Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Gramado sintético do CT do Palmeiras ficará pronto na próxima semana

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


24/04/2020 | 15:59


O gramado sintético da Academia de Futebol do Palmeiras ficará pronto na semana que vem. Após quase quatro meses de obras, o local poderá receber os treinos do time do técnico Vanderlei Luxemburgo e terá características idênticas ao campo artificial utilizado desde fevereiro no estádio Allianz Parque. Além do novo piso, o clube manterá na estrutura do centro treinamento os outros dois campos de grama natural.

Segundo os responsáveis pela instalação, a obra na Academia de Futebol teve início em janeiro e só ficará pronta agora por ter sido necessário realizar reparos extras. O terreno do gramado sintético tinha um solo tão arenoso que em uma das etapas o chão chegou a ceder com o peso de um dos caminhões que fazia o transporte de materiais. Por isso, antes de se prosseguir foi preciso dar mais sustentação ao piso.

A pandemia do novo coronavírus também causou atrasos, como a dificuldade na entrega de materiais por parte de fornecedores e o cuidado para os operários trabalharem em turmas menores. "Mantivemos a distância entre as pessoas, equipamentos de segurança e diminuímos o efetivo. Estamos só com quatro pessoas trabalhando", disse o presidente da Soccer Grass, Alessandro Oliveira. A empresa é a responsável pela execução da obra.

Assim como feito no Allianz Parque, futuramente o gramado da Academia de Futebol receberá também certificação de qualidade da Fifa. Uma equipe do laboratório escocês Sports Labs virá ao Brasil para fazer testes para comprovar a qualidade do piso. A empresa europeia é uma das poucos no mundo a ser credenciada pela entidade máxima do futebol para realizar esse tipo de trabalho. A data da vinda dos escoceses dependerá da evolução do quadro da pandemia.

ALLIANZ PARQUE - Para compensar a falta de jogos no Allianz Parque por conta do novo coronavírus, a empresa Soccer Grass tem feito trabalhos diferenciados no campo. Por ser novo, o piso artificial precisa ser utilizado com frequência para que as fibras da grama e as partículas de preenchimento fiquem mais acomodadas e "amaciadas". A circulação dos jogadores e a movimentação da bola favorecem esse processo.

Com o calendário suspenso, a empresa tem recorrido à tecnologia para manter o gramado em atividade. "Estamos usando maquinário para substituir os jogos e escovando até mais o gramado justamente para essa finalidade. Usamos uma máquina que parece um rastelo, que tem uns gardos que pega o que está na parte mais inferior e puxa para cima. Isso ajuda a acomodar melhor o preenchimento", explicou o presidente da Soccer Grass.

O gramado artificial do Allianz Parque foi inaugurado em 16 de fevereiro, na vitória por 3 a 1 do Palmeiras sobre o Mirassol, pelo Campeonato Paulista. Depois disso o local recebeu mais três partidas: contra Guarani e Ferroviária, pelo Estadual, e mais o confronto diante do Guaraní, do Paraguai, pela Copa Libertadores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gramado sintético do CT do Palmeiras ficará pronto na próxima semana


24/04/2020 | 15:59


O gramado sintético da Academia de Futebol do Palmeiras ficará pronto na semana que vem. Após quase quatro meses de obras, o local poderá receber os treinos do time do técnico Vanderlei Luxemburgo e terá características idênticas ao campo artificial utilizado desde fevereiro no estádio Allianz Parque. Além do novo piso, o clube manterá na estrutura do centro treinamento os outros dois campos de grama natural.

Segundo os responsáveis pela instalação, a obra na Academia de Futebol teve início em janeiro e só ficará pronta agora por ter sido necessário realizar reparos extras. O terreno do gramado sintético tinha um solo tão arenoso que em uma das etapas o chão chegou a ceder com o peso de um dos caminhões que fazia o transporte de materiais. Por isso, antes de se prosseguir foi preciso dar mais sustentação ao piso.

A pandemia do novo coronavírus também causou atrasos, como a dificuldade na entrega de materiais por parte de fornecedores e o cuidado para os operários trabalharem em turmas menores. "Mantivemos a distância entre as pessoas, equipamentos de segurança e diminuímos o efetivo. Estamos só com quatro pessoas trabalhando", disse o presidente da Soccer Grass, Alessandro Oliveira. A empresa é a responsável pela execução da obra.

Assim como feito no Allianz Parque, futuramente o gramado da Academia de Futebol receberá também certificação de qualidade da Fifa. Uma equipe do laboratório escocês Sports Labs virá ao Brasil para fazer testes para comprovar a qualidade do piso. A empresa europeia é uma das poucos no mundo a ser credenciada pela entidade máxima do futebol para realizar esse tipo de trabalho. A data da vinda dos escoceses dependerá da evolução do quadro da pandemia.

ALLIANZ PARQUE - Para compensar a falta de jogos no Allianz Parque por conta do novo coronavírus, a empresa Soccer Grass tem feito trabalhos diferenciados no campo. Por ser novo, o piso artificial precisa ser utilizado com frequência para que as fibras da grama e as partículas de preenchimento fiquem mais acomodadas e "amaciadas". A circulação dos jogadores e a movimentação da bola favorecem esse processo.

Com o calendário suspenso, a empresa tem recorrido à tecnologia para manter o gramado em atividade. "Estamos usando maquinário para substituir os jogos e escovando até mais o gramado justamente para essa finalidade. Usamos uma máquina que parece um rastelo, que tem uns gardos que pega o que está na parte mais inferior e puxa para cima. Isso ajuda a acomodar melhor o preenchimento", explicou o presidente da Soccer Grass.

O gramado artificial do Allianz Parque foi inaugurado em 16 de fevereiro, na vitória por 3 a 1 do Palmeiras sobre o Mirassol, pelo Campeonato Paulista. Depois disso o local recebeu mais três partidas: contra Guarani e Ferroviária, pelo Estadual, e mais o confronto diante do Guaraní, do Paraguai, pela Copa Libertadores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;