Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sucesso na carreira vai além da escolha

Com frequência encontramos pessoas insatisfeitas com o mercado de trabalho, com a falta de oportunidades e que não conseguem evoluir


Dgabc

27/01/2013 | 00:00


Artigo

Com frequência encontramos pessoas insatisfeitas com o mercado de trabalho, com a falta de oportunidades e que não conseguem evoluir. No entanto, essa é apenas percepção superficial e que não reflete a realidade. Pois uma carreira só fica estagnada quando o indivíduo deixa de acreditar em seu potencial de realização. Descobri que a diferença não está na profissão e sim no profissional. Quantos profissionais possuem garra, determinação e sabedoria para se destacar no meio em que atuam?

Um dos grandes diferenciais de indivíduo bem-sucedido é a capacidade de aprimorar os conhecimentos e ampliar o campo de visão diante das adversidades. Seria grande erro dizer que existe tarefa mais nobre, importante ou lucrativa - o fator capaz de garantir o êxito de cada um é a intensidade do desejo de vencer.

Manter as pretensões e sonhos elevados, com foco no crescimento individual e coletivo, permite que sejam criadas ferramentas para vencer barreiras e obstáculos. Aliás, existem três palavras-chave para quem almeja o sucesso: vontade, disciplina e perseverança. Elas permitem que os profissionais abram a mente e mostrem caminhos para projetos inovadores e diferenciados, afinal, o desenvolvimento pessoal tem tanto valor no momento da contratação quanto uma formação técnica.

Não podemos deixar de ressaltar também que ninguém nasce qualificado para exercer um trabalho específico, todo talento é fruto de muito esforço e longas horas de preparação. O aprimoramento pessoal e o crescimento interno nunca podem ser deixados de lado, a todo instante surgem obstáculos e todos têm limitações e precisam buscar meios para superá-los. Quem desiste de alcançar o fortalecimento mental e emocional corre o risco de ser deixado para trás.

Aquele que deseja escrever uma história vencedora deve ter fé para acreditar em seus sonhos, estar disposto a aprimorar suas qualidades e a corrigir os próprios atos. Pense em um instrumento musical, por exemplo: para que ele sempre esteja no tom perfeito, é preciso cuidar atentamente de sua afinação. Busque tocar a melodia mais harmoniosa ao ouvido de todos, assim será possível conquistar o destaque mais rapidamente. Lembre-se que o sucesso acontece quando a preparação encontra uma oportunidade e no processo de evolução somos eternos aprendizes.

Carlos Wizard Martins é palestrante especializado em gestão empresarial e escritor.

Palavra do leitor

Racismo
Com relação à concessionária do Rio de Janeiro que foi acusada de racismo (Setecidades, dia 24), infelizmente estão confundindo preconceito com racismo. Em nenhum momento o vendedor falou sobre a cor do garoto. Pode, sim, ter pensado, mas pensar agora também é crime? O preconceito Lá foi social, com relação aos garotos moradores de rua. Isso não é racismo! E sim preconceito. E preconceito ainda não está tipificado como crime.
Iris Martins
Mauá

Mais barato?
A tão falada redução na tarifa de energia elétrica (estranhamente anunciada em setembro, antes da eleição de outubro) para vigorar somente em fevereiro, numa média de 20%, está agora ameaçada por novo custo na conta: o risco hidrológico para cobrir gasto extra que acontece principalmente em épocas de seca. Estou preocupado se vamos ter redução ou aumento na tarifa, pois, quando falam em média de 20%, espero que não seja percentual de desconto maior para consumos até ‘x' kw mensais e menor para os demais, gerando resultado financeiro menor e político maior para o governo, agora compensado também pela tarifa do risco hidrológico.
Edno Pontes
São Caetano

Também acho!
Em princípio, desejo parabenizar o leitor Willian Borges pelo seu texto (Emburrecendo, dia 22). E peço licença para fazer minhas as suas palavras sobre o inaceitável programa da TV Globo Big Brother. A palavra ‘inaceitável' deveria ser aceita por todos para que ninguém assistisse tremenda aberração, o que, aliás, é vista em vários programas da TV Globo. Mas a cultura brasileira é muito pequena e apoiando esse tipo de programa, com certeza se tornará cada vez menor. Parabéns, senhor Willian Borges,vamos em frente. Quem sabe algum dia muita gente nos seguirá, para o bem da nossa cultura.
Américo Del Corto
Ribeirão Pires

Às moscas
É triste constatar que nossa linda Santo André está tão abandonada. Ruas malconservadas, praças sujas, transporte coletivo ruim e caro etc. Que pena! Pelo tamanho do território e pela arrecadação, a cidade teria que ser um brinco. Que o novo prefeito e os vereadores olhem mais para a cidade, ao invés de ficarem se preocupando com as próximas eleições. Acordem, senhores dirigentes!
Divino Faustino Rodrigues
Santo André

Aparência
Tenho cadastro no Infojobs, site de emprego, e fiquei inconformado quando li proposta de vaga da Centralcoop que pedia no requisito ter boa aparência. Vejam que é companhia que lida com sistema de saúde. Empresa que pensa ter lindos enfermeiros está ligando em cuidar de alguém? E também não está por dentro das leis, pois esse tipo de requisito está proibido. Dá para saber o nível dos administradores!
Vanderlei Donisete Cândido
São Bernardo

Vazamentos
Gostaria de comunicar que no bairro Jardim Laura, em São Bernardo, ocorrem alguns problemas como, por exemplo, a Rua Ademar Saraiva Leão, próximo aos números 220 e 129, existe vazamento; na Rua América do Sul, nos números 503 e 506, terá de repor o asfalto, pois o serviço foi malfeito pela empresa Sabesp.
Mancha Gomes
São Bernardo



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sucesso na carreira vai além da escolha

Com frequência encontramos pessoas insatisfeitas com o mercado de trabalho, com a falta de oportunidades e que não conseguem evoluir

Dgabc

27/01/2013 | 00:00


Artigo

Com frequência encontramos pessoas insatisfeitas com o mercado de trabalho, com a falta de oportunidades e que não conseguem evoluir. No entanto, essa é apenas percepção superficial e que não reflete a realidade. Pois uma carreira só fica estagnada quando o indivíduo deixa de acreditar em seu potencial de realização. Descobri que a diferença não está na profissão e sim no profissional. Quantos profissionais possuem garra, determinação e sabedoria para se destacar no meio em que atuam?

