam em Santo André. O contato foi feito sem a necessidade de intermediação do sindicato”, completou a nota. A administração municipal prevê realizar 600 testes por dia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Policiais Civis reclamam de dificuldades para realizar testes de Covid-19

Sindicato alega que não consegue contato com a Saúde da cidade; prefeitura diz que vai agendar

Aline Melo>br>Do Diário do Grande ABC

09/05/2020 | 16:19


O Sindpesp (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo) alega que tem encontrado dificuldade para agendar os testes de Covid-19 que a Prefeitura de Santo André está realizando com trabalhadores de comércio e atividades essenciais. A testagem foi iniciada na última quarta-feira, em drive-thru montado no estacionamento do Grand Plaza Shopping e os atendimentos são feitos após agendamento com as associações profissionais e sindicatos.

Segundo a presidente do sindicato, Raquel Gallinati, na última quinta-feira a entidade entrou em contato por telefone com a Secretaria de Saúde e com a chefia da segurança do shopping onde a testagem está sendo realizada, mas não conseguiu marcar uma data e nem recebeu as informações necessárias para confirmar o agendamento para os policiais.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), atuam na Delegacia Secional de Santo André (que também é responsável pelas cidades de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), 511 profissionais. “Vamos insistir para que os policiais sejam testados, porque nossa classe está nas ruas, na linha de frente, e precisamos dos testes pra proteger os policiais, suas famílias e todos os cidadãos que precisem buscar atendimento em uma delegacia”, destacou Raquel.

Em nota, a Prefeitura de Santo André informou que a Secretaria de Segurança Cidadã já realizou o contato com o comandante da Policia Militar e o delegado seccional para falar sobre a testagem. “Na próxima segunda-feira, tanto a PM quanto a Polícia Civil enviarão lista com a quantidade de profissionais que atuam em Santo André. O contato foi feito sem a necessidade de intermediação do sindicato”, completou a nota. A administração municipal prevê realizar 600 testes por dia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;