Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Victoria Beckham dispensa 30 funcionários para se aproveitar de programa do governo

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/04/2020 | 15:10


Quando Victoria Beckham apareceu no último sábado, dia 18, durante o festival One World: Together At Home para agradecer médicos e enfermeiros que estão combatendo o novo coronavírus, passou a impressão de uma pessoa bastante caridosa e empática, mas tal afirmação não se confirma ao ser divulgado que a empresária dispensou 30 funcionários para aproveitar um auxílio emergencial oferecido pelo governo britânico.

O jornal Daily Mail divulgou que os empregados são da grife que leva o seu nome e pertencem ao departamento de marketing, de atendimento ao cliente e os da loja física, em Londres.

Os trabalhadores receberam cartas avisando que pelos próximos dois meses, pelo menos, eles receberão, ao invés do salário regular, o auxílio do governo, que cobre 80% do valor. Os 20% restantes cabem à empresa, que não é obrigada a pagar. Não veio à público se esse último pagamento será feito pela ex-Spice Girl.

Com tal redução, a companheira de David Beckham economizará alguns milhares ou até milhões. Porém, a decisão foi acompanhada de muitas críticas, uma vez que a estilista acumula com sua família uma fortuna de mais de dois bilhões de reais.

Você tem dinheiro para ter uma coleção de bolsas de um milhão e 500 mil libras [quase dez milhões reais], então, com certeza você tem dinheiro suficiente para poder pagar 30 pessoas. Absolutamente vergonhoso, comentou um internauta.

Estou empolgada pela notícia de que nós agora vamos pagar os salários de 30 funcionários da empresa de Victoria Beckham - uma empresa que deu prejuízo em cada um de seus 12 anos, escreveu outro.

É fato que o dinheiro destinado à ajuda governamental advém dos impostos arrecadados. E também é verdade que desde a criação da companhia, em 2008, as dificuldades financeiras são grandes.

Apesar do modelo de negócios não-rentável, a morena segue insistindo na iniciativa, e mantendo um estilo de vida luxuoso e de ostentação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Victoria Beckham dispensa 30 funcionários para se aproveitar de programa do governo


19/04/2020 | 15:10


Quando Victoria Beckham apareceu no último sábado, dia 18, durante o festival One World: Together At Home para agradecer médicos e enfermeiros que estão combatendo o novo coronavírus, passou a impressão de uma pessoa bastante caridosa e empática, mas tal afirmação não se confirma ao ser divulgado que a empresária dispensou 30 funcionários para aproveitar um auxílio emergencial oferecido pelo governo britânico.

O jornal Daily Mail divulgou que os empregados são da grife que leva o seu nome e pertencem ao departamento de marketing, de atendimento ao cliente e os da loja física, em Londres.

Os trabalhadores receberam cartas avisando que pelos próximos dois meses, pelo menos, eles receberão, ao invés do salário regular, o auxílio do governo, que cobre 80% do valor. Os 20% restantes cabem à empresa, que não é obrigada a pagar. Não veio à público se esse último pagamento será feito pela ex-Spice Girl.

Com tal redução, a companheira de David Beckham economizará alguns milhares ou até milhões. Porém, a decisão foi acompanhada de muitas críticas, uma vez que a estilista acumula com sua família uma fortuna de mais de dois bilhões de reais.

Você tem dinheiro para ter uma coleção de bolsas de um milhão e 500 mil libras [quase dez milhões reais], então, com certeza você tem dinheiro suficiente para poder pagar 30 pessoas. Absolutamente vergonhoso, comentou um internauta.

Estou empolgada pela notícia de que nós agora vamos pagar os salários de 30 funcionários da empresa de Victoria Beckham - uma empresa que deu prejuízo em cada um de seus 12 anos, escreveu outro.

É fato que o dinheiro destinado à ajuda governamental advém dos impostos arrecadados. E também é verdade que desde a criação da companhia, em 2008, as dificuldades financeiras são grandes.

Apesar do modelo de negócios não-rentável, a morena segue insistindo na iniciativa, e mantendo um estilo de vida luxuoso e de ostentação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;