Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Presentes estão custando menos


Verônica Lima
Do Diário do Grande ABC

23/12/2007 | 07:33


Os consumidores que anteciparam neste ano as compras de Natal para fugir das filas e da falta de diversidade dos produtos, preferiram comprar presentes com maior valor agregado e pagá-los à vista.

A pesquisa inédita realizada pela Abrasce (AssociaçãoBrasileira de Shoppings Centers) e a Fecomercio confirmou também que as expectativas iniciais da entidade de crescer 15% na data serão atingidas.

Estudo - Dos entrevistados abordados nos shoppings nos dias 15 e 16 deste mês, 71,3% disseram que os preços estão menores ou iguais aos do ano passado, sendo que 31% deles sentem redução nos mesmos.

Diante deste cenário, 55% dos consumidores demonstraram intenção de gastar mais neste Natal, inclusive, com produtos de maior preço – que estão cerca de 15% mais baratos do que no ano passado em razão da queda do dólar.

Presentes - A preferência por presentear amigos e parentes com roupas permanece neste ano. Segundo a pesquisa, é a opção de 60% dos consumidores, embora brinquedos e eletroeletrônicos tenham se destacado na preferência de 27%.

Para a Abrasce, este cenário demonstra que a qualidade dos presentes, em relação a preços, será maior, diferente do padrão dos últimos Natais, quando a maioria optou pelas lembrancinhas.

Pagamentos - A análise demonstrou também que mais de 60% optaram pelo pagamento à vista, e que a intenção de vendas a prazo corresponde a apenas 38%.

No geral, as entidades concluíram que o clima de otimismo não atinge apenas os empreendedores e comerciantes, mas também os próprios consumidores. Tanto que 66% dos entrevistados acreditam que 2008 será melhor para os negócios do que este ano e 22% estimam que será igual. Apenas 8,6% prevêem que será pior.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;