Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Michael Klein deixa o conselho da Via Varejo

Executivo estava no cargo desde junho de 2019; ele sugeriu o filho Raphael para a vaga


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

21/04/2020 | 00:04


Filho do fundador da Casas Bahia – Samuel Klein, que morreu em 2014 –, o empresário Michael Klein anunciou ontem que vai deixar a presidência do conselho de administração da Via Varejo. Ele estava à frente do cargo desde junho de 2019, quando se tornou o maior acionista da empresa em leilão de venda de ações, realizado na B3.

Anteriormente, a empresa era controlada pelo GPA (Grupo Pão de Açúcar), sendo que desde 2010 Klein não decidia mais os rumos da Casas Bahia, quando a associou ao grupo. Com o leilão, foi colocado ponto final à saga para que a empresa saísse do segmento de eletrodomésticos para focar no varejo alimentar.

O novo presidente deverá ser nomeado em assembleia nas próximas semanas. Em reunião virtual realizada ontem, Michael Klein anunciou a saída e sugeriu aos participantes que seu filho, Raphael Klein, passe a ocupar a vaga, dando continuidade ao legado da família à frente da companhia. De acordo com a Via Varejo, a chapa única que será votada na próxima assembleia também é formada pelo vice-presidente Marcel Cecchi Vieira, entre outros executivos.

Raphael Klein, 42 anos, é formado em administração de empresas pela Ford University, com especialização na Florida University, e hoje administra o fundo de capital Kviv Ventures. Ao lado do pai, conduziu a associação da Casas Bahia com o Ponto Frio, criando a Via Varejo, companhia da qual foi CEO de 2010 a 2012.

“Com tantos desafios no setor neste momento, é oportuno que Raphael esteja na orientação dos negócios da empresa. Minha família tem uma longa trajetória no varejo brasileiro. Sempre acreditou no Brasil e seu grande potencial”, afirmou Michael Klein, em posicionamento divulgado. “Essa mudança é um processo natural e já tinha sido planejada. Permitirá sairmos ainda mais fortalecidos e tecnológicos desta crise, que atinge muitos setores da economia brasileira.”

A Via Varejo também se posicionou sobre as mudanças no conselho administrativo. A principal delas envolve a saída de Michael Klein, porém, Roberto Fulcherberguer, atual CEO da Via Varejo, também deixará o conselho e passa a se concentrar em suas atividades no comando executivo da companhia. “Michael Klein tem um papel fundamental neste reerguimento da companhia, sou muito grato pelo apoio em todo esse período. Agora estamos em uma segunda fase do turnaround (mudanças), uma fase ainda mais voltada à transformação digital. E Raphael tem estreita ligação com esse tema”, disse Fulcherberguer. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;