Um dos grandes diferenciais de indivíduo bem-sucedido é a capacidade de aprimorar os conhecimentos e ampliar o campo de visão diante das adversidades. Seria grande erro dizer que existe tarefa mais nobre, importante ou lucrativa - o fator capaz de garantir o êxito de cada um é a intensidade do desejo de vencer.

Manter as pretensões e sonhos elevados, com foco no crescimento individual e coletivo, permite que sejam criadas ferramentas para vencer barreiras e obstáculos. Aliás, existem três palavras-chave para quem almeja o sucesso: vontade, disciplina e perseverança. Elas permitem que os profissionais abram a mente e mostrem caminhos para projetos inovadores e diferenciados, afinal, o desenvolvimento pessoal tem tanto valor no momento da contratação quanto uma formação técnica.

Não podemos deixar de ressaltar também que ninguém nasce qualificado para exercer um trabalho específico, todo talento é fruto de muito esforço e longas horas de preparação. O aprimoramento pessoal e o crescimento interno nunca podem ser deixados de lado, a todo instante surgem obstáculos e todos têm limitações e precisam buscar meios para superá-los. Quem desiste de alcançar o fortalecimento mental e emocional corre o risco de ser deixado para trás.

Aquele que deseja escrever uma história vencedora deve ter fé para acreditar em seus sonhos, estar disposto a aprimorar suas qualidades e a corrigir os próprios atos. Pense em um instrumento musical, por exemplo: para que ele sempre esteja no tom perfeito, é preciso cuidar atentamente de sua afinação. Busque tocar a melodia mais harmoniosa ao ouvido de todos, assim será possível conquistar o destaque mais rapidamente. Lembre-se que o sucesso acontece quando a preparação encontra uma oportunidade e no processo de evolução somos eternos aprendizes.

Carlos Wizard Martins é palestrante especializado em gestão empresarial e escritor.

Palavra do leitor

Racismo
Com relação à concessionária do Rio de Janeiro que foi acusada de racismo (Setecidades, dia 24), infelizmente estão confundindo preconceito com racismo. Em nenhum momento o vendedor falou sobre a cor do garoto. Pode, sim, ter pensado, mas pensar agora também é crime? O preconceito Lá foi social, com relação aos garotos moradores de rua. Isso não é racismo! E sim preconceito. E preconceito ainda não está tipificado como crime.
Iris Martins
Mauá

Mais barato?
A tão falada redução na tarifa de energia elétrica (estranhamente anunciada em setembro, antes da eleição de outubro) para vigorar somente em fevereiro, numa média de 20%, está agora ameaçada por novo custo na conta: o risco hidrológico para cobrir gasto extra que acontece principalmente em épocas de seca. Estou preocupado se vamos ter redução ou aumento na tarifa, pois, quando falam em média de 20%, espero que não seja percentual de desconto maior para consumos até ‘x' kw mensais e menor para os demais, gerando resultado financeiro menor e político maior para o governo, agora compensado também pela tarifa do risco hidrológico.
Edno Pontes
São Caetano

Também acho!
Em princípio, desejo parabenizar o leitor Willian Borges pelo seu texto (Emburrecendo, dia 22). E peço licença para fazer minhas as suas palavras sobre o inaceitável programa da TV Globo Big Brother. A palavra ‘inaceitável' deveria ser aceita por todos para que ninguém assistisse tremenda aberração, o que, aliás, é vista em vários programas da TV Globo. Mas a cultura brasileira é muito pequena e apoiando esse tipo de programa, com certeza se tornará cada vez menor. Parabéns, senhor Willian Borges,vamos em frente. Quem sabe algum dia muita gente nos seguirá, para o bem da nossa cultura.
Américo Del Corto
Ribeirão Pires

Às moscas
É triste constatar que nossa linda Santo André está tão abandonada. Ruas malconservadas, praças sujas, transporte coletivo ruim e caro etc. Que pena! Pelo tamanho do território e pela arrecadação, a cidade teria que ser um brinco. Que o novo prefeito e os vereadores olhem mais para a cidade, ao invés de ficarem se preocupando com as próximas eleições. Acordem, senhores dirigentes!
Divino Faustino Rodrigues
Santo André

Aparência
Tenho cadastro no Infojobs, site de emprego, e fiquei inconformado quando li proposta de vaga da Centralcoop que pedia no requisito ter boa aparência. Vejam que é companhia que lida com sistema de saúde. Empresa que pensa ter lindos enfermeiros está ligando em cuidar de alguém? E também não está por dentro das leis, pois esse tipo de requisito está proibido. Dá para saber o nível dos administradores!
Vanderlei Donisete Cândido
São Bernardo

Vazamentos
Gostaria de comunicar que no bairro Jardim Laura, em São Bernardo, ocorrem alguns problemas como, por exemplo, a Rua Ademar Saraiva Leão, próximo aos números 220 e 129, existe vazamento; na Rua América do Sul, nos números 503 e 506, terá de repor o asfalto, pois o serviço foi malfeito pela empresa Sabesp.
Mancha Gomes
São Bernardo

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;