Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Governo de São Paulo prevê retorno das aulas de forma gradual a partir de julho

Governo do Estado de São Paulo/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

De acordo com João Doria, todas as decisões serão tomadas em conjunto, com base na saúde e na ciência


Vanessa Soares Oliveira
Do Diário do Grande ABC

24/04/2020 | 13:10


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta sexta-feira (24) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o Plano São Paulo, que organiza o retorno das atividades no Estado, programa para julho o retorno das aulas. A forma como será feita vai ser divulgada mais detalhadamente no dia 8 de maio.

De acordo com Doria, todas as decisões serão tomadas em conjunto, com base na saúde e na ciência. Segundo o secretário de Educação, Rossieli Soares, as regras para o retorno também serão formuladas após observação na experiência de outros países. Soares disse ainda que para a Educação Infantil a retomada das aulas seguirá normas diferenciadas por não ser possível garantir o distanciamento físico entre crianças pequenas.

Já para ensino Fundamental, Médio e Superior, as aulas deverão retornar em esquema de rodízio para garantir as normas e orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) de distanciamento físico e higienização dos ambientes.
O secretário informou também que um planejamento específico para reforço escolar e atenção especial está sendo pensado para que nenhum aluno fique para trás.

Além disso, o governo reforçou que as aulas on-line para os estudantes da rede estadual têm início no dia 27, com programação fixa pelo canal TV Univesp, com horários definidos para cada série.

São Paulo tem até o momento 16.740 casos de Covid-19 confirmados, com 1.345 mortes. De acordo com o secretário de Saúde, José Henrique Germann, deste montante, 2.503 pessoas estão internadas, sendo 1.345 na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e os outros 1.355 na enfermaria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo de São Paulo prevê retorno das aulas de forma gradual a partir de julho

De acordo com João Doria, todas as decisões serão tomadas em conjunto, com base na saúde e na ciência

Vanessa Soares Oliveira
Do Diário do Grande ABC

24/04/2020 | 13:10


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta sexta-feira (24) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o Plano São Paulo, que organiza o retorno das atividades no Estado, programa para julho o retorno das aulas. A forma como será feita vai ser divulgada mais detalhadamente no dia 8 de maio.

De acordo com Doria, todas as decisões serão tomadas em conjunto, com base na saúde e na ciência. Segundo o secretário de Educação, Rossieli Soares, as regras para o retorno também serão formuladas após observação na experiência de outros países. Soares disse ainda que para a Educação Infantil a retomada das aulas seguirá normas diferenciadas por não ser possível garantir o distanciamento físico entre crianças pequenas.

Já para ensino Fundamental, Médio e Superior, as aulas deverão retornar em esquema de rodízio para garantir as normas e orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) de distanciamento físico e higienização dos ambientes.
O secretário informou também que um planejamento específico para reforço escolar e atenção especial está sendo pensado para que nenhum aluno fique para trás.

Além disso, o governo reforçou que as aulas on-line para os estudantes da rede estadual têm início no dia 27, com programação fixa pelo canal TV Univesp, com horários definidos para cada série.

São Paulo tem até o momento 16.740 casos de Covid-19 confirmados, com 1.345 mortes. De acordo com o secretário de Saúde, José Henrique Germann, deste montante, 2.503 pessoas estão internadas, sendo 1.345 na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e os outros 1.355 na enfermaria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